Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Mercado mobile: compras, investimentos e o futuro nas suas mãos

Não é uma boa prática apostar por apostar. Mas aposto que a primeira coisa que você leitor fez hoje foi desbloquear a tela do celular (nem que seja para apertar a função soneca). Os smartphones fazem parte de nosso dia a dia e, hoje em dia, a imensa maioria dos brasileiros – 90%, segundo pesquisa recente – literalmente passa o dia todo próximo ao seu celular. O reflexo disso? Estamos comprando cada vez mais com eles.

Temos desde os anos 1990 uma verdadeira revolução advinda da internet. As interligações geradas e as possibilidades levantadas, mostram que estamos em um novo mundo e, nesta nova realidade, o e-commerce é cada vez mais comum. Mais recentemente, nesta década em que estamos quase no final, vimos o surgimento e acompanhamos o crescimento de um novo nicho, o m-commerce, aquele realizado pelos smartphones (mobiles).

Este mercado apresenta números que enchem os olhos. Em 2018, dos R$53,2 bilhões de vendas realizadas pelo e-commerce, um terço (notáveis R$16,7 bilhões) ocorreram diretamente no m-commerce. Se o comércio eletrônico já é uma presença cada vez maior, o feito diretamente pelos smartphones também deve estar no alvo de quem oferece produtos e serviços.

Em se tratando de serviços, os direcionados a investimentos têm aumentado em nosso país. Dois motivos ajudam a explicar esse aumento: a busca por alternativas melhores para o rendimento em aplicações financeiras (em decorrência da taxa de juros cada vez mais baixa) e, justamente, a facilidade com a qual esse acesso à alternativas têm ocorrido.

Temos neste ponto uma grande oportunidade para as casas de investimento. Em um momento de incursão cada vez maior desse meio digital e prático na vida das pessoas, estar presente faz muita diferença.

Outra forte sinalização de oportunidade é a situação em que o Brasil se encontra atualmente. Soa paradoxal dizer isso já que estamos saindo da pior crise econômica de nossa história. Porém, é justamente aí que está o diferencial: estamos vivendo em um país em que, segundo dados de 2018, 58% dos brasileiros não tem nenhum investimento. O desemprego ainda assola, o endividamento ainda complica a vida de boa parte dos brasileiros, mas há sinais de que a economia se recupera. Novamente: estar presente, neste momento, é de suma importância.

Henry Ford, no início dos anos 1900 já dizia que “se tivesse perguntado às pessoas o que elas queriam, elas teriam dito cavalos mais rápidos”. Possivelmente, se perguntadas sobre oportunidades de investimentos, as pessoas inicialmente dirão que preferem a estabilidade dos grandes bancos em que já têm contas há gerações. Apresentar meios novos, digitais e mais práticos para fazer a mesma coisa – e ainda obter rendimentos superiores – é o caminho ideal para quem quer estar na vida daquele brasileiro que, hoje, encontrando-se em dificuldade e queimando reservas, com a recuperação (lenta, mas atualmente em curso) da economia pensará em alocar seu dinheiro com quem estiver mais perto e oferecer as melhores vantagens.

Dentre os aplicativos que você pode encontrar para fazer melhor pelo dinheiro que você consegue guardar ao longo do tempo, temos o da Guide Investimentos, cujo lançamento oficial ocorre nesta terça-feira, primeiro de outubro de 2019. O diferencial, neste caso, é que você que acompanha o conteúdo deste blog, os cenários que compartilhamos e a miríade de oportunidades que sinalizamos – e, se não o faz, pode começar a fazer hoje mesmo -, agora terá um meio ainda mais prático de colocar em operação esse conhecimento. Baixe O Guia Financeiro!

A demanda por serviços financeiros de investimentos deve crescer nos próximos anos. O encontro dessa demanda em ascensão com uma oferta de produtos adequados, próximos do usuário e mobile, fará muita diferença na vida das pessoas.

Terraco Econômico Terraco Econômico

Parceiro Guide

Hoje o maior blog independente de economia do Brasil, foi criado por 4 amigos em 2014, o motivo? Fornecer análises claras e independentes sobre economia e finanças, sempre com a missão de informar o leitor.

177 visualizações

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami