Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Mercados Hoje: Troca de gentilezas

Introdução:

Internacional
• O momento segue positivo para bolsas no exterior;
• Os EUA decidiram adiar o próximo aumento de tarifas de importação sobre US$ 250 bilhões em produtos chineses, do dia 01/10 para o dia 15/10;
• O BCE anuncia decisão de política monetária, às 8h45;
• Inflação ao consumidor (CPI) de agosto nos EUA sai às 9h30.

Brasil
• Bolsonaro demite idealizador da nova CPMF;
• Parlamentares aprovam novo marco legal da telecomunicação;
• Liberação do FGTS começa amanhã;
• Trâmite da reforma Tributária tem novo atraso;
• O IBGE divulga os dados do volume de serviços (PMS), às 9h.


CENÁRIO EXTERNO: TROCA DE GENTILEZAS

Mercados… Mercados asiáticos encerraram sessões em tom positivo, com avanços nas bolsas de Tóquio (+0,8%) e Shanghai (0,8%). Na Europa, índices de mercado iniciaram o dia com valorizações moderadas, com investidores no aguardo do anúncio da decisão do BCE. O índice pan-europeu, STOXX 600, se mantem próximo à estabilidade até o momento. Em NY, futuros registram altas moderadas, e o dólar (DXY) opera estável. Em relação às commodities, ativos se movimentam sem direções claras. O petróleo (Brent crude) recua 1,2%, negociado por volta dos US$ 60,00/barril.

Troca de gentilezas… O momento segue positivo para os mercados no exterior no início desta 5ªF. O grande destaque até o momento é o anúncio de Donald Trump de que os EUA irão adiar o próximo aumento de tarifas de importação sobre US$ 250 bilhões em produtos chineses, do dia 01/10 para o dia 15/10. A medida vem como mais um sinal de boa vontade entre os países, após a China prometer elevar a compra de produtos agrícolas advindos dos EUA e isentar de tarifas uma gama de produtos americanos nos últimos dias. Esses pequenos passos na direção de amenizar as tensões comerciais entre as duas maiores economias mundiais melhoram as chances de progresso na próxima rodada de negociações, que ocorre no início do mês que vem.

BCE em foco… Nesta manhã, as atenções dos investidores se voltarão para a decisão de política monetária do BCE, que deve ser anunciada por volta das 8h45. Em meio a diversos sinais de desaceleração da economia europeia, o mercado avaliará o do tamanho do pacote de estímulos que será divulgado amanhã por Mario Draghi. Na 3ªF, relatos de uma disputa interna chegaram a sugerir que pode não ser divulgado um amplo programa de recompra de ativos (conhecido como Quantitative Easing ou QE), alimentando a preocupação sobre a efetividade que apenas um novo corte da taxa de juros terá em impulsionar a economia do bloco. Por ora, um corte de pelo menos 10 pontos base é consenso no mercado, que torce por uma retomada – mesmo que ainda pequena – do QE, acompanhada de sinalizações sobre a continuidade do afrouxamento da política monetária europeia caso o cenário demande.

Na agenda… Após o anúncio da decisão de política monetária, o mercado se voltará aos EUA, onde será divulgada a inflação ao consumidor (CPI) do mês de agosto. O dado deve desacelerar para 0,1% em agosto (Bloomberg), dos 0,3% registrados no mês anterior. O núcleo do indicador, que exclui os componentes mais voláteis, tem previsão de alta de 0,2% no período.


BRASIL: CINTRA – “BOI DE PIRANHA” DA CPMF

Boi de piranha da CPMF… O secretário especial da receita federal, Marcos Cintra, foi demitido ontem (12). O desligamento ocorreu após o Ministério da Economia revelar, em uma apresentação, que a proposta de reforma tributária do governo reintroduziria um tributo nos moldes da CPMF. A notícia não foi bem recebida pelos parlamentares e pela sociedade. Nas redes sociais, muitos desenterraram tweets do então candidato Bolsonaro, feitos durante a campanha de 2018, onde ele garantia que o tributo não voltaria. Isso não agradou o presidente. Como consequência, o seu idealizador, Marcos Cintra, perdeu a cabeça.

Mais atrasos para a tributária… Paulo Guedes passou o mês de agosto articulando a favor do novo tributo. Tudo foi água abaixo. Agora, a apresentação da proposta governista deve tardar ainda mais. Guedes quer uma maneira de desonerar a folha de pagamento, mas os parlamentares já demonstraram que qualquer tributo, mesmo que tenha contrapartida, não será aceito. Sem a desoneração, não está claro o que o Executivo tem a contribuir para a reforma. A tributária deveria ser o projeto mais importante de autoria do Executivo após a Previdência, mas aos poucos ele vem se tornado uma simples unificação de tributos concebida pelo Legislativo.

Senado aprova nova lei das teles…  O marco legal finalmente foi aprovado pelos parlamentares, só resta ser sancionado pelo presidente. Quando isso ocorrer, a Anatel terá que estabelecer as regras para que as teles migrem os contatos de um modelo de concessão para autorização. Agora, a bola da vez é setor de saneamento, que terá suas regras alteradas pelo PL 3261/19. Este não deve ser aprovado antes da segunda metade de outubro.

Saques do FGTS começam sexta-feira… A Caixa libera a retirada de R$500 por conta amanhã. Nesta data, os recursos só estarão disponíveis para quem nasceu entre janeiro e abril e tem conta poupança na estatal. Os recursos para quem não tem conta no banco seguem outro cronograma, que começa no mês que vem.

Na agenda… Após as vendas no varejo surpreenderem na leitura de julho, o mercado acompanha a divulgação do volume de serviços no mesmo período, às 9h.

E os mercados hoje? Lá fora, bolsas apresentam movimentação levemente positiva, e têm desempenho condicionado à magnitude do estímulo anunciado pelo BCE. No Brasil, o Ibovespa deve seguir reagindo ao exterior, e investidores devem buscar novos sinais de reação da economia na divulgação do volume de serviços de julho. Por isso, esperamos um dia de viés positivo no mercado acionário local, que seguirá tendo como principais direcionais o humor nos mercados internacionais e a percepção em torno da recuperação da economia brasileira.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +0,40%, aos 103.446 pontos;
Real/Dólar: -0,72%, cotado a R$ 4,06;
Dólar Index: +0,32%, cotado a 98.645;
DI Jan/21: +4 pontos base, 5.38%;
S&P 500: +0,72% aos 3.001 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Jornais:

Folha de São Paulo
– STF prepara julgamentos decisivos para Moro e Lava Jato
– Desobediência a Bolsonaro foi gota d’agua para Cintra
– Brasil prepara aliança com EUA por defesa da liberdade religiosa
– Aprovação do novo marco das teles no Senado joga responsabilidade pra Anatel

O Estado de São Paulo
– Após demissão de secretário, Paulo Guedes vai reestruturar Receita
– Delegado da Polícia Federal é suspeito de fraude no caso ‘Hélio Negão’
– Centrão busca nome para atrair eleitor que se opõe à polarização entre esquerda e direita na eleição de 2022
– Ernesto Araújo critica ‘climatismo’ e diz que ‘justiça social’ é pretexto para ditadura

Valor Econômico
– Cintra é demitido e Bolsonaro retira de pauta proposta de nova CPMF
– Klabin planeja nova fábrica de papelão ondulado no NE
– BNDES conclui investigação e nota ‘erros’ pontuais com JBS
– MP-RJ apura se Carlos Bolsonaro usou funcionários fantasmas

O Globo
– Pressionado, governo planeja dobrar verba da campanha eleitoral para R$ 3,7 bilhões
– Hospitais de luxo disputam estrelas da medicina
– Araújo critica Foucault, Brecht, Lacan e Rosa Luxemburgo e ataca ‘climatismo’ em palestra nos EUA
– Flávio Bolsonaro fará pente-fino para evitar eleição de candidatos de oposição em 2020

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
199 visualizações

relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami