Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Investimentos: se espelhe nos melhores

Fala pessoal, tudo bom? A Suno Research hoje começa sua série quinzenal de artigos para a Guide. Nosso objetivo é falar de investimentos de forma fácil, descomplicada e interessante. E isso segundo a nossa filosofia, que é inspirada nos melhores investidores do mundo. Aqueles que atingiram os maiores e mais consistentes retornos no longo prazo.

E, quando eu digo longo prazo, me refiro ao longo prazo raiz, e não ao Nutella. Nossas referências reportam até hoje retornos de dois dígitos há mais de 30 anos. Caso você ainda não ligou o nome à pessoa, falaremos sobre Value Investing.

A ideia é que qualquer pessoa, em qualquer área de atuação, que deseja se destacar no que faz, deve procurar aqueles que chegaram onde ela deseja e estudá-los. Se você quer ser um ótimo jogador de futebol, tem que assistir aos vídeos e aos jogos de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

No mundo dos investimentos é a mesma coisa. Com a diferença de que você possui um placar para ter certeza de quem é efetivamente o melhor: o patrimônio e a rentabilidade atingida.

Ao analisar essas duas variáveis, é impossível chegar em alguém diferente do que Warren Buffett. O “Oráculo de Omaha”, como é conhecido, entregou para seus acionistas, em média, 31% de retorno ao ano entre 1950 e 1993.

Para se ter uma noção, caso você o tivesse conhecido em 1950 e dado US$ 1 para ele investir por você, em 1993 ele teria lhe devolvido US$ 142.476. Nada mau, né?

Mas como ele atingiu esses números? Sendo fiel à filosofia de investimentos que herdou e melhorou de seu mentor, Benjamim Graham.

Value Investing

O Value Investing é um conceito simples, mas, muitas vezes, é mal interpretado ou não utilizado por conta da disciplina e visão de longo prazo necessárias.

Primeiramente: Value Investing é o oposto de especulação. Esta é o ato de comprar um ativo simplesmente apostando que seu preço subirá amanhã e, assim, você poderá vender mais caro para outro especulador.

Já a nossa filosofia de investimento é o mais próximo que o investidor pode ter de uma bola de cristal. Ao analisar os fundamentos da empresa, é possível se ter uma boa noção de seu valor intrínseco.

No entanto, muitas pessoas confundem bons fundamentos com baixos múltiplos Preço/Lucro e Preço/Valor Patrimonial e alto Dividend Yield.

O problema desse mito é que ele está perpetuado na comunidade de investimento pois é uma maneira fácil, simples e preguiçosa de classificar value investors.

A origem dele é que quando foi criado, lá para 1930, era realmente assim que funcionava. Benjamim Graham utilizava uma abordagem de investimento totalmente estatística, e caçava empresas baratas, sem se preocupar com a qualidade delas.

Mas o mercado evoluiu e, como consequência, os investidores de valor também tiveram que evoluir. O problema é que a definição enraizada nas pessoas não se alterou.

Buffett e seu sócio, Charlie Munger, mudaram o conceito de Value Investing. Segundo ambos: “É muito melhor comprar uma empresa maravilhosa a um preço justo do que uma empresa justa a um preço maravilhoso”.

A razão para isso é que empresas maravilhosas possuem vantagem competitiva sustentável e duradoura que, no longo prazo, garantirão os seus altos retornos anuais. E, com a ajuda dos juros compostos, turbinarão seus resultados.

Já empresas justas não possuem vantagens competitivas. Portanto, logo após o mercado corrigir seu baixo preço, você terá de vendê-la, e se contentar com um retorno medíocre.

Como escolher ações com Value Investing

Sendo assim, a filosofia de Value Investing se baseia em comprar ações de empresas maravilhosas por menos do que o seu valor intrínseco, com uma confortável margem de segurança, e segurar para o longo prazo.

Não importa se a ação está sendo negociada a 30x o lucro, 2x o valor patrimonial ou sem pagar dividendos. Desde que seja uma empresa com fortes vantagens competitivas e estiver negociada abaixo de seu valor intrínseco, você deveria considerar seriamente a compra.

Mas que raios é isso de valor intrínseco? Bom, infelizmente, esse importante conceito terá de ficar para o próximo artigo, não deixe de conferir.

Até a próxima!

Suno Research Suno Research

Parceiro Guide

Somos a maior casa de análises financeiras independente, que educa e apoia o pequeno e médio investidor de valor - pessoa física - a atingir a sua independência financeira. Para isso, fornecemos conteúdos educativos e recomendações de investimentos de excelente qualidade, com foco no longo prazo e com total respeito ao consumidor, sem promessas desleais ou mirabolantes.

284 visualizações

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami