Introdução: As bolsas da Europa encerram a sessão em alta, e os mercados de Nova York seguem o mesmo rumo. Lá fora, o dia segue favorável para ativos de risco, com o mercado acompanhando os acordos envolvendo EUA e México. No Brasil, o Ibovespa se recupera, e ultrapassa os 77 mil pontos. No mercado de câmbio, e de juros, pressões baixistas. Por aqui, os investidores seguem de olho nas eleições.


CENÁRIO EXTERNO: DIA DE GANHOS.

Mercados… As bolsas, não só da Europa, mas também dos EUA, operam, em sua maioria, com ganhos nesta 2ª. O dólar ainda fraco frente aos principais pares do G-10; mas sem direções claras frente a emergentes. As commodities seguem registrando uma sessão mais positiva; e os juros das Treasuries continuam a subir. Os papéis de 10 anos, por exemplo, oscilam pouco acima de 2,84%. Lá fora, o otimismo com relação à expectativa do anúncio do acordo entre os EUA e México é algo que contribui para puxar as ações de EUA e Europa para cima. Registra-se: o índice S&P 500, por exemplo, superou a marca dos 26 mil pontos; e Nasdaq opera acima dos 8 mil pontos, pela 1ª vez em sua história.

O novo acordo… Os EUA e México chegaram a um acordo comercial — nesta 2ª feira (27) — para substituir algumas questões pré-estabelecidas no Nafta. O acordo se concentra, principalmente, em regras para a indústria automobilística. No novo acordo é necessário que 75% do conteúdo automotivo presente nos dois países seja fabricado nos EUA e México (versus os 62,5% definidos no contrato anterior). Mais: é exigido também que 40-45% do conteúdo automotivo seja feito por trabalhadores que ganhem, pelo menos, 16 dólares por hora. A expectativa, agora, fica em torno das negociações envolvendo o Canadá. Membros do governo americano esperam uma solução até 6ª feira (31).

“É um grande dia para o comércio. É um grande dia para o nosso país”, disse Trump em entrevistas à jornalistas.

Na agenda… O índice de atividade industrial, medido pelo Fed de Dallas, passou de 32,3 pontos em julho para 30,9 pontos em agosto. Ficou acima dos 30,0 pontos esperados pelo mercado, segundo dados da Bloomberg. Mesmo com a queda, o ritmo segue forte por lá.


BRASIL: IBOVESPA AVANÇA; DÓLAR E DI’s EM QUEDA.

Mercados… O Ibovespa sobe puxado pelas ações de Petrobras, Vale e bancos. Do lado negativo, os papéis da Suzano e Fibria são destaques. O quadro externo mais positivo, e commodities em dia de ganhos, sustentam a alta do índice. O dólar é pressionado para baixo, em linha com o exterior; e os DIs também recuam, diante do maior apetite à risco dos investidores. A percepção de risco país, medida pelo CDS de 5 anos, também tem queda: 1%, e opera ao redor de 283 pontos base.

Ibovespa… O fluxo de notícias corporativas faz “preço” nesta sessão. Eletrobras segue em forte alta em meio à expectativa dos leilões de suas distribuidoras (veja mais no Guide Empresas ). Equatorial Energia, Energisa, Neoenergia, CPFL Energia, Enel e outras gestoras de recursos (como GP Investimentos e Vinci Partners, por exemplo) já manifestaram o interesse no ativo. Petrobras também tem mais um dia de ganhos após anúncio de início da fase vinculante do processo de cessão de direitos de alguns de seus ativos. Na outra ponta, os papéis ligados a indústria de Papel e Celulose recuam em linha com a desvalorização do dólar e ruídos dos minoritários frente à fusão envolvendo Suzano e Fibria.

Corrida eleitoral… Por aqui, as atenções seguem voltadas à política. Afinal, a semana dá início às propagandas eleitorais gratuitas (31 de agosto a 05 de outubro). A expectativa fica por conta da performance de Alckmin (PSDB), que permaneceu estagnado nas últimas pesquisas. Lembrando: Alckmin, depois da aliança com o Centrão, terá 44% do tempo de TV. Algo que pode contribuir a puxar votos para o tucano. Na última semana, em Belo Horizonte, Alckmin comentou que sua campanha está “em fase de treino”; e que estará no 2º turno em outubro. Vamos acompanhar…

Do lado macro: contas externas de julho… Houve um déficit em transações correntes de US$ 4,4 bi no último mês. O BC estimava um saldo negativo de US$ 2,5 bi no período. A diferença se deve, em especial, nas projeções de renda primária (remessas de lucros e dividendos). Com o resultado, o saldo em transações correntes atingiu déficit de US$ 8,1 bilhões no acumulado do ano. O Investimento Direto no País (IDP) totalizou US$ 3,9 bi em julho, em linha com o consenso (que esperava US$ 4,0 bilhões). está em 32%, o menor percentual já registrado na série histórica da pesquisa XP/Ipespe, iniciada em maio.


    Sobre as oscilações do pregão:

    SOBRE O FECHAMENTO DO ÚLTIMO PREGÃO:

    Ibovespa: : +1,53%, aos 77.430 pontos;
    Real/Dólar: : -0,43%, cotado a R$ 4,087;
    Dólar Index: -0,37%, 94,791;
    DI Jan/21: -04 pontos base; 9,640%;
    S&P 500: +0,75%, aos 2.896 pontos.

    *Por volta das 15h07, horário de Brasília. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.

    Contatos

    Renda Variável*


    Luis Gustavo Pereira – CNPI
    [email protected]

    Equipe Econômica

    Lucas Stefanini
    [email protected]

    Rafael Gad
    [email protected]

    Julia Carrera Bludeni
    [email protected]

    *A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
    “Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
    Rafael Gad Passos Rafael Gad Passos

    Equipe Econômica

    Graduado em Administração de Empresas na ESPM. Possui certificação de Mercado de Ações (BMF&Bovespa). Possui experiência na área de análise do Banco Bradesco Investimentos e atualmente faz parte da equipe de Research da Guide Investimentos, com foco nas empresas do Ibovespa.

    145 visualizações

    relacionados

    Bitnami