Introdução: As bolsas da Europa encerraram o dia em baixa, e os mercados de NY seguem este movimento. Investidores acompanham os impasses comerciais envolvendo os EUA; e aguardam o discurso de Jay Powell (presidente do Fed) no evento de Jackson Hole (EUA). Quanto às commodities, em dia de dólar em alta, segue o viés mais negativo. Por aqui, o Ibovespa acompanha o exterior, e opera em queda. Dólar e DIs avançam, em dia de maior aversão ao risco e incertezas no front político.


CCENÁRIO EXTERNO: MAIS GUERRAS.

Mercados… As bolsas da Europa encerraram o dia com viés negativo. O índice Stoxx 600, por exemplo, recuou ao redor de 0,17%. Nos EUA, o dia também não é dos mais favoráveis. As bolsas de NY abriram a sessão em alta; e voltaram a operar no campo negativo no início desta tarde. O dólar se valoriza frente às moedas do G-10 e a maioria dos emergentes. Investidores buscam maior proteção, em meio às crescentes guerras comerciais envolvendo os EUA (falamos disto no Mercados Hoje ) e à espera do evento de Jackson Hole (EUA). É neste contexto que a maioria das commodities tem viés baixista.

Brexit no radar… Investidores acompanham também os novos desdobramentos envolvendo a saída do Reino Unido da União Europeia. Mais cedo, autoridades londrinas divulgaram algumas notas instruindo britânicos e empresas no país a se protegerem de um eventual rompimento “sem acordo” com a UE. A situação preocupa os mercados do continente. Afinal, faltam cerca de 7 meses para a saída do Reino Unido do bloco europeu (marcada para 29/03). E o país londrino ainda não firmou nenhum pacto de desfiliação com a UE. Por sinal, o plano da primeira-ministra Theresa May segue não agradando os negociadores do bloco e vem sendo muito criticado também pelos próprios britânicos.

Aramco no radar… A Arábia Saudita negou a desistência de lançar uma oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de ações da Saudi Aramco. Em comunicado, Khalid Al-Falih, ministro de energia saudita, disse que o governo segue aguardando as condições de mercado mais favoráveis para abrir o capital da petrolífera. Nos últimos dias veicularam, na mídia internacional, a decisão do governo saudita de cancelar o IPO. Lembrando: os recursos do IPO – próximo de US$ 100 bilhões – deverão ser destinados ao fundo soberano da Arabia Saudita para diversificar a economia do país; e reduzir, portanto, sua dependência com o petróleo.

Na agenda… O índice preliminar do PMI da economia norte americana passou de 55,7 pontos em julho para 55,0 em agosto. O índice da indústria passou de 55,3 para 54,5, abaixo dos 55,0 esperados. O índice do setor de serviços passou de 56,0 para 55,2, também abaixo dos 55,8 esperados. Ou seja: os 2 setores desaceleraram, e ficaram ligeiramente abaixo do projetado pelo mercado, segundo dados da Bloomberg.


BRASIL: 76 MIL PONTOS.

Mercados… O Ibovespa, pressionado pelas ações de bancos, Petrobras e Vale recua nesta sessão, em linha com o esperado. O índice abriu a sessão em alta, perdeu forças ao longo da manhã, e oscilava ao redor de 76 mil pontos, por volta das 14h. O (1) quadro externo desfavorável; (2) dia mais negativo para as commodities; e (3) incertezas eleitorais dão o tom nos movimentos para ativos de risco locais.

IPCA-15 de Agosto… No front macro, destaque para o IPCA-15 de agosto: +0,13% m/m, contra 0,10% esperados e após 0,64% em julho. Em 12 meses, passou de 4,53% para 4,30%, aproximando-se do centro da meta, de 4,5%. O mercado esperava que fosse para 4,28%. Vale notar: se não houver algum “choque” pelo caminho, parece elevada a probabilidade de a Selic continuar em 6,50% por um período prolongado.

Arrecadação… Na agenda de hoje, destaque para os dados de arrecadação federal referente ao mês de julho. As receitas do governo federal atingiram R$ 126,9 bilhões (+16,5% m/m e +12,8% a/a) no último mês, acima das projeções de R$ 121,3 bilhões. É o 8º mês consecutivo de crescimento real nas receitas. Mais: o desempenho do último mês é o melhor resultado de julho desde 2011. Receitas administradas (em especial, os royalties de petróleo – fruto do dólar e preço de petróleo mais elevados), impulsionaram os resultados de julho.

Mais sobre os mercados… O dólar continua a se valorizar, em linha com o ambiente externo e incertezas relacionadas ao front político local. A percepção de risco-país, medida pelo CDS de 5 anos, acompanha o movimento; e avança. Oscilava ao redor de 275 pontos base, próximo das 14h. Os DIs também apresentam viés altista, em meio ao menor apetite ao risco no exterior e após divulgação do IPCA-15 de Agosto.


    Sobre as oscilações do pregão:

    SOBRE O FECHAMENTO DO ÚLTIMO PREGÃO:

    Ibovespa: : -0,99%, aos 76.142 pontos;
    Real/Dólar: : +1,45%, cotado a R$ 4,102;
    Dólar Index: +0,41%, 95,540;
    DI Jan/21: +15 pontos base; 9,710%;
    S&P 500: -0,05%, aos 2.861 pontos.

    *Por volta das 13h59, horário de Brasília. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.

    Contatos

    Renda Variável*


    Luis Gustavo Pereira – CNPI
    [email protected]

    Equipe Econômica

    Lucas Stefanini
    [email protected]

    Rafael Gad
    [email protected]

    Julia Carrera Bludeni
    [email protected]

    *A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
    “Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
    Rafael Gad Passos Rafael Gad Passos

    Equipe Econômica

    Graduado em Administração de Empresas na ESPM. Possui certificação de Mercado de Ações (BMF&Bovespa). Possui experiência na área de análise do Banco Bradesco Investimentos e atualmente faz parte da equipe de Research da Guide Investimentos, com foco nas empresas do Ibovespa.

    111 visualizações

    relacionados

    Bitnami