No exterior, os mercados passam a operar com liquidez reduzida, movimento comum nesta época do ano. A despeito disso, a nova medida de redução de tarifas anunciada pela China ainda pode fornecer fôlego extra às bolsas para fechar 2019. Aqui, os ânimos devem seguir em alta, com investidores à espera de novos dados econômicos que corroborem com o movimento de recuperação verificado nas últimas leituras. O Ibovespa caminha para fechar com um dos melhores desempenhos anuais desde 2016, acumulando alta de 31,0% faltando quatro pregões para encerrar o ano. De qualquer maneira, o mercado doméstico tende a apresentar os mesmos sintomas dos mercados externos nesta época do ano (vide cenário externo), o que pode acabar limitando ganhos neste fim de ano. Em função disso, esperamos mais um dia de viés neutro/positivo para ativos de risco locais.

Guide Investimentos Guide Investimentos

Corretora de Investimentos

76 visualizações

Relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami