Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Tesouro Nacional: Um novo ETF na área

O Tesouro Nacional lançou um edital para selecionar gestores para fundos que será negociado em Bolsa de Valores. A inciativa tem o apoio do Tesouro Nacional e do Banco Mundial.

Alguns objetivos desta ação são o alongamento da dívida pública ao estimular benchmarks de prazos mais longos, o incremento da liquidez dos ativos no mercado financeiro doméstico, a diversificação da base de investidores e a introdução de um mecanismo democrático de poupança para os investidores brasileiros.

O Fundo Índice Renda Fixa será um ETF (do inglês Exchange Traded Fund). ETFs são fundos de investimentos que tem suas cotas listadas na Bolsa de Valores. Os investidores que desejam adquirir estas cotas as compram na Bolsa de Valores e não diretamente com o Gestor. O gestor deste ETF, em especifico, terá como índice de referência o IMA-B. Ou seja, será um fundo que comprará títulos indexados à inflação, no caso, as NTN-Bs.

O fundo, no entanto, não estará disponível tão cedo. Após o fim do processo de seleção do gestor, este terá 18 meses para lançar as cotas do ETF no mercado por meio de oferta público. Ou seja, provavelmente, o ETF será negociado somente em 2018.

De qualquer maneira, a notícia é boa para o mercado de capitais brasileiro e para o investidor individual.

Os ETFs dominam o mercado mundial, chegando ao exorbitante número de 3,42 trilhões de dólares sob gestão. Só nos Estados unidos existem 1.707 ETFs sendo negociados em Bolsas. Aqui no Brasil temos apenas 15.

Espero que esta emissão traga um novo fôlego à esta questão no Brasil e passemos a ver novos produtos sendo emitidos à um baixo custo para o investidor final. Todos saem ganhando com isso.

Ivens Gasparotto Filho Ivens Gasparotto Filho

Planejador Financeiro

Atua há mais de 10 anos no mercado financeiro, trabalhando diretamente com investidores pessoa física e planejamento financeiro pessoal. É CFA charterholder, profissional certificado pelo CFA Institute, possui também a certificação de gestores CGA, da Anbima. Estudou Gestão de Portfólios de Ativos na London Business School, é pós-graduado em Finanças pela FGV e formado em Administração pela Universidade de Brasília.

735 visualizações

relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami