Black Friday brasileira: a aceitação aos poucos acontece

tags Iniciante

Não é difícil verificar como diversos hábitos brasileiros acabam sendo importados de outros lugares. Do Natal com bonecos de neve em pleno verão ao Halloween que ainda espanta muitos ao ouvir “doces ou travessuras? ”, no encerramento de outubro, já vimos muitos hábitos estrangeiros sendo adotados aqui. Um dos mais recentes é a Black Friday.

Há diferentes versões para a origem desta data, mas a mais aceita remonta aos anos 1960 na região da Filadélfia, nos Estados Unidos. Aproveitando para fazer compras após o feriado de Ação de Graças, quando os preços caíam (já que a tradicional troca de presentes por lá ocorre antes dessa data), os lojistas tinham uma oportunidade de sair do “vermelho” e voltar ao “preto” com o aumento nas vendas.

A tradição foi importada ao Brasil em 2010, estando majoritariamente presente no e-commerce nacional desde então. Quanto ao Natal já se sabe que “pegou”; o Halloween ainda caminha e não pudemos chegar a alguma conclusão do tipo; e a Black Friday? Para isso é válido olharmos os dados:

Segundo os dados da E-bit, que faz levantamentos sobre o e-commerce brasileiro, a evolução é impressionante. De um evento importado e de pouca importância, hoje temos na Black Friday um dos pontos relevantes ao comércio eletrônico no país.

Essa evolução ocorre apesar dos apelidos de má-fama que pegaram no evento, como “Black Fraude”, vindos esses de uma prática infelizmente comum nos primeiros anos de, nas proximidades da data, os preços serem aumentados para, logo em seguida, serem anunciados como “grandes promoções”. Ferramentas de monitoramento de preços como o Zoom e o Buscapé auxiliam cada vez mais o consumidor na missão de descobrir os reais descontos.

A melhor recomendação segue sendo a de observar os preços por um tempo e a real necessidade de adquirir bens ou não com os descontos dessa época antes de gastar seu dinheiro – ou, melhor ainda, de aproveitar ofertas de investimentos em vez de gastar. Mas é inevitável admitir que, sim, a Black Friday é algo que parece ter vindo para ficar em nosso país.

E não se esqueça! A Black Friday da Guide vai até o final de novembro. Participe!

Terraco Econômico Terraco Econômico

Parceiro Guide

Hoje o maior blog independente de economia do Brasil, foi criado por 4 amigos em 2014, o motivo? Fornecer análises claras e independentes sobre economia e finanças, sempre com a missão de informar o leitor.

73 visualizações

relacionados

Bitnami