Como se proteger da falta de saúde?

tags Iniciante

Ontem, 7 de Abril, foi o Dia Mundial da Saúde, promovido pela OMS. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância do tema e lista 10 prioridades para o ano. Elas são:

 

  1. 1 – Poluição do ar e mudanças climáticas
  2. 2 – Doenças crônicas não transmissíveis
  3. 3 – Pandemia de gripe
  4. 4 – Cenários de fragilidade e vulnerabilidade
  5. 5 – Resistência antimacrobiana
  6. 6 – Ebola
  7. 7 – Atenção primária de saúde
  8. 8 – Relutância em vacinar
  9. 9 – Dengue
  10. 10 – HIV

No Brasil, o tema será “imunização e vacinação”. Mas o que isso tem a ver com um blog de finanças?

Tudo! Saúde, assim como finanças, são coisas para as quais muitas das pessoas só ligam quando acontece algo muito inesperado ou quando já é tarde demais.

Além disso, faz parte de um planejamento financeiro bem feito ter coberturas de proteção patrimonial para quando sua saúde não vai bem.

Muitos pensam, primeiramente e corretamente, no plano de saúde. Sim! O plano de saúde é uma importantíssima ferramenta de proteção patrimonial. Quem já passou por uma internação médica sem plano de saúde sabe o quanto é caro. Famílias que já tiveram parentes internados em UTI, então, nem se fala. Esse é um evento que pode abalar financeiramente as famílias mais abastadas.

O que poucos sabem, porém, é que existem outras ferramentas de proteção financeira para eventos de saúde tão importantes quanto seu plano de saúde e complementares a estes.

Chamo sua atenção para três coberturas de seguros para este fim: DIT – Diária de Incapacidade Temporária, Invalidez Funcional por Doença e Doenças Graves.

DIT – Diária de Incapacidade Temporária

O DIT, como é mais conhecido, é um tipo de seguro muito popular entre profissionais liberais, em especial, entre os médicos.

Esta cobertura garante uma renda mensal ao segurado em caso de afastamento do trabalho, seja este afastamento causado por acidente ou doença. Para isso, o segurado precisa apresentar a seguradora um laudo médico informando e justificando o afastamento.

Então, se sua renda depende de sua presença física em seu trabalho, este seguro é ideal para você, pois, caso algo aconteça, a seguradora será responsável por te pagar o valor que você deixa de ganhar caso não possa trabalhar, limitado ao capital segurado contratado.

Invalidez Funcional por Doença

Esta é uma cobertura que paga ao segurado um valor caso a pessoa venha ficar funcionalmente inválido em decorrência de alguma doença. Trata-se de uma cobertura que fornece liquidez à família para que possa dar uma maior dignidade e possibilidades de tratamento para o segurado.

Doenças Graves

Esta cobertura paga ao segurado o capital segurado contratado caso haja o diagnóstico de alguma doença grave coberta pelo seguro, tais como: câncer, AVC, infarto, cegueira, transplantes, etc.

A demanda por este tipo de cobertura vem crescendo muito no Brasil nos últimos anos e é um excelente complemento ao seu plano de saúde. Isto porque, ao ser diagnosticado com alguma das doenças cobertas, caso haja sobrevida de 30 dias, o segurado recebe o valor contratado para usar como bem entender.

Esta entrada de liquidez pode ajudar na busca de novos tratamentos ou profissionais que, por vezes, não atendem via plano de saúde ou para os quais o reembolso do plano acaba sendo pequeno frente ao valor de suas consultas, por exemplo.

Enfim, os seguros não te protegerão das enfermidades, mas são uma ferramenta importantíssima para te trazer tranquilidade financeira em momentos muito difíceis. Não ter que preocupar com dinheiro em uma hora dessas, pode fazer uma grande diferença para sua recuperação.

 

 

 

Ivens Gasparotto Filho Ivens Gasparotto Filho

Diretor Técnico

Atua há mais de 10 anos no mercado financeiro, trabalhando diretamente com investidores pessoa física e planejamento financeiro pessoal. É CFA charterholder, profissional certificado pelo CFA Institute, possui também a certificação de gestores CGA, da Anbima. Estudou Gestão de Portfólios de Ativos na London Business School, é pós-graduado em Finanças pela FGV e formado em Administração pela Universidade de Brasília.

466 visualizações

relacionados

Bitnami