Por que o seu dinheiro está rendendo menos?

tags Iniciante

Nos últimos 2 meses, senti que uma das maiores preocupações de nossos clientes e amigos é o fato de seus investimentos estarem rendendo menos.

Adianto que você não precisa se desesperar com isso. Neste artigo explicarei por que os rendimentos caíram e como você deve proceder com os seus investimentos atuais.

Afinal, por que caiu?

A grande responsável pela queda nos rendimentos é a Taxa Selic, aquela mesma que você escuta quase que diariamente nos jornais.

Explicando simplificadamente, a Taxa Selic funciona como o “custo do dinheiro” no país. Isto é, quando ela sobe, os empréstimos ficam mais caros e os investimentos renderão mais. Quando ela cai os empréstimos ficam mais baratos e os seus investimentos renderão menos.

No gráfico abaixo listei quanto estava a Taxa Selic mensal nos meses de dezembro entre 2010 e 2017:


Como podem ver, ela está metade dos maravilhosos 1% ao mês.

A queda da Meta da Taxa Selic impactou da seguinte forma a Poupança:

Além da poupança, a maioria dos investimentos que utilizamos em nosso dia a dia como CDB’s, LCI’s e Fundos de Investimento Renda Fixa seguem de perto o indicador CDI, que foi impactado da seguinte forma pela queda:

Ok, é verdade os investimentos estão rendendo menos, próximos a patamares que já vivemos em 2012.

Mas o rendimento não é a única variável que devemos levar em conta quando falamos sobre investimentos. A Inflação, é tão importante quanto. Quando ela está alta, nosso poder de compra cai pois os produtos que consumimos sobem de preço.

Vamos ver como foi o comportamento da inflação no mês de dezembro entre 2010 e 2017:


Já deu para perceber que nos anos em que a Taxa Selic estava alta a inflação também estava alta.

Vamos ver agora como ficaria a sua Poupança ao subtrairmos a inflação de seus rendimentos:

Este gráfico é muito surpreendente pois percebemos que hoje a Poupança está rendendo mais do que rendeu entre 2012 e 2015.

Ok, mas a Poupança render menos que a inflação não é novidade, como ficaram os investimentos atrelados ao CDI?

Percebemos que mesmo em investimentos atrelados ao CDI, hoje o rendimento real é maior do que foi em 2014, quando a Taxa Selic estava em 0,94%.

Conclusão:

NÃO SE DESESPERE:

O mercado financeiro sempre se ajusta com o tempo, um rendimento baixo causado por uma queda na Taxa Selic não é necessariamente um fato ruim pois existem outras variáveis atreladas como a Inflação.

Se você possui um Planejamento Financeiro bem feito ele não precisa de movimentos bruscos.

Você não precisa alterar o risco de toda sua carteira de investimentos trocando ativos de renda fixa para ativos de renda variável como Ações, Moedas ou até Bitcoin, para atingir seus objetivos.

Mantenha a disciplina, como vimos a busca pelo “1% ao mês” pode ser uma ilusão.
Este ano é provável que um dos melhores investimentos sejam os Fundos Multimercados de Baixa Volatilidade, ou “Low Vol”, como são conhecidos no mercado.

Se você quer a ajuda de um Planejador Financeiro para organizar a sua carteira de investimentos, solicite uma Orientação Financeira Gratuita clicando abaixo:

Thiago Guedes Thiago Guedes

Financial Advisor Sênior

Bacharel em Administração pela Universidade de Brasília. Atua no mercado financeiro há mais de 10 anos onde exerceu as funções de operador de bolsa de valores, chefe de mesa de operações, planejador financeiro, gestor de equipe e instrutor de treinamentos. É ex-sócio da XP Investimentos, DXI e Guide Life. Atualmente é Financial Advisor Sênior da Rio Bravo Investimentos. Possui a certificação internacional CFP®, Certified Financial Planner.

732 visualizações

relacionados

Bitnami