Segundo tempo: Em modo “cauteloso”

tags Intermediário

Introdução: No exterior, o ambiente para os ativos de risco segue menos positivo. As bolsas dos EUA recuam, após baixa da sessão da Europa. Lá fora, o dólar ainda fraco frente aos principais pares; enquanto as commodities ganham forças. Aqui, no Brasil, o Ibovespa não acompanha a piora de humor dos mercados externos, e opera com viés altista. DIs e o dólar operam sem direções claras, à espera dos eventos no front macro internacional.


CENÁRIO EXTERNO: ATENTOS AOS EVENTOS DA SEMANA.

O “básico” sobre os mercados… As bolsas da Europa encerram a sessão em tom mais negativo, assim como observado mais cedo. Nos EUA, o movimento não é diferente. Ao redor das 15h, Dow Jones e S&P 500 operavam em baixa. O dólar segue fraco no exterior; e commodities ampliam os ganhos. O petróleo (brent), em especial, mantém a alta e tem alta próxima de 1,0% (oscila em cerca de U$S 75/barril). Os juros das Treasuries também sobem (10 anos ~ 2,97%).

À espera dos eventos da semana… Falamos pela manhã, mas vale reforçar: esta será um semana importante no front macro internacional. São eventos – decisões dos BCs e dados dos EUA – que podem alterar a dinâmica recentes dos mercados. Aliás, nas últimas semanas, o ambiente tem sido mais positivo para ativos de risco: as bolsas em alta – índice MSCI World Index sobe 3,2% no mês, até a 6ª dia 27 – e o dólar sem direção clara, passando por certa “estabilização” nos últimos 2 meses. Até quando?

Atividade nos EUA… A sondagem industrial do Fed de Dallas passou de 36,5 pontos em junho para 32,3 em julho. Ficou acima dos 31,0 esperados pelo mercado, segundo dados da Bloomberg. Mesmo com a queda, o ritmo segue forte por lá. Economistas não esperam que o ritmo do 2º tri seja mantido à frente – afinal, o PIB cresceu à taxa de 4,1% t/t, em termos anualizados.

Na agenda de hoje… Nos EUA, no front macro, sairá a sondagem industrial do Fed de Dallas (11h30). À noite (22h), na China, saem os índices PMI sobre julho. A curiosidade do dia? A ator e ex-governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger completa 71 anos.


BRASIL: EM MODO “CAUTELOSO”.

Um update dos mercados… O Ibovespa sobe nesta sessão, e se mantém acima dos 80 mil pontos. Ações de Itaú, Vale e Bradesco lideravam os ganhos (pontos). Do lado negativo, ações de JBS e Ambev. Dólar e DIs, embora tenham aberto com viés mais baixista, operam sem direção clara, próximos à estabilidade neste início de tarde (por volta das 14h, horário de Brasília). Estes movimentos estão em linha com o esperado (à espera de eventos importantes nos próximos dias).

As dificuldades de Alckmin (no Nordeste)… Considerando os 9 Estados da região, em pelo menos 7 o tucano terá dificuldades a contornar. Afinal, os partidos que já declaram apoio a ele estão “rachados” ou muito próximos disto, comprometidos com candidatos a governador de outras siglas. Ou seja: num nível regional, Alckmin terá dificuldades na região. Na Bahia, por exemplo, os 3 partidos do “centrão”, aliados de Alckmin – PR, PP e PSD – defendem a reeleição do governador Rui Costa (PT).

Sobre o fiscal… Segundo dados divulgados hoje, o déficit primário do setor público consolidado foi de R$13,5 bi em junho. A expectativa do mercado era de R$15 bi, segundo dados da Bloomberg. No acumulado em 12 meses, o déficit primário consolidado recuou de 1,4% para 1,3% do PIB. Em junho, a dívida bruta do governo geral foi para 77,2% do PIB; e a dívida líquida do setor público atingiu 51,4% do PIB.

Projeções em “stand-by”… Saiu pela manhã o Boletim Focus. Como falamos no Mercados Hoje , o mercado manteve as projeções de PIB, IPCA, câmbio e Selic para 2018 e 2019, na comparação com a semana passada. Para 2018, espera-se 1,50%; 4,11%; R$3,70 e 6,50%, respectivamente. Para 2019, 2,50%; 4,10%; R$3,70 e 8,00%. Tamanha é a incerteza política que as projeções do mercado estão em “modo de espera”.

Compromisso noturno… Muitos investidores estarão atentos às aparições dos candidatos à Presidência nos próximos dias. Hoje, à noite, Jair Bolsonaro (PSL) estará no Roda Viva, da TV Cultura (22h15). E a GloboNews transmite entrevista com Alvaro Dias (Podemos), às 22h30.


    Sobre as oscilações do pregão:

    Ibovespa: : +0,44%, aos 80.220 pontos;
    Real/Dólar: +0,30%, cotado a R$3,722;
    Dólar Index: -0,40%, 94,288;
    DI Jan/21: -01 pontos base; 8,890%;
    S&P 500: -0,35%, aos 2.809 pontos.

    *Por volta das 15h14, horário de Brasília. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.

    Contatos

    Renda Variável*


    Luis Gustavo Pereira – CNPI
    [email protected]

    Equipe Econômica

    Ignácio Crespo
    [email protected]

    Lucas Stefanini
    [email protected]

    Rafael Gad
    [email protected]

    Julia Carrera Bludeni
    [email protected]

    *A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
    “Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
    Ignacio Crespo Ignacio Crespo

    Economista

    Mestre em Economia pela Fundação Getúlio Vargas (FGV/EPGE), e graduado em Ciências Econômicas pelo INSPER. Foi professor assistente do Mestrado Profissional em Economia do INSPER, ministrando aulas sobre Macroeconomia e Política Monetária. De 2013 até agosto de 2018 atuou como economista da Guide Investimentos. Desde então, atua como consultor externo da Guide.

    222 visualizações

    relacionados

    Bitnami