E o 13º? 5 Dicas para começar 2019 no Azul

tags Iniciante

Daqui um pouco mais de um mês começaremos a época de festas, as cidades aos poucos começam a se enfeitar com luzes de Natal e o clima de final de ano vai tomando conta das propagandas e anúncios. Embalados pela euforia do recebimento do 13º salário e outras bonificações, as pessoas tendem a exceder nos gastos. Um termômetro para essa tendência é que, de acordo com a pesquisa divulgada em Outubro/2018 pela SBVC (Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo), 75% dos pesquisados já compraram algum item na Black Friday e 100% pretende comprar algum produto esse ano, sendo que aproximadamente 37% dessas compras serão destinadas às compras de Natal.

O que aquece a economia, ao mesmo tempo pode deixar os consumidores endividados ou mais endividados para o próximo ano, o que quebra qualquer tipo de promessa de organização financeira para o ano novo.

Para ajudar a não cair nas armadilhas dos gastos de final de ano e empolgação com o 13º, seguem 5 dicas para que você inicie o próximo ano no “azul”.

1 – Saiba quanto pode gastar

Essa é a dica número 1 para passar ileso por essa época de grandes gastos. Se você definir (antes de gastar) qual é o valor que poderá dispor para as festividades, ficará muito mais claro o limite que poderá chegar sem afetar seus demais projetos.

Caso esteja contando com o 13º salário ou alguma outra entrada de recursos, avalie qual a parte que deseja deixar de reserva, por exemplo, e considere o restante para gastar em presentes, roupas, ceia, etc.

2 – Liste os Presentes

Selecione quem são as pessoas que você realmente deseja presentear e estabeleça uma faixa de preços desses presentes, inclusive se já tiver ideias do que comprar isso poderá poupar tempo de procura. Faça realmente uma lista, de fato, a mão mesmo! Você conseguirá enxergar melhor o quanto precisará destinar para este fim e também entender o que cabe no seu orçamento.

3 – Compre com antecedência

Deixar as compras de Natal ou viagem para a última hora nunca é uma boa ideia, isso porque os preços se elevam muito em alta temporada. Ou seja, o quanto conseguir se antecipar, melhor, seu bolso agradece. Vale incluir nesse tópico a necessidade de se viajar e fazer uma nova aquisição bem neste momento, visto que como os preços ficam elevados, possivelmente semanas depois você poderia adquirir o mesmo bem por um valor consideravelmente menor.

4 – Use a razão

As datas comemorativas de final de ano geralmente mexem com o emocional das pessoas, o que não significa que isso seja ruim. A única questão é ter a percepção e não comprometer o dinheiro com itens desnecessários, beirando muitas vezes o desperdício (principalmente quando falamos da ceia de Natal). Não quer dizer que seja necessário privar-se de tudo, mas sim ter um consumo consciente.

5 – Planeje

Digamos que essa é uma dica que supre as demais, pode ser chato para alguns ou pode faltar tempo para outros, mas com certeza é o caminho mais seguro para não gastar além da conta.

 

Vale ressaltar que a sensação boa de consumir e gastar depois pode se transformar em uma dor de cabeça nos próximos meses. Portanto, se você realmente quer começar 2019 com o pé direito, vale a pena começar agora, ainda dá tempo!

E se, dentro de um mundo ideal, você além de planejar e se organizar conseguir poupar, perfeito. Pode ser um dinheiro extra com o intuito de ser revertido a um projeto de férias, a compra de um bem ou qualquer outra oportunidade que faça sentido para seus planos.

E a nossa equipe de guias da Guide também selecionou três ótimos produtos para você investir seu 13º. Invista já!

 

 

Mayra Lima Mayra Lima

Assessora de Investimentos

Pós – graduanda em Investimentos e Banking pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul PUC-RS. É certificada como Especialista de Investimentos - CEA, pela ANBIMA e pelo Programa de Qualificação Profissional (PQO Operacional) pela bolsa de valores - B3.

167 visualizações

relacionados

Bitnami