Segundo Tempo: Ta russa a coisa

tags Intermediário

Introdução: Lá fora os juros sobem e as moedas emergentes respiram. Banco Central Russo fez a sua primeira mudança na taxa básica de juros desde 2014. O aperto das condições financeiras para países emergentes está aumentando. Ainda no front macro externo, o destaque fica com a produção industrial americana que continuou a avançar. Aqui dentro a bolsa opera em leve queda (-0,08%) e o câmbio aprecia 0,48%. O destaque fica para a pesquisa mensal de serviços que mostrou recuo na margem e no ano contra ano, o principal setor da economia (mais de 60% do PIB), continua patinando.


CENÁRIO EXTERNO: JUROS RUSSOS E INDÚSTRIA AMERICANA.

Mercados… As bolsas globais operam em moderada alta no inicio dessa tarde. O dólar amplia sua força, medido pelo DXY, subindo 0,25%. As commodities tem viés negativo, como por exemplo o açúcar que cai -2,65% . O petróleo (brent), em especial, avança e oscila ao redor de US$78/barril. O índice VIX, que mede a volatilidade do mercado registra leve queda (-0,19% por volta das 12:45).

Up you go… Depois do Banco Central da Turquia ajustar fortemente a sua taxa básica de juros de 17,75% para 24%, o Banco Central da Rússia entrou no jogo, mas de forma muito mais modesta, e subiu sua taxa básica de juros em 0,25p.p, levando o juro para 7,50%. É a primeira vez de 2014 que o Banco Central Russo sobe as taxas. O movimento se deve a maior pressão inflacionária, que em Agosto passou para 3,1% acima das expectativas. Para 2019 a inflação esperada já está significantemente distante da meta de 4%, rodando em 5.5%.

Agenda… A produção industrial americana continua refletindo o quadro robusto em que se encontra a economia de lá. O indicador avançou 0,4% em agosto de 2018, na comparação com o mês anterior. Analistas previam uma alta de 0,3%. Em julho, o indicador avançou 0,4%. Por sua vez, a utilização da capacidade instalada da indústria continuou em 78,1%.

 


BRASIL: BOLETINS MÉDICOS E O SETOR DE SERVIÇOS AINDA TOSSE.

Um olho nas pesquisas outro no hospital… Bolsonaro segue em estado delicado, hoje pela manhã o hospital emitiu comunicado dizendo que o Deputado está sem problemas no pós-operatório e sem sinais de infecção. Durante o dia de hoje ele deve reiniciará a fisioterapia, caminhada e exercícios respiratórios. Fato é que sua saúde vai deixando de ser a incógnita que era ontem, mas a incerteza ainda assusta o mercado. Os médicos também confirmaram que Bolsonaro não fará campanha no primeiro turno. Resta saber como será o segundo.

Na agenda macro: serviços…  O IBGE divulgou hoje pela manhã a pesquisa mensal de serviços, PMS, que traz um quadro ainda preocupante: o setor de serviços, que representa mais de 60% do PIB, ainda não demonstrou recuperação. A receita real do setor teve recuo de 2,2%, margem em julho, na série com ajuste sazonal. Em relação ao mesmo mês de 2017, houve queda de 0,3%. Esse resultado foi bem inferior em relação à mediana das expectativas de mercado, segundo a Bloomberg (1,8%). A maior contribuição negativa para o total veio de transportes, serviços auxiliares aos transportes e correios, estes puxados sobretudo por transporte aéreo e transporte terrestre. O resultado ainda parece estar contaminado pela greve, pois o volume de receitas de junho parece ter embutido algum tipo de compensação. Em relação à média do segundo trimestre, o volume de receita do setor em julho representa alta de 1,7%.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: -0,20%, aos 75.140 pontos;
Real/Dólar: -0,55%, cotado a R$ 4,18;
Dólar Index: -0,30%, 94,791;
DI Jan/21: 0 pontos base, 9,960%;
S&P 500: -0,15% aos 2,905 pontos.

*Por volta das 13h45, horário de Brasília. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Cândido Victor Cândido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

114 visualizações

relacionados

Bitnami