Segundo Tempo: e continua crescendo…

tags Intermediário

Introdução: As bolsas de NY operam em alta; e o dólar perdeu fôlego nas últimas horas. O crescimento do PIB dos EUA no 2º tri acelerou, e marginalmente acima do esperado. No Brasil, ativos locais mantêm viés mais positivo. O Ibovespa tenta se sustentar acima dos 78 mil pontos; e o dólar segue “comportado” (ao redor de R$4,12-4,14). Nos próximos dias, o front político seguirá no radar: quem ganhará mais tração nesse início das propagandas eleitorais gratuitas?


CENÁRIO EXTERNO: PIB AMERICANO

Mercados… As bolsas da Europa e (a maioria da) Ásia fecharam a sessão com ganhos, reagindo às expectativas em torno das negociações envolvendo Nafta. Nos EUA o viés também é mais positivo, em dia de leitura do PIB acima do esperado pelo mercado. O dólar perde forças no exterior; e commodities operam em alta. O petróleo (brent) registra alta de 1,2%, oscilando em torno de U$S 77/barril. Os juros das Treasuries avançam. Os juros de 10 anos operam ao redor de 2,88%.

PIB americano cresceu… Saiu a leitura do PIB do 2º tri, e o número ficou marginalmente acima do esperado. O PIB cresceu de 4,1% para 4,2% (t/t, em termos anualizados), contra expectativa de 4,0%. O índice de preço não surpreendeu, e veio em linha com o último resultado, de 3,0%. O consumo, por outro lado, atingiu 3,8%, frente a expectativa do mercado de 3,9%. Seja como for, o ritmo segue forte. Isto ainda corrobora a perspectiva de uma economia em crescimento, e que poderá colocar um viés altista à inflação.


BRASIL: IBOVESPA AVANÇA.

Mercados… A bolsa avança, e pressões de baixa são registradas nos mercados de câmbio e juros. O Ibovespa amplia os ganhos, e opera acima dos 78 mil pontos. O dólar oscila próximo de R$ 4,12-4,14. O CDS de 5 anos, que mede a percepção de risco país, também recua (ao redor de 290 pontos base, por volta das 15h). Os ativos de risco doméstico tem dia de recuperação, beneficiados pelo quadro externo mais positivo e alta das commodities.

Sobre o Ibovespa… Petrobras, e financeiros impulsionam a alta do Ibovespa. Estatais, de forma general, sobem reagindo também ao quadro mais positivo para ativos de risco domésticos. Na outra ponta, o dia é negativo para a maioria das exportadoras. Afinal, é dia de dólar pouco mais fraco, o que não ajuda às exportadoras. Fibria, Suzano e Embraer recuam.

De olho no Alckmin… Falamos no Mercados Hoje. O tucano será o entrevistado de hoje no Jornal Nacional, na TV Globo, ás 20h30 e no Jornal das 10, na GloboNews. Alckmin terá a tarefa de garimpar novos eleitores para conseguir ser competitivo e ir ao 2º turno. Ontem, Bolsonaro se saiu bem; e consolidou sua sólida base de intenções de votos no 1º turno.

Do lado macro: dados de crédito… Segundo dados divulgados hoje, o saldo das operações de crédito do sistema financeiro recuou 0,2% m/m, interrompendo os últimos 4 meses seguidos de expansão. Em 12 meses, o resultado ainda exibe alta de 2,4%. Considerando o crédito PF, este aumentou 0,5% m/m. O saldo PJ contraiu 1,0% m/m. Os dados mostram ainda um quadro de uma recuperação ainda gradual do crédito no país; mas que pode melhorar ainda mais após dissipadas as incertezas ligadas às eleições presidenciais.

Mais sobre os dados macro… A inadimplência média das operações de crédito ficou praticamente estável frente ao último mês, em 3%. Em julho de 2017, a taxa correspondia a 3,7%, conforme os dados divulgados pelo Banco Central (BC). Para as PJ, o índice ficou em 2,4% (vs 2,5% em junho); e PF permaneceu em 3,5%.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +1,25%, aos 78.444 pontos;
Real/Dólar: -0,02%, cotado a R$4,139;
Dólar Index: -0,11%, 94,620;
DI Jan/21: -05 pontos base, 9,640%;
S&P 500: +0,48% aos 2.914 pontos.

*Por volta das 14h57, horário de Brasília. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Rafael Gad Passos Rafael Gad Passos

Equipe Econômica

Graduado em Administração de Empresas na ESPM. Possui certificação de Mercado de Ações (BMF&Bovespa). Possui experiência na área de análise do Banco Bradesco Investimentos e atualmente faz parte da equipe de Research da Guide Investimentos, com foco nas empresas do Ibovespa.

95 visualizações

relacionados

Bitnami