Segundo Tempo: direções contrárias

tags Intermediário

Introdução: Segue o momento menos positivo para as bolsas globais. O dólar opera firme no exterior; e segue o viés de baixa sobre os juros das Treasuries, por enquanto. No Brasil, o Ibovespa contraria seus pares internacionais, e avança. O índice volta a operar acima dos 71 mil pontos. O dólar perde forças frente ao real, e o risco país oscila próximo da estabilidade.


CENÁRIO EXTERNO: PERMANECE A AVERSÃO A RISCOS.

Mercados… As bolsas dos EUA recuam, acompanhando as quedas das bolsas da Europa. O dólar se mantém firme no exterior; enquanto, os juros das Treasuries , assim como observado mais cedo, recuam (10 anos ~2,88%). Investidores buscam maior proteção em meio à guerra comercial envolvendo China e EUA. O índice VIX, medida que é utilizado como um termômetro da aversão a risco, avança cerca de 14% nesta tarde. É neste contexto que as commodities também oscilam no campo negativo.

Tensões comerciais… Aumentaram as tensões comerciais entre EUA e China. Falamos disto no Mercados Hoje . A ameaça de Trump, de impor uma nova rodada de aumento de tarifas à China, demanda ainda mais cautela dos investidores. Afinal, em nossa visão, a expectativa é que Trump continue a adotar tais políticas protecionistas, comprometendo os acordos comerciais globais. O mercado aguarda a reação da China às novas ameaças de Trump.

Fazendo as pazes… O presidente da China, Xi Jinping, voltou a elogiar o líder norte-coreano, Kim Jong Um, após encontro histórico de Kim com os EUA, na semana passada. Xi reconheceu a decisão da Coreia do Norte de promover reformas econômicas, e ainda sinalizou que pode voltar a trabalhar em parceria com o país de Kim. Lembrando: China era uma das mais importante aliada diplomática da Coreia do Norte, e também tinha retaliado os recentes testes nucleares e de mísseis dos norte coreanos.


BRASIL: IBOVESPA CONTRARIA EXTERIOR.

Mercados… O Ibovespa, puxado pelo melhor desempenho dos papéis financeiros, sobe, e oscila entre 70-71 mil pontos. No mês, o índice reduz suas perdas, mas ainda reporta uma baixa próximo de 6%. No mercado de câmbio, apesar do dólar seguir forte no exterior, o real se valoriza frente à moeda dos EUA. E, a percepção de risco país, medida pelo CDS de 5 anos, minimiza a alta e opera próximo da estabilidade (pouco mais de 0,2%, abaixo dos 278 pontos base).

Sobre a alta dos bancos… O dia é de “correção”, após as recentes especulações do mercado em torno de um possível aumentos na Selic, nesta próxima reunião do Copom (marcado para esta 4ª, dia 20). Conforme abordamos em nossos últimos relatórios, o colegiado deverá optar pela manutenção da Selic em 6,5%. Essa perspectiva de estabilidade dos juros é algo que contribuiu para os ganhos dos papéis financeiros, e também, dos ativos de renda variável. Além disso, a votação do cadastro positivo, que permanece em pauta no Congresso, também influencia — de forma positiva – nos papéis de bancos nesta sessão.

Corrida Eleitoral – Parte I… Segundo o Drive, Jair Bolsonaro, pré-candidato do PSL a presidência, deve anunciar — oficialmente — na próxima semana, a lista dos nomes dos deputados que o apoiam na Câmara. O número deve chegar próximo à 100 deputados. Hoje, a lista conta com 87 nomes. Destes, cerca de 50 já estariam em campanha pró-Bolsonaro.

Corrida Eleitoral – Parte II… Já Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB à Presidência, reiterou que – isto é, caso eleito – enviará 4 reformas ao Congresso Nacional já no dia 1º de janeiro de 2019. Entre elas: a reforma tributária, política, da Previdência e do Estado.


    Sobre as oscilações do pregão:

    Ibovespa: : +2,72%, aos 71.712 pontos;
    Real/Dólar: -0,30%, cotado a R$3,732;
    Dólar Index: +0,34%, 95,080;
    DI Jan/21: -24 pontos base; 9,550%;
    S&P 500: -0,53%, aos 2.759 pontos.

    *Por volta das 15h07, horário de Brasília. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.

    Contatos

    Renda Variável*


    Luis Gustavo Pereira – CNPI
    [email protected]

    Equipe Econômica

    Ignácio Crespo
    [email protected]

    Lucas Stefanini
    [email protected]

    Rafael Gad
    [email protected]

    *A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
    “Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 17 da Instrução CVM nº. 483/2010, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
    Rafael Gad Passos Rafael Gad Passos

    Equipe Econômica

    Graduado em Administração de Empresas na ESPM. Possui certificação de Mercado de Ações (BMF&Bovespa). Possui experiência na área de análise do Banco Bradesco Investimentos e atualmente faz parte da equipe de Research da Guide Investimentos, com foco nas empresas do Ibovespa.

    201 visualizações

    relacionados

    Bitnami