Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Petrobras: poços de pré-sal não atendem às expectativas

De acordo com a consultoria Wood Mackenzie e o Valor, a Petrobras e a Shell encontram indícios de óleo e gás em seus poços, adquiridos em 2017 por R$ 42 bilhões, mas não são economicamente atrativos por enquanto.

Isso não quer dizer que os poços são “secos”, mas que os indícios encontrados não correspondem às expectativas.

Apesar dos primeiros contratempos, a Petrobras deve seguir com seu plano de investimento robusto de US$ 2,3 bilhões por ano em atividades de exploração.

Impacto: Neutro. Apesar das primeiras perfurações não terem apresentado óleo e gás em quantidade economicamente viável, não esperamos nenhum tipo de mudança na atratividade dos poços adquiridos recentemente, por enquanto. Vamos acompanhar.

Luis Sales Luis Sales

Analista de empresas

Formado em Administração de Empresas pela FEA/RP-USP, iniciou sua trajetória no mercado financeiro em 2011. Possui cinco anos de experiência no ramo de consultoria financeira e estratégica empresarial e atualmente exerce o cargo de analista de empresas na Guide Investimentos.

57 visualizações

relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami