Introdução: No exterior, o ambiente segue favorável para ativos de risco. As bolsas dos EUA sobem, enquanto os mercados na Europa encerraram com ganhos. Lá fora, o dólar perde forças, após dados do mercado de trabalho americano. A perspectiva de altas de juros, entretanto, continua. Aqui, no Brasil, o Ibovespa acompanha a melhora de humor dos mercados externos. O Ibovespa sobe, e o dólar recua neste início de tarde. Petrobras é destaque da sessão, após números positivos do 2º tri.


CENÁRIO EXTERNO: DIA POSITIVO PARA AS BOLSAS GLOBAIS.

Mercados… Na Europa, as bolsas encerram a sessão no vermelho, em meio as tensões crescentes sobre o comércio internacional. Nos EUA, os balanços corporativos do 2º tri amenizam os conflitos comerciais. Assim, as bolsas nos EUA ganham fôlego, e revertem o movimento de baixa observado mais cedo. Por volta das 15h, horário de Brasília, o índice S&P 500 tinha alta de 0,43%; e Nasdaq avançava 1,20%. O dólar segue firme no exterior, e se fortalece frente a principais pares. Os juros das Treasuries, entretanto, seguem em leve queda (o de 10 anos, em especial, segue ao redor de 2,98%). Em suma: o quadro vai se mostrando mais positivo para ativos de riscos no exterior. O índice VIX (que mede a volatilidade dos mercados), após início de forte alta, recua 4%. 

EUA: criação de empregos… Os dados de empregos frustraram àqueles que esperavam uma criação forte de vagas em julho. Foram 170 mil novos empregos, frente à expectativa de criação de 190 mil vagas. O saldo do mês anterior, no entanto, foi revisado para cima, de 202 mil para 234 mil. 

EUA: a taxa de desemprego… O desemprego recuou de 4,0% para 3,9% em abril, em linha com o esperado pelo mercado. À frente, ainda espera-se uma queda desta taxa. Conforme temos comentado em nossos últimos relatórios, possivelmente esta taxa continue a cair rumo aos 3,6% até o final de 2019.

EUA: os salários… A média dos salários-hora subiu de 0,2% para 0,3%, em linha com o esperado pelo mercado. No entanto, a média dos salários-hora do resultado anterior foi revisada para baixa, indo para 0,1%. Isto foi algo que deu fôlego para os ativos de riscos globais (e, pressionou dólar lá fora), sinalizando uma inflação americana controlada em 2018.

A maçã (continua verde)… As ações da Apple seguem avançando no campo positivo. Vale destacar: ainda ontem, a Apple tornou-se a 1ª empresa americana a ultrapassar o valor de mercado de US$ 1 trilhão. Os números impressionam. É próximo de 14x o valor de mercado da Petrobrás; ou 12x o da Ambev, as maiores companhia brasileiras de capital aberto.


BRASIL: IBOVESPA ACOMPANHA O EXTERIOR.

Mercados… O Ibovespa, puxado pelo melhor momento no exterior, sobe, e oscila entre 80-81 mil pontos. No ano, mantém desempenho positivo próximo de 6,5%. O dólar, mais fraco no exterior, dá espaço para uma maior valorização do real frente à moeda dos EUA. A percepção de risco país, medida pelo CDS de 5 anos, também recua (pouco mais de 1%, abaixo dos 214 pontos base).

Sobre o índice… Petrobras é destaque de alta nesta sessão. Os papéis ordinários avançam 4%, enquanto as preferenciais tem alta de 5%. Isto porque os números do 2º tri surpreenderam as estimativas do mercado (veja mais no Guide Empresas). Ultrapar também continua entre as maiores altas, reflexos dos números positivos do seu balanço divulgado ainda ontem. Na outra ponta, Suzano recua em linha com a queda do dólar.

A vice… No front político, o mercado digere – de forma positiva – a escolha da senadora Ana Amélia (PP-RS) para ser vice na chapa de Alckmin (PSDB). Falamos disto no Mercados Hoje . A expectativa do PSDB era apresentar a Ana Amélia como vice na convenção do partido (amanhã, dia 04), em Brasília, quando Alckmin será oficializado candidato do PSDB ao Planalto. Entretanto, a senadora deve permanecem em Porto Alegre, onde participará, no mesmo horário, da convenção estadual de seu partido.

As atenções ao Bolsonaro… Hoje, Jair Bolsonaro será entrevistado, às 22h30, pelo canal Globo News. Nesta semana, já passaram por lá Alvaro Dias (Podemos), na 2ª feira (30); Marina Silva (Rede), na 3ª feira (31); Ciro Gomes (PDT), na 4ª feira (01); além do Geraldo Alckmin (PSDB). Este último, por sinal, disse que irá “passar a tesoura” nos gastos públicos (isto é, caso seja eleito) para zerar o déficit primário em até dois anos. A entrevista agradou o mercado.

 


    Sobre as oscilações do pregão:

    Ibovespa: : +1,98%, aos 81.213 pontos;
    Real/Dólar: -1,10%, cotado a R$3,709;
    Dólar Index: -0,08%, 95,092;
    DI Jan/21: -03 pontos base; 8,860%;
    S&P 500: +0,30%, aos 2.836 pontos.

    *Por volta das 14h44, horário de Brasília. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.

    Contatos

    Renda Variável*


    Luis Gustavo Pereira – CNPI
    [email protected]

    Equipe Econômica

    Lucas Stefanini
    [email protected]

    Rafael Gad
    [email protected]

    Julia Carrera Bludeni
    [email protected]

    *A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
    “Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
    Rafael Gad Passos Rafael Gad Passos

    Equipe Econômica

    Graduado em Administração de Empresas na ESPM. Possui certificação de Mercado de Ações (BMF&Bovespa). Possui experiência na área de análise do Banco Bradesco Investimentos e atualmente faz parte da equipe de Research da Guide Investimentos, com foco nas empresas do Ibovespa.

    86 visualizações

    relacionados

    Bitnami