Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Inflação: Como ela afeta a economia e o seu bolso?

Muito provavelmente você já deve ter escutado em algum telejornal um apresentador famoso dizendo algo como “A inflação para o mês de janeiro ficou em tantos %”. Essa informação, apesar de passar despercebida por muitas pessoas, é extremamente importante. Sabe o porquê?

Bom, a palavra inflação vem do verbo inflar. Ela tem a finalidade de mostrar quanto o preço de produtos e de serviços aumentaram ou diminuíram em uma economia. É um dos indicadores de maior importância para um país pois mede o grau de sua atividade econômica. Quanto maior a inflação, mais aquecida está a economia.

Apesar dessa afirmativa, é preciso ter em mente que inflações muito altas tendem a corroer o poder de compra dos agentes econômicos e passam, então, a prejudicar a economia de diversas maneiras, podendo causar desemprego e ataques especulativos contra a moeda do país, por exemplo. Existe uma linha tênue entre inflação alta e desenvolvimento econômico sustentável.

Quando este indicador está alto, o Banco Central (BACEN), visando conter os males que isso pode produzir, aumenta a taxa de juros básica da nossa economia, a SELIC. Com o aumento da taxa de juros, os agentes econômicos podem optar a não mais investir no setor produtivo, mantendo o dinheiro rendendo a valores mais elevados em instituições financeiras. Com isso, a atividade econômica tende a desacelerar, reduzindo a inflação.

Este processo é sempre um ciclo, uma redução da taxa de juros incentiva a economia e pode gerar uma maior inflação, e um aumento da taxa de juros desacelera a economia e pode gerar a queda da inflação. 

Imagine que você é um empresário e irá investir R$10.000.000,00. Você pode aplicar o recurso em uma padaria que irá render cerca de 10% no ano, em uma loja de roupas com rendimento de 12% ao ano ou em um título público brasileiro com rendimento de 15% no ano – pagando a taxa SELIC. Qual desses você escolheria?

Bom, se formos seguir somente a questão de rentabilidade e riscos, o investimento no título público é sem dúvidas o mais recomendado para você pois os títulos públicos são os investimentos mais seguros de se fazer no Brasil. Como consequência da sua escolha, o investimento em uma padaria ou na loja de roupas não acontece, a geração de empregos não ocorre, a renda das famílias cai e o consumo, inevitavelmente, também cai.

No entanto, se no exemplo acima a taxa de juros estivesse em 5%, talvez não fosse nada mal tomar um pouco de risco e investir na loja de roupas ou na padaria, correto?

No Brasil o indicador mais importante é o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) calculado pelo IBGE. O cálculo é feito, segundo o próprio site do Instituto, em 13 áreas urbanas do País, de, aproximadamente, 430 mil preços em 30 mil locais. Todos esses preços são comparados com os preços do mês anterior, resultando num único valor que reflete a variação geral de preços ao consumidor no período.

Marcello, mas por que a inflação aumenta?

Devido à oferta e a demanda de produtos e serviços. Imagine agora que você optou no exemplo mostrado anteriormente, em investir em uma padaria. Se você vende um pão a R$1,00 e a demanda pelo seu pão está muito elevada, você pode aumentar o preço do seu pão para R$1,10 para tentar aumentar a sua receita. Neste caso a inflação no preço do seu pão foi de 10%, concorda?

Você já chegou a perceber que em anos atrás você fazia compra de produtos por um preço menor do que o que você paga atualmente? Pois é. Se antes um cliente seu comprava 2 pães por R$2,00. Agora ele compra somente 1 pão com os mesmos R$2,00. A inflação, portanto, corrói o seu poder de compra.

Espero que tenha compreendido como a inflação afeta a nossa economia e o seu bolso. Para um próximo texto, vou explicar como ela afeta os seus investimentos e como você deve se proteger dela para preservar o seu capital.

Marcello Masaaki Iwama Marcello Masaaki Iwama

Assessor de Investimentos

Cursando Ciências Econômicas na PUC-SP, possui certificação CEA (Certificação de Especialista em Investimentos Anbima) e PQO Operacional. Gosta de escrever sobre finanças e investimentos no tempo livre.

188 visualizações

Relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami