Introdução: Dia positivo no cenário internacional. Dólar index cresce 0,4%; Commodities operam com sinais mistos – Preço do cobre sobe 4%; Negociações se complicam no acordo pelo Brexit: Libra recua 1,3%; No Brasil, índice Ibovespa cresce puxado por mercado de commodities mais favorável e recuo do dólar; Mercado digere bem nova pesquisa eleitoral, que tem Bolsonaro à frente de Haddad no segundo turno.


CENÁRIO EXTERNO: PEGAR OU LARGAR.

Mercados… As bolsas globais operam em alta. O dólar índice, medido pelo DXY, rema contra a tendência que apresentou ao longo desta semana e cresce 0,39%. As commodities operam com sinais mistos, destaque positivo para o cobre que tem seu preço elevado em 4,14% e negativo para o trigo que cai 1,13%. O preço do petróleo (brent), fica por volta dos 78,70/barril, apresentando uma variação leve de -0,08% ao preço de ontem. O índice VIX, que mede a volatilidade do mercado, segue sem grandes variações e apresenta um movimento negativo de -0,06pts.

Pegar ou largar… O destaque da agenda internacional desta tarde foram as declarações da primeira ministra britânica, Theresa May, de que o recente desenrolar das negociações do Brexit podiam levar à uma dissolução frente a EU sem acordo. Estas declarações foram desencadeadas após a decisão de Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu, de rejeitar a principal proposta do Reino Unido: um acordo de livre comércio para os setores de bens e agricultura, após o anúncio que a libra esterlina sofreu uma queda de -1,30% (maior queda desde fevereiro), que se mantém até o momento.

De grão em grão… Nos países emergentes as condições continuam favoráveis. Com exceção do peso argentino, que cai -1,38% frente ao dólar, as principais moedas nacionais de emergentes apresentam valorizações importantes. Destaque para o real que se valoriza cerca de 1% a quase 4 BRL por USD.


BRASIL: BOLSA AVANÇA, DI´S E DOLAR RECUAM.

Mercados… O Ibovespa começou o dia em alta, e mantém o movimento no início dessa tarde. O dólar e os DIs (mais curtos) recuam. Destaque para o dólar, que rompeu R$ 4,03 e caminha para o menor nível em um mês. Ao redor das 13h30, o CDS de 5 anos também registra baixa de cerca de 4%, em torno de 264 pontos base. Em suma, o dia é positivo para ativos de risco.

Ibovespa… O índice é puxado pelos papéis do setor financeiro e Vale, em linha com o quadro mais favorável para as commodities. Petrobras também é destaque de alta, em meio ao fluxo de notícias corporativas mais positivas (veja mais no Guide Empresas). Na outra ponta, os papéis de Suzano e Fibria figuram as maiores baixas, em dia de dólar mais fraco.

Política… Por aqui, a pesquisa eleitoral da XP/Ipespe divulgada hoje foi bem recebida pelo mercado, mostrando Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) isolados no primeiro turno: Bolsonaro tem 27%, enquanto Haddad tem 17%. Ciro Gomes (PDT), ficou para trás e agora tem 10% das intenções de voto. No cenário de segundo turno, Jair Bolsonaro derrotaria Fernando Haddad e Marina Silva. Empataria com Geraldo Alckmin. Diante do petista, teria 41%, contra 38% do adversário. Ainda há uma grande parcela do eleitorado, quase 1 entre 4 eleitores, que não sabe em quem votar ou não escolherá ninguém. 23% votarão em branco, nulo, em ninguém ou não sabem.

Na Agenda… A prévia da inflação oficial veio consideravelmente abaixo da projeção do mercado e registrou o menor avanço do ano e a taxa mais lenta para o mês de setembro em 12 anos. O IPCA-15 subiu 0,09% em setembro, frente à alta de 0,13% no mês anterior. O resultado pode diminuir a pressão para que BC antecipe o início de uma trajetória de alta na taxa básica de juros Selic.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: 2,19%, aos 79.827 pontos;
Real/Dólar: -0,92%, cotado a R$ 4,03;
Dólar Index: 0,39%, 94,55;
DI Jan/21: -13 pontos base, 9,6%;
S&P 500: 0,23% aos 2,937 pontos.

*Por volta das 13h00, horário de Brasília. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Cândido Victor Cândido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

97 visualizações

relacionados

Bitnami