Mercados Hoje: Tendência confirmada

tags Intermediário

Introdução: Bolsas asiáticas fecham no vermelho; Na Europa, dia mais positivo, porém Itália ainda gera ruídos e assusta; Commodities operam no verde; Emergentes continuam sofrendo; No Brasil, o destaque fica com o Datafolha que confirmou a tendência do Ibope; Bolsonaro lidera com 32% das intenções de voto e Haddad fica estagnado com 21%; Mercado de olho na pesquisa Ibope que sai hoje.


CENÁRIO EXTERNO: TUDO CERTO E NADA RESOLVIDO NA ITÁLIA; TURQUIA SOFRE RECAÍDA.

Mercados Globais: Bolsas asiáticas fecharam no vermelho. Na Europa, todas as bolsas operam em leve terreno positivo com exceção do DAX, que recua -0,42%. Nos EUA, o futuro do S&P sobe 0,24%. Commodities iniciam o dia de com variações levemente positivas, destaque para o preço do petróleo (brent), que está cotado em US$85/barril. Para os emergentes, o dia começa de forma mista, com a valorização dos pesos mexicano (0,1%) e argentino (+3,60%), e a desvalorização da lira turca (-1,45%).

Tudo ou nada… Sob a ameaça do aumento da taxa de juros sobre os títulos italianos, o governo nega que voltará atrás na sua decisão sobre a meta da dívida para 2019. Esta decisão não preocupa no curto prazo, uma vez que o custo médio da dívida italiana é baixo (2,8%) e o prazo médio alto (6.8 anos). Porém, caso a decisão gere preocupação sobre possível saída da zona do Euro, este cenário pode mudar, e frente uma possível crise financeira, a Itália deverá reconsiderar sua posição.

Futuro incerto… Apesar da melhora de cenário recente para a crise na Turquia, a lira segue se desvalorizando 1,45% no dia e a taxa de inflação já bate o patamar de 25% no acumulado em 12 meses. A expectativa é de mais altas na inflação, uma vez que o preço aos produtores já subiram 46%. O banco central busca amenizar a situação via aumento na taxa de juros, mas a forte oposição política e a resistência do atual presidente Recep Erdogan deve limitar futuros aumentos. Refletindo o cenário, o risco-país turco tem alta de 5,13% e perspectiva pessimista para o país.

 


BRASIL: TENDÊNCIA CONFIRMADA

Tendência confirmada… A pesquisa Datafolha, divulgada ontem a noite, confirmou a tendência da última pesquisa Ibope (01-10). Além de ambas terem confirmado a tendência dos candidatos, elas também convergiram numericamente. Essas duas pesquisas são as mais importantes e acompanhadas do país, além de serem presenciais. Mas diferem do local em que abordam o eleitorado. O Datafolha consulta pessoas na rua e o Ibope bate na porta das residências.

O mesmo quadro… Bolsonaro (PSL) lidera com 32%, antes tinha 28%, um avanço de 4p.p. Assim como no Ibope, Bolsonaro voltou a avançar nas intenções após dois levantamentos, estagnado em 28%. Fernando Haddad (PT) foi quem perdeu o fôlego e perdeu 1p.p, tendo agora 21% das intenções de voto. Entre o primeiro e o segundo colocado existe uma diferença bastante grande de 11p.p.

Olhando mais de perto… Também foram destaques neste levantamento do Datafolha, o crescimento do Deputado em regiões tradicionalmente petistas, como no Nordeste, onde estão 26% do eleitorado. Bolsonaro subiu para 21% contra 35% de Haddad. Chamou também atenção o fato de Bolsonaro ter ultrapassado Haddad no eleitorado feminino: 24% contra 20% do petista. Entre aqueles eleitores mais pobres, Bolsonaro reduziu a vantagem de Haddad. No levantamento anterior do Datafolha, o petista tinha 28%, contra 13% do candidato do PSL. Agora, a vantagem de Haddad é de apenas 7 pontos percentuais (26% X 19%). Este contingente de eleitores corresponde a 40% do eleitorado total.

Muito distante… Ciro Gomes (PDT) continua com os mesmos 11% do levantamento anterior , Geraldo Alckmin (PSDB) voltou a perder votos e recuou 1p.p para 9%. Marina Silva (REDE) não para de perder votos e tem agora 4%.

Segundo turno empatado… Bolsonaro voltou a ficar mais forte nos cenários de segundo turno em relação ao capturado no levantamento anterior. No cenário (mais provável na realidade) em que os dois se enfrentam, Bolsonaro cresceu de 39% para 44% e Haddad oscilou de 45% para 42%.

Para onde vão os votos no segundo turno? No cenário descrito acima, segundo dados do Datafolha, Haddad herdaria quase dois terços dos eleitores de Ciro Gomes e metade dos votos de Alckmin e Marina. Transferências que, apesar de expressivas para Haddad, ainda são insuficientes para superar Bolsonaro.

Escolhas vêm sendo feitas… Os eleitores indecisos estão fazendo suas escolhas e isso já começa a ficar claro nas pesquisas dessa semana. Do dia 10 de setembro até agora o número de eleitores indecisos, somados com aqueles que votam branco ou nulo, era de 19%, agora é de 12%.

Rejeição elevada… A rejeição no Datafolha também está bastante similar àquela apresentada pelo Ibope. A rejeição de Bolsonaro caiu 1p.p e agora está em 45%. A de Haddad continuou a crescer e agora já é de 41%. Ainda existe espaço para a rejeição ao petista crescer, uma vez que a tendência ainda parece de alta e não de estabilidade.

Agenda… No front doméstico, a tônica continua a ser dada pela política. Hoje teremos mais uma pesquisa Ibope. Amanhã tem outro levantamento Datafolha e por fim, no sábado, tanto Ibope quanto Datafolha irão divulgar os últimos levantamentos antes do primeiro turno.

E os mercados hoje? O prêmio de risco brasileiro (medido pelo CDS de 5 anos) opera em acentuada queda de 3% abaixo dos 250 pontos, o que indica que os mercados por aqui devem ter mais um dia bastante positivo impulsionados pelo resultado do Datafolha. O ambiente lá fora é mais tranquilo, apesar do clima negativo para emergentes, e deve ajudar positivamente aqui dentro.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +3,80%, aos 81.612 pontos;
Real/Dólar: -1,95%, cotado a R$3,941;
Dólar Index: +0,22%, 95,507;
DI Jan/21: -13 pontos base, 9,390%;
S&P 500: -0,04% aos 2.923 pontos.

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg. *valores referentes à sessão do dia 27/09.


EMPRESAS:

Hypera: Cia avança em apuração e executivos aguardam PGR
Impacto: Neutro.

Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Com voto feminino, Bolsonaro cresce; rejeição a Haddad sobe
– País é motivo de tristeza para 8 de cada 10 brasileiros
– Pesquisa influencia bolsa, que dispara, e dólar, que recua
– Candidatas a vice elogiam banco de tempo em debate

O Estado de São Paulo
– A 5 dias da eleição, Alckmin perde aliados para Bolsonaro
– Delação de Palocci vira arma contra Haddad
– Empresários do Sul tentam influenciar voto de funcionários
– Trump atuou em esquema de sonegação com o pai, diz jornal

O Globo
– Bolsonaro conquista votos em redutos do lulismo e do PT
– Cenário eleitoral faz dólar cair 2,51% e Bolsa subir 3,78%
– Queda de preço leva setor imobiliário a ensaiar retomada
– Prefeitura corta R$ 730 milhões da saúde em 2019

Valor Econômico
– Avanço de Bolsonaro faz bolsa subir e valoriza real
– PSL e PT se consolidam na liderança da campanha
– Definição em 11 Estados deve ser no domingo
– Executivos da Hypera cogitam acordo de delação premiada

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Cândido Victor Cândido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

123 visualizações

relacionados

Bitnami