Introdução: As bolsas sobem na Europa, e os mercados americanos acompanham os movimentos. Nos EUA, JOLTS é destaque na agenda. O dólar mantém viés altista frente aos principais pares, e commodities operam mistas. A volatilidade recua no exterior, em dia mais positivo para ativos de risco. Por aqui, Ibovespa recua, mas se sustenta acima dos 74 mil pontos. Ainda assim, a percepção de risco país segue em baixa. O CDS de 5 anos oscila ao redor dos 246 pontos base.


CENÁRIO EXTERNO: DIA POSITIVO PARA AS BOLSAS GLOBAIS.

Mercados… As bolsas da Europa sobem, e o movimento de alta é acompanhado pelas bolsas dos EUA. Às 14h, o índice S&P 500 subia 0,3%. O dólar se mantém forte no exterior, enquanto os juros das Treasuries avançam (10 anos ~2,87%). As commodities seguem mistas. O petróleo (brent) avança 1%, cotado ao redor de US$78/barril. O índice VIX, medida que costuma ser vista como um termômetro da aversão a risco, recua 0,5%, e opera próximo aos 13 pontos. O dia permanece positivo para ativos de riscos globais.

Na agenda: JOLTS… Nos EUA, segundo pesquisa JOLTS, houve uma criação de 6.638 mil novos postos de trabalho em maio. Os dados vieram ligeiramente acima do esperado pelo consenso (criação de 6.620 mil novas vagas, segundo a Bloomberg). Números que reforçam nossas perspectivas de um crescimento americano forte em 2018, e um mercado de trabalho ainda em níveis aquecidos.

Na Tailândia: final feliz… As 12 crianças, além do treinador de futebol, que estavam presos por mais de 2 semanas dentro de uma caverna inundada na Tailândia, foram resgatadas. A informação foi divulgada pela Marinha tailandesa ainda durante a manhã. A operação de resgate vinha sendo acompanhada com atenção em todo o mundo. Voluntários da Austrália, EUA, Inglaterra e outros lugares ajudaram nos esforços de resgate das crianças.


BRASIL: IBOVESPA, DÓLAR E DIS EM BAIXA.

Mercados locais… O Ibovespa, que abriu a sessão em alta, inverteu o movimento no início desta tarde. O índice vai na contramão dos seus pares internacionais, e recua 0,3%, ao redor das 14h. O dólar também tem dia mais negativo, e se aproxima dos R$ 3,81. No mercado de juros, não é diferente. Os DIs – em especial os mais longos – também recuam, reduzindo a “inclinação da curva”. O CDS de 5 anos, que mede a percepção de risco país, tem baixa de 1,0% (ao redor de 246 pontos base).

Sobre o Ibovespa… Vale e Suzano são destaques de baixa nessa sessão, e pressionam o índice. O movimento reflete, em parte, o enfraquecimento das commodities nos mercados internacionais. Na outra ponta, Braskem e Cesp ganham forças, reagindo ao fluxo de notícias corporativas mais positivas de ambas as companhias (veja mais no Guide Empresas).

E o “centrão” com tudo isso? Não deve haver nenhuma definição das alianças entre partidos nesta semana. Afinal, qualquer decisão, neste momento, seria motivo para “rachas” ainda maiores. Os líderes de DEM, PP, SD, PRB devem reunir-se amanhã, às 13h, para voltar a debater o apoio nestas eleições. Vale notar: (i) o DEM segue dividido (metade da bancada de deputados quer apoiar Bolsonaro; Maia defenderia aliança com Ciro Gomes; e caciques regionais estariam mais inclinados por Alckmin); (ii) o PP tende mais a Ciro Gomes; (iii) para o SD, não há direção muito clara e; (iv) se o “centrão” for de Ciro, o PRB romperá com o grupo. O PR, que não tem participado das reuniões, tende a apoiar Bolsonaro.

Como está o Congresso? Na Câmara, espera-se para esta semana a votação do PL 10332/18, que viabiliza a privatização das 6 distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras. Como falamos no Mercados Hoje, o governo corre contra o tempo, antes do recesso do Congresso, que começa na próxima 3ª, dia 17. No Senado, acontece hoje a última sessão de votação antes do recesso. Vale ressaltar: amanhã (dia 11), espera-se a votação da Comissão Mista do Orçamento da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019.

E as pesquisas? Nos próximos dias, dois levantamentos serão divulgados: (1) pesquisa telefônica XP/Ipespe, realizada entre os dias 9-11 deste mês, no Brasil inteiro; e (2) pesquisa Ibope, realizada entre os dias 7-12, considerando apenas no Estado de Goiás.


    Sobre as oscilações do pregão:

    Ibovespa: : -0,23%, aos 74.836 pontos;
    Real/Dólar: -1,45%, cotado a R$3,816;
    Dólar Index: : +0,10%, 94,156;
    DI Jan/21: -17 pontos base; 9,080%;
    S&P 500: +0,25%, aos 2.789 pontos.

    *Por volta das 14h38, horário de Brasília. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.

    Contatos

    Renda Variável*


    Luis Gustavo Pereira – CNPI
    [email protected]

    Equipe Econômica

    Ignácio Crespo
    [email protected]

    Lucas Stefanini
    [email protected]

    Rafael Gad
    [email protected]

    *A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
    “Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
    Rafael Gad Passos Rafael Gad Passos

    Equipe Econômica

    Graduado em Administração de Empresas na ESPM. Possui certificação de Mercado de Ações (BMF&Bovespa). Possui experiência na área de análise do Banco Bradesco Investimentos e atualmente faz parte da equipe de Research da Guide Investimentos, com foco nas empresas do Ibovespa.

    223 visualizações

    relacionados

    Bitnami