Na última 3ª feira, 8 de maio, antes da abertura do mercado, a Petrobras divulgou seu resultado referente ao 1º trimestre de 2018 (1T18). Os números vieram fortes, acima do esperado pelo mercado. Destaque positivo para o lucro líquido, que apresentou um crescimento expressivo no período (+56% A/A), devido, em grande parte, à valorização do petróleo no cenário externo. Assim, passou uma boa sinalização ao mercado: voltará a pagar dividendos aos seus acionistas. Isto foi bem recebido pelos investidores, é claro.

A geração de caixa operacional da empresa também mostrou um forte crescimento no período, algo que contribuiu para a redução de sua alavancagem financeira (Dívida Líquida/Ebitda). Por sinal, isto foi de encontro à estratégia do management da empresa. Em nossa opinião, este indicador deve continuar a ser um dos principais gatilhos para as ações da empresa no futuro próximo. Vale lembrar que a meta da estatal é atingir uma alavancagem financeira (Dívida Líquida/Ebitda) de 2,5x ao final de 2018. No 1º trimestre de 2018, esta métrica ficou em 3,52x. Ou seja, à frente ainda haveria espaço para uma diminuição de sua alavancagem.

E a nossa opinião?

Os números divulgados nesta semana corroboram com a nossa expectativa positiva para os próximos resultados da Petrobras. Sustentamos nossa expectativa diante de alguns fatores: (i) processo de vendas de ativos ainda em curso; (ii) melhora operacional, com ganhos de eficiência e produtividade; e (iii) diminuição da alavancagem financeira (como citamos anteriormente). Além disso, destacamos o “Plano Estratégico e Plano de Negócios e Gestão 2018– 2022”, defendido pelo presidente Pedro Parente. Este plano focará em: (a) redução da alavancagem financeira; (b) redução nos investimentos futuros e significativo corte de custos operacionais; e (c) foco na gestão estratégica da empresa.

Glossário:

– EBITDA: termo em inglês, que refere-se a “Earnings Before Interest, Tax, Depreciation and Amortization”. Em português, é o “Lucro (prejuízo) líquido adicionado das despesas com IRPJ e CSLL, resultado financeiro, depreciação e amortização”.

Importante: esta análise faz parte do relatório Guide Empresas, enviado diariamente a investidores. O acesso a este material é gratuito. Veja as análises da Guide e cadastre-se nos relatórios de conteúdo.

 

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores (“Guide”), para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 17 da Instrução CVM nº. 483/10, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide.”

Rafael Gad Passos Rafael Gad Passos

Equipe Econômica

Graduado em Administração de Empresas na ESPM. Possui certificação de Mercado de Ações (BMF&Bovespa). Possui experiência na área de análise do Banco Bradesco Investimentos e atualmente faz parte da equipe de Research da Guide Investimentos, com foco nas empresas do Ibovespa.

682 visualizações

relacionados

Bitnami