O investimento ideal para o seu perfil de investidor

Os investidores podem aprender muito com a famosa máxima grega inscrita no Templo do Oráculo de Apolo, em Delfos: “Conhece-te a ti mesmo“. No contexto do investimento, as sábias palavras do Oráculo enfatizam que o sucesso depende de garantir que a sua estratégia de investimento se adapte às suas características pessoais.

Mesmo que todos busquem boa rentabilidade, cada um vem de uma formação diversificada e tem necessidades diferentes. Cada modalidade de investimento, ou estratégia, são adequados para determinados tipos de investidores.

Embora existam muitos fatores que determinam o caminho ideal para um investidor, vamos olhar para duas categorias principais: os objetivos financeiros e perfil do investidor.

De um modo geral, os investidores têm alguns fatores a considerar quando se procura pelo lugar certo para aportar o seu dinheiro. Segurançafluxo de caixa e ganho de capital são fatores que devem influenciar a decisão de investimento e dependerá da idade de uma pessoa, estágio/posição na vida e circunstâncias pessoais.

Uma pessoa de 75 anos de idade, já aposentada, está muito mais interessada em preservar seus investimentos sem correr riscos, que um executivo de 30 anos. Porque o primeiro precisa de rendimentos provenientes de seus investimentos para sobreviver, então não pode correr o risco de perder parte do seu patrimônio.

O jovem executivo, por outro lado, tem o tempo ao seu favor. Como ainda não precisa desses rendimentos para pagar as contas, o executivo pode se dar ao luxo de ser mais agressivo em suas estratégias de investimento.

A situação financeira atual do investidor também vai afetar seus objetivos. Um multi-milionário terá, obviamente, objetivos bem diferentes que um casal recém-casado, que está apenas começando. Por exemplo, o milionário, em um esforço para aumentar o seu lucro anual, certamente não teria nenhum problema em aplicar R$ 200.000 num investimento imobiliário especulativo. Para ele, 200 mil é uma pequena porcentagem de seu valor global.

Enquanto isso, o casal está se concentrando em poupar para a compra da casa própria e não pode correr o risco de perder o seu dinheiro em um empreendimento especulativo.

Independentemente dos retornos potenciais de um investimento de risco, a especulação não é adequada para o jovem casal. Como regra geral, quanto mais curto o horizonte de tempo, mais conservador você deve ser.

Por exemplo, se você está investindo, principalmente, para a aposentadoria e você ainda está em seus 20 anos, você ainda tem tempo de sobra para compensar eventuais perdas que possa sofrer ao longo do caminho.

Ao mesmo tempo, se você começar quando ainda é jovem, não é necessário colocar pedaços enormes de seu salário mensalmente, porque você tem o poder dos juros compostos ao seu lado.

Por outro lado, se você está prestes a se aposentar, é muito importante proteger ou aumentar o dinheiro que você acumulou. Porque em breve precisará utilizar seus investimentos, então não vai querer expor todo o seu dinheiro à volatilidade.

Afinal ninguém quer correr o risco de perder parte do dinheiro investido numa queda do mercado justamente no momento em que precisará começar a utilizar esses recursos.

Qual é o seu estilo? Você ama carros esportivos, esportes radicais e a emoção de algo arriscado? Ou você prefere ler em sua rede, enquanto aprecia a calma, estabilidade e segurança do seu quintal?

Peter Lynch, um dos maiores investidores de todos os tempos, disse: “O órgão-chave para investir é o estômago, e não o cérebro”.

Em outras palavras, você precisa saber quanta volatilidade você pode suportar em seus investimentos. Descobrir isso por si mesmo está longe de ser uma ciência exata, mas há alguma verdade a uma antiga máxima de investimento: você se arriscou mais que devia quando não consegue dormir à noite por estar se preocupando com seus investimentos.

Outra característica da personalidade que determinará sua forma de investir é o seu desejo para buscar informações sobre investimentos. Algumas pessoas amam analisar demonstrações financeiras e ler notícias sobre finanças. Para outros, fazer isso é algo cansativo e entediante. Outros até gostariam de analisar investimentos, mas não têm tempo.

Deve ter ficado claro que o principal fator para determinar quais os melhores investimentos para você é a sua capacidade de assumir riscos.

Outra coisa importante que todos precisam ter ciência é que um determinado investimento que funciona bem para mim pode não funcionar para você. Afinal todos nós somos diferentes e temos nossas particularidades.

É possível que pessoas com perfis de investimento diferentes até adotem a mesma estratégia, mas certamente investidores mais conservadores terão a maior parte do capital investido em Renda Fixa.

Para conhecer os 7 fatores mais importantes para definir seu perfil de investidor, assista agora ao vídeo abaixo:

Rafael Seabra Rafael Seabra

Embaixador Guide Investimentos

Educador financeiro e autor do best-seller Quero Ficar Rico, livro mais vendido do Brasil segundo a Veja (edição 2496). Conquistou a independência financeira antes dos 30 e quer ajudar você a alcançar o mesmo objetivo, independente da sua idade.

324 visualizações

Relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami