Introdução: As bolsas da Europa encerram em alta, e as americanas acompanham este movimento. Os dados de construção dos EUA mostraram fraquezas em julho. O dólar ganha força lá fora; e commodities operam com ganhos. No Brasil, Ibovespa tem pregão de forte volatilidade, mas segue próximo dos 77 mil pontos. Por aqui, o front político volta a pressionar ativos de risco locais.


CENÁRIO EXTERNO: GANHANDO FORÇAS.

Mercados… As bolsas globais ganham fôlego no exterior. Na Europa, a sessão encerrou com o viés mais positivo. Nos EUA, as bolsas também operam com ganhos. O dia segue mais positivo também para as commodities. O petróleo (brent ) opera em alta, cotado a U$S 71/barril. Os juros das Treasuries avançam (o de 10 anos, em especial, segue ao redor de 2,88%). Em suma: o quadro vai se mostrando mais positivo para ativos de riscos no exterior, reflexo do fluxo de notícias de uma possível retomada das negociações entre EUA e China. Por sinal, o índice VIX (que mede a volatilidade dos mercados), recua mais de 11% nesta sessão.

Na agenda… Dados americanos de seguro-desemprego e construção residencial de julho ficaram abaixo do previsto. O primeiro alcançou 212 mil frente expectativa de 215 mil. Já no setor de construção residencial, o crescimento foi de apenas 0,9% diante de projeção de 7,4%.

 


BRASIL: IBOVESPA VOLÁTIL; ELEIÇÕES NO RADAR.

Mercados… Durante grande parte do dia, o dólar e os DIs foram pressionados para baixo. A percepção de risco país, medida pelo CDS de 5 anos, registra queda (oscila ao redor dos 235 pontos base). Estes movimentos estavam em linha com a nossa percepção mais positiva, ainda pela manhã, para os ativos locais. Mais recentemente, no entanto, o dólar ganhou forças, e os DIs reduziram as baixas. Embora o exterior siga favorável para ativos de risco, a ligeira piora do humor dos mercados locais refletem as tensões eleitorais.

Ibovespa… O Ibovespa perdeu forças no início desta tarde, e oscila próximo dos 77 mil pontos. O fluxo de notícias envolvendo o front político (em especial, Alckmin) pressionam o cenário externo mais positivo e dia favorável para commodities. Entre as principais altas do índice, destaque para os papéis de Eletrobras. Afinal, ainda ontem, Wilson Ferreira Jr., presidente da estatal, confirmou o leilão das distribuidoras no final deste mês; e anunciou mais um Programa de Demissão Consensual para os funcionários da Eletrobras (falamos disto no Guide Empresas).

Mais denúncias… Segundo O Globo, Geraldo Alckmin (PSDB) pode ser alvo de 2 denúncias do MPF ainda antes do 1º turno da eleição (domingo, dia 7). O motivo das denúncias ocorrem em meio as investigações do MPF (sobre improbidade administrativa) envolvendo Alckmin e a Odebrecht. Ainda ontem (15), Alckmin depôs por cerca de 2 horas nas investigações — que tem como origem — as delações de executivos da construtora. Segundo a PF, as campanhas de Alckmin de 2010 e 2014 teriam recebido R$ 10,3 milhões de caixa 2 da empreiteira.

Sobre as denúncias… As investigações estavam no Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas foram encaminhadas ao Ministério Público Eleitoral (MPE) após Alckmin perder o foro privilegiado, em abril, quando renunciou ao cargo de governador de São Paulo para disputar a Presidência. Assim, o MPE deu início ao procedimento para investigar a possibilidade de Alckmin ter praticado ato de improbidade. O fato foi algo que pressionou os mercados locais. Isto porque os rumores podem ser usado contra o tucano em sua campanha eleitoral, e nos debates. Algo que poderia reduzir ainda mais as chances de Alckmin (um dos poucos candidatos reformistas) avançar para o 2º turno.

Os candidatos… O PSL foi o partido que mais apresentou candidatos às eleições de outubro. Foram 1.260 candidatos a deputado estadual, federal, senador, governador e presidente. Na sequência, vêm o PSOL (1.202 candidatos); e o PT (1.078 candidatos). O menos expressivo foi o PCB, que terá “apenas” 76 nomes nas urnas.

Desemprego… A taxa de desemprego do país no 2º tri, segundo a pesquisa PNAD Contínua do IBGE, passou de 12,7% para 12,4%, abaixo dos 12,6% esperados pelo mercado, segundo dados da Bloomberg. Os Estados com as maiores taxas são: Amapá (21,3%); Alagoas (17,3%); e Pernambuco (16,9%). Entre as menores taxas estão: Santa Catarina (6,5%); Rondônia (8,2%); e Rio Grande do Sul (8,3%). Mais: 26,6% é a taxa de desocupação entre a população de 18 a 24 anos. Apesar da retração em relação aos primeiros 3 meses do ano (28,1%), a taxa se mantém acima da média nacional (de 12,4%).


    Sobre as oscilações do pregão:

    SOBRE O FECHAMENTO DO ÚLTIMO PREGÃO:

    Ibovespa: : -0,11%, aos 76.889 pontos;
    Real/Dólar: -0,05%, cotado a R$3,895;
    Dólar Index: -0,06%, 96,641;
    DI Jan/21: +01 pontos base; 9,230%;
    S&P 500: +0,98%, aos 2.846 pontos.

    *Por volta das 14h28, horário de Brasília. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.

    Contatos

    Renda Variável*


    Luis Gustavo Pereira – CNPI
    [email protected]

    Equipe Econômica

    Lucas Stefanini
    [email protected]

    Rafael Gad
    [email protected]

    Julia Carrera Bludeni
    [email protected]

    *A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
    “Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
    Rafael Gad Passos Rafael Gad Passos

    Equipe Econômica

    Graduado em Administração de Empresas na ESPM. Possui certificação de Mercado de Ações (BMF&Bovespa). Possui experiência na área de análise do Banco Bradesco Investimentos e atualmente faz parte da equipe de Research da Guide Investimentos, com foco nas empresas do Ibovespa.

    135 visualizações

    relacionados

    Bitnami