Mercados Hoje: Uma faca de dois gumes

tags Intermediário

Introdução: Bolsas asiáticas avançam e confirmam menor aversão ao risco; Na Europa, alguns índices abrem pela primeira vez na semana e mostram positividade por todo o continente; Futuros do S&P indicam dia positivo nos Estados Unidos; Positivo também o ambiente para o pequeno empresário americano, que está no maior nível de otimismo dos últimos 2 anos; Enquanto isso o grande empresário pode se prejudicar pela veloz e profunda queda nas exportações americanas para a China. No Brasil, política continua dominando o noticiário e o foco dos mercados; Pacto dos 3 poderes vai sofrer atraso; Vazamentos das conversas da força tarefa da lava jato parecem ser um fato político insulado e que não deverá prejudicar o andamento das reformas no congresso.


CENÁRIO EXTERNO: UMA FACA DE DOIS GUMES

Mercados… Noite positiva nas bolsas asiáticas, o Nikkei avançou 0,33%, Shanghai 3,01% e Hong Kong +0,76%. Na Europa alguns mercados abrem pela primeira vez na semana, caso do DAX que avança +1,35%. Os futuros do S&P avançam 0,44%. O dólar (DXY) tem leve desvalorização frente aos pares. Na seara das commodities, o petróleo WTI avança 0,96% aos US$53,77/barril.

Fim do feriado… Diversas bolsas europeias abrem após o feriado da segunda-feira de Pentecostes, incluindo Alemanha, Dinamarca e Suíça, com diversas empresas expostas ao mercado mexicano, como fabricantes de automóveis alemães, que devem se beneficiar das notícias de fim de semana de que os EUA suspenderam a ameaça tarifária para produtos mexicanos.

O otimismo dos pequenos… O otimismo entre os pequenos empresários dos EUA subiu novamente em maio, confirmando uma sequência de 7 altas, a maior sequência de altas em 2 anos. A pesquisa é feita pelo NFIB. As empresas reportaram que aumentaram seus planos de investimento, sugerindo que as companhias estão confiantes que o bom momento da economia irá continuar.

Otimismo dissecado… Seis dos 10 componentes melhoraram, enquanto três ficaram inalterados e apenas um recuou. O quesito investimentos e o se o empresário acredita que agora é um bom momento para expandir, ambos chegaram ao melhor nível desde outubro.

Faca de dois gumes… É impressionante e já faz algum tempo em que vemos uma divergência entre diversos indicadores da economia americana, alguns dados fracos, outros fortes e algumas correlações históricas entre indicadores que já não existem ou não se sustentam mais. Tudo isso torna bastante complicada a leitura de qual é o real estado da maior economia do mundo. Além disso existe uma clara divergência de leituras da economia, entre o Wall Street que pede por cortes de juros, enquanto a main street (rua onde estão concentrados os pequenos comércios no interior do Estados Unidos) afirma que está tudo bem e funcionando na economia real.

Efeitos duradouros das tensões comerciais… As empresas americanas estão perdendo o maior mercado do mundo e um dos que crescem mais rápido em termos nominais. Isso ainda não foi incorporado às estimativas de lucros das empresas, mas será. Não importa se há um eventual acordo comercial no final deste ano, as importações da China dos EUA estão caindo em uma taxa extremamente acelerada. Houve pelo menos 25% de declínio A/A em cada um dos últimos sete meses.

O mundo inteiro sente… O impacto dessa desaceleração do comércio afetará várias economias e por consequência, afetará negativamente os lucros das empresas listadas em todo o mundo. Grande parte deste impacto futuro não parece estar implícito nos preços das ações, particularmente nos EUA. Existe um sinal de alerta macroeconômico para todos os mercados acionários, principalmente o americano.

Agenda… O destaque do dia fica com os dados da inflação ao produtor americano, o PPI, que poderá dar pistas importantes de como poderá vir o CPI que será divulgado amanhã.


BRASIL: PACTO EM ATRASO

Pacto dos três poderes… De acordo com a porta a voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, o pacto entre os três poderes, que deveria ser assinado esta semana, foi postergado para semana que vem. O tratado, que continua em desenvolvimento, é um ato que pretende demonstrar a união e o compromisso com futuro do Brasil, compartilhada entre os líderes dos três poderes.

Ajustes… Segundo o ministro Onyx Lorenzoni, chefe da casa civil e coordenador do pacto, Bolsonaro fez ajustes ao texto durante o fim de semana. Agora, cabe ao ministro buscar o aval dos presidentes do legislativo, David Alcolumbre (DEM-AP) e Rodrigo Maia (DEM-RJ), além do presidente do STF, Dias Toffoli.

Conteúdo… O pacto ainda não tem conteúdo definido, mas deve comprometer os participantes com a agenda económica do presidente, incluindo a reforma da Previdência e reforma tributária. O trato também deve mencionar o combate à violência, além de alguma menção vaga sobre o combate à corrupção.

Não morreu… Independente do conteúdo e concretização do pacto, o fato que a iniciativa continua viva após duas semanas é um ótimo sinal, especialmente levando em conta a frequência dos conflitos entre o governo Bolsonaro e o Congresso. O executivo aparenta ter superado o caos que definia o seu relacionamento com parlamentares desde o início do seu governo.

#VazaJato… O site Intercept Brasil publicou matéria, domingo (09), alegando ter acesso a mensagens de texto que comprovam que houve colaboração indevida entre o então juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, durante a operação Lava Jato. Com o início da semana, vieram várias reações que contextualizaram a notícia.

Em nota… Sérgio Moro comentou a divulgação “…lamenta-se a falta de indicação de fonte de pessoa responsável pela invasão criminosa de celulares de procuradores. Assim como a postura do site que não entrou em contato antes da publicação”.

Reações naturais… A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) manifestou “…perplexidade e preocupação com os fatos recentemente…tanto pelo fato de autoridades públicas supostamente terem sido hackeadas …quanto pelo conteúdo das conversas veiculadas”, além de sugerir o afastamento do ministro e do procurador.

O comentário que interessava… Jair Bolsonaro evitou comentar sobre a divulgação. O presidente deve se reunir, hoje (11), com o ministro da Justiça para tratar do assunto.

Nossa visão… As revelações não aparentam ter efeito imediato sobre o ministro Sérgio Moro, mas podem afetar decisões feitas pelo então juiz durante a operação Lava Jato. As conversas também podem retardar o progresso do pacote anti crime pelo Congresso, além de comprometer a sua vaga, até então garantida pelo presidente, no Supremo Tribunal Federal. Algum ruído no parlamento é esperado, principalmente pela oposição, que inclusive ontem já deu uma amostra na CMO, porém o governo pode driblar essas obstruções com o mínimo de coordenação política.

Agenda… Hoje o IBGE divulga os dados do levantamento sistemático da produção agrícola.

E os mercados hoje? Passado o susto inicial dos últimos acontecimentos políticos, vemos um ambiente externo favorável, com baixa aversão ao risco, que deve continuar beneficiando a cena local. Porém, os ativos de risco locais ainda continuam muito sensíveis aos cruciais desenvolvimentos políticos que irão ocorrer ao longo desta semana. Portanto, vemos o dia de hoje como neutro/positivo para os mercados locais.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: – 0,36%, aos 97.466,69 pontos;
Real/Dólar: +0,21%, cotado a R$ 3,8890;
Dólar Index: +0,22%, 96,761;
DI Jan/21: 5 pontos base, 6,220%;
S&P 500: +0,47% aos 2.886 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Governo Bolsonaro se blinda e adota cautela com Moro, mas prevê agitação política
– Leite brasileiro entra no radar de estrangeiras, diz executivo
– Metrô, ônibus e trens de SP prometem parar no dia 14
– Em início de crise, Moro fica isolado, e Lava Jato prova do próprio veneno

O Estado de São Paulo
– Líderes projetam Moro refém do presidente
– Governo quer usar recursos do PIS/Pasep para fechar orçamento
– Segunda turma do STF deve julgar pedido de liberdade de Lula nesta 3ª
– 2ª Turma deve decidir no fim de junho se Moro foi parcial ao condenar Lula

Valor Econômico
– Governo quer R$ 20 bilhões do PIS/Pasep para reduzir rombo nas contas públicas
– Bolsonaro convoca Moro para reunião sobre diálogos vazados
– Quatro grupos estudam aquisição de Viracopos
– Medida provisória proíbe banco de divulgar consignado

O Globo
– Conversas de Moro com procuradores e ação de hacker serão investigadas
– Previdência: líderes preveem economia menor, mas relator tenta preservar ganho de R$ 1 tri
– Caixa vai vender ações da Petrobras para pagar aportes ao Tesouro
– Dedução de IR para empregador doméstico até 2024 será votada hoje

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

Luca de Toledo Gloeden Soares
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Candido Victor Candido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

183 visualizações

relacionados

Bitnami