Estamos diante de uma eleição bastante polarizada, com polos ideológicos opostos e muito bem definidos. O cenário de segundo turno parece consolidado entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL), segundo as pesquisas de intenção de voto que foram divulgadas ao longo dessa semana.

O resultado da eleição deve continuar a trazer volatilidade para os ativos de risco local, e, em caso de 2º turno, deverá aumentar. Em meio a esse ambiente de incertezas, realizamos algumas projeções para os mercados locais.

Confira nossa apresentação, e conheça nossas projeções para os ativos de risco locais, depois das eleições.

9183 visualizações

relacionados

Bitnami