Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Mercados Hoje: Uma graninha extra

tags Intermediário

Introdução: Mercados asiáticos operaram de forma mista e com pouco volume, dado o longo feriado na China e Japão; Na Europa o dia é mais positivo puxado pelos bons números dos resultados corporativos; Futuros nos Estados Unidos indicam um dia positivo por lá. Dados do payroll são o grande destaque o dia. No Brasil, o destaque fica com a política; Governo precisará de apoio do congresso para quebrar a regra de ouro fiscal; Governadores pela previdência vão até Rodrigo Maia.


CENÁRIO EXTERNO: DE OLHO NO EMPREGO

Mercados Globais… As bolsas asiáticas continuam parcialmente fechadas dado os feriados da China e Japão, que diminuíram bem os volumes de negociações no continente. Hong Kong e Seul operaram de forma mista, com uma alta de 0,46% e queda de -0,74% respectivamente. Na Europa, o bom humor predomina, com o DAX avançando 0,38% e o FTSE 0,79%. Os futuros do S&P indicam um dia mais positivo, avançando 0,30%. Na frente das commodities, o petróleo WTI avança marginalmente, 0,08%.

De olho no emprego… O ADP Employment apresentou forte alta no mês passado, criando expectativas altistas para o número do Payroll de hoje. O Jobless Claims, contudo, saiu recentemente de um nível abaixo de 200 mil para cerca de 230 mil. Apesar da leve piora, o mercado de trabalho ainda continua em tendência bastante positiva.

De olho no emprego 2… O custo unitário do trabalho, que relaciona a evolução da compensação do trabalhador por hora trabalhada e a sua produtividade, teve variação praticamente nula no primeiro trimestre quando comparado ao mesmo período de 2018.

De olho no emprego 2.2… Surpreendeu o forte crescimento da produtividade (3,6%), bem acima da média no período posterior à crise financeira de 2008: 1,3% YoY. Portanto, é factível esperar uma desaceleração do ritmo de crescimento da produtividade nos próximos trimestres. Também chamou a atenção, a desaceleração da taxa de crescimento da remuneração da mão de obra: 2,5% no 1T19, contra 2,9% no 4T18. Durante o período no qual a taxa de desemprego ficou abaixo de 4,0%, o custo da mão de obra tem crescido a taxa média de 2,8% YoY. Desta forma, se a taxas de crescimento da compensação da mão de obra e da produtividade convergirem para aquelas médias, o custo unitário da mão de obra cresceria ao ritmo moderado de 1,5% ao ano, o que mantém desafiadora a tarefa do Fed de fazer convergir a inflação para sua meta.

De olho no emprego 3… Hoje serão divulgado os dados do payroll referente ao mês de Abril. Importante indicador que será primordial para indicar para os mercados os próximos passos do FED. O principal número do payroll a ser acompanhado é o dado de média de ganhos por hora.

Inflação acelerando na zona do Euro… O índice de preços ao consumidor da zona do Euro, mostrou uma aceleração na ponta. O índice cheio alcançou o nível de 1,7% no acumulado de 12 meses, e o núcleo avançou para 1,2%.

Agenda… O grande destaque são os dados de emprego dos Estados Unidos que serão divulgados agora às 09:30. Ao longo do dia enviaremos nosso flash macro com maiores detalhes sobre o indicador.


BRASIL: UMA GRANINHA EXTRA

Uma graninha extra… Com uma base parlamentar modesta e instável, o Palácio do Planalto corre o risco de ficar sem recursos para pagar subsídios e benefícios a idosos carentes e pessoas com deficiência (BPC). Para contornar esse grave problema de caixa, a equipe econômica do ministro Paulo Guedes passou a articular a aprovação do projeto de lei que autoriza o governo a gastar R$ 248 bilhões com recursos a serem obtidos com títulos do Tesouro Nacional.

Bye bye golden rule… É a primeira vez que o governo precisará dessa permissão. Fato é, que a regra de ouro estipula que o governo não pode emitir dívida para custear despesas correntes. Sem autorização do congresso, o governo não poderá prosseguir com a operação, caso prossiga poderá ser enquadrado como crime de responsabilidade fiscal.

O desespero bate a porta… Governadores das 27 unidades da Federação marcaram reunião para quarta-feira com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com o objetivo de tentar impedir que os estados e os municípios sejam retirados do texto inicial da reforma da Previdência. Se ocorrer a exclusão, as regras implementadas na reforma da previdência serão válidas somente para os servidores federais, cabendo às câmaras municipais e às assembleias legislativas a regulamentação de seus próprios projetos.

Agenda… O destaque do dia fica com a divulgação dos dados da produção industrial da março. Prevemos mais um dado negativo, mostrando a forte desaceleração da indústria na margem. Ao longo do dia enviaremos um flash macro com os detalhes do indicador.

E os mercados hoje? Após a correção de ontem e maior aversão ao risco global, vemos o dia como mais positivo por aqui, apesar da agenda doméstica fraca. O grande catalisador dos movimentos do dia serão os dados do payroll americano. O prêmio de risco brasileiro recua levemente ao redor dos 173 pontos.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: -0,86%, aos 95.527 pontos;
Real/Dólar: +1,20%, cotado a R$ 3,9659;
Dólar Index: +0,19%, 98.014;
DI Jan/21: : -2 pontos base, 7,140%;
S&P 500: -0,21% aos 2.917 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Intervenção militar é última opção na Venezuela, diz Guaidó
– Bolsonaro afirma que vai ‘até limite do Itamaraty’
– Justiça Eleitoral copia Lava Jato para apurar corrupção
– MEC confirma que avaliação do ensino será por amostra

O Estado de São Paulo
– Governo vai propor corte de um terço de subsídios até 2022
– Incerteza política confunde bancos em projeções sobre Previdência
– Maduro posa com militares; Justiça manda prender López
– Planilha da Odebrecht traz nomes ligados à Câmara de SP

Valor Econômico
– País sofre efeito de guinada na indústria farmacêutica
– Medidas vão estimular empréstimos
– Juízes rejeitam processos para incitar acordos
– “MEC precisa superar agenda do confronto”

O Globo
– Moro e militares defendem escolha da PGR por lista tríplice
– Em posição vulnerável, Maduro reúne militares
– Planos de saúde se reestruturam e podem reduzir rede credenciada
– Alfabetização será avaliada por amostragem com alunos do 2º ano

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

Luca de Toledo Gloeden Soares
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Candido Victor Candido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

218 visualizações

relacionados

Bitnami