Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Mercados Hoje: Sem progresso nas conversas

tags Intermediário

Introdução: Mercados asiáticos abriram o dia em tom negativo; Ativos de risco seguem o movimento da tarde de ontem, após a divulgação do resultado da Netflix decepcionar expectativas, e em meio à manutenção dos ruídos do plano comercial; Na Europa, os principais índices de mercado operam com a mesma tendência de baixa; Em NY, futuros registram quedas, esboçando uma abertura mais negativa para as bolsas de Wall St., e o dólar (DXY) recua contra seus principais pares; O Livro Bege do Fed reforça riscos em torno da incerteza no plano comercial, mas diminui a probabilidade de um corte mais agressivo na próxima reunião do FOMC; O petróleo (Brent crude) avança 1,2%, seguindo queda mais acentuada na tarde de ontem, e é negociado próximo dos US$ 64,40/barril. No Brasil, o foco se volta para discussões da reforma tributária, além da maior expectativa em torno do anúncio de novos estímulos econômicos pelo ministro Paulo Guedes; O Congresso Federal entra em recesso.


CENÁRIO EXTERNO: SEM PROGRESSO NAS CONVERSAS

Mercados… Mercados asiáticos abriram o dia em tom negativo. As bolsas de Tóquio e de Shanghai recuaram 2,0% e 1,0%, respectivamente. Ativos de risco seguem o movimento da tarde de ontem, após a divulgação do resultado da Netflix decepcionar expectativas, e em meio à manutenção dos ruídos do plano comercial. Na Europa, os principais índices de mercado operam com a mesma tendência de baixa. O DAX (Frankfurt) recua 0,9% até o momento. Em NY, futuros registram quedas, esboçando uma abertura mais negativa para as bolsas de Wall St., e o dólar (DXY) recua contra seus principais pares. Na contramão, commodities se movimentam majoritariamente em terreno positivo. O petróleo (Brent crude) avança 1,2%, seguindo queda mais acentuada na tarde de ontem, e é negociado próximo dos US$ 64,40/barril.

Sem progresso… Não há progresso sendo feito em torno do firmamento de um acordo comercial entre China e Estados Unidos, e isso tem gerado ruídos negativos para ativos de risco nos últimos dias. Segundo fontes do WSJ, o governo Trump está considerando como abordar os pedidos de Pequim pelo relaxamento das restrições impostas à gigante de tecnologia, Huawei Technologies Co.. Por ora, não houveram e nem estão agendados novos encontros para o resumo das negociações frente a frente entre as duas partes desde o encontro dos presidentes no mês passado, durante o G20 em Osaka (Japão).

Livro Bege… O relatório econômico do BC americano, baseado na informação enviada pelos 12 Feds regionais, acusou uma expansão “modesta” da atividade entre a segunda metade de maio e o início de julho. Segundo o documento, o mercado de trabalho seguiu pressionado, mas crescendo a um ritmo inferior, e a inflação se manteve estável no período. De modo geral, o texto revelou que a perspectiva segue positiva para a economia estadunidense nos próximos meses, a despeito dos riscos derivados da incerteza no plano comercial, mas não deve influenciar nas expectativas em torno do movimento da taxa de juros na próxima reunião do FOMC. Nesta frente, o mercado já tem como certo o anúncio de um corte de 25 pontos base no dia 31.

Na agenda… Na agenda americana, além de mais uma rodada de resultados corporativos, saem o índice de indicadores antecedentes do Conference Board (11h), e os pedidos de auxílio-desemprego (9h30). Na Zona do Euro, os ministros de Finanças e banqueiros centrais concluem a reunião do G-7 na França.


BRASIL: 200 DIAS DE GOVERNO

200 dias de governo… O governo Bolsonaro completa 200 dias hoje, e, em evento comemorativo, o presidente pretende confirmar a permissão para o saque de contas ativas e inativas, que, no entanto, deve frustrar estimativas divulgadas (R$ 42 bilhões), limitando-se a R$ 30 bilhões. O anúncio oficial deve acontecer às 16h.

Crédito Imobiliário mais barato… A Caixa Econômica Federal pretende anunciar, em breve, alterações que reduzirão taxas que oneram contratantes de financiamento habitacional. Clientes da instituição com boa avalição de credito podem esperar redução de juros em torno de 30% em seus financiamentos. Como a estatal detém mais de 70% do credito habitacional no Brasil, a redução pode desencadear financiamento mais baratos por outras instituições.

Mercosul… A Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul se reuniu, ontem (17), em Santa Fé (Argentina). Com isso, o Brasil assumiu a presidência rotatória do bloco sul-americano pela premeria vez desde o segundo semestre de 2017. O Presidente Jair Bolsonaro, que participa da sua primeira cúpula, destacou o papel do presidente Argentino, Mauricio Macri, que presidiu o bloco no primeiro semestre de 2019, nas negociações comercias que consolidaram o tratado comercial com a União Europeia.

Roaming… Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai assinaram tratado que acaba com as cobranças adicionais, em serviços de telefonia móvel, quando utilizados fora do seu país de origem. O tratado ainda requer autorização dos seus respectivos Legislativos.

Venezuela… O presidente da Argentina, Mauricio Macri, abriu a reunião com um apelo a Nicolas Maduro, pedindo que o presidente venezuelano possibilite novas eleições em seu país.

Recesso… A Congresso Federal oficialmente entra em recesso hoje (18). A grande maioria dos parlamentares voltaram para seus estados na sexta-feira passada, quase nada ocorreu no Legislativo esta semana. O Congresso retoma suas atividades no primeiro dia de agosto. O segundo turno de votos da reforma da Previdência na Câmara deve ocorrer no dia 06/08.

Na agenda… Não existem indicadores relevantes a serem divulgados ao longo do dia.

E os mercados hoje? No exterior, o dia é de maior cautela, com investidores à espera da divulgação de mais balanços nos EUA e atentos a novos desenvolvimentos na esfera comercial. Aqui, o foco se volta para discussões sobre a reforma tributária, além da maior expectativa em torno do anúncio de novos estímulos econômicos pelo ministro Paulo Guedes. Com isso, esperamos um dia de viés neutro/negativo para ativos de risco locais, que, apesar de um noticiário local mais positivo, devem ter desempenhos contaminados pelo cenário externo.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +0,08%, aos 103.856 pontos;
Real/Dólar: -0,18%, cotado a R$ 3,760;
Dólar Index: -0,17%, cotado a 97.231;
DI Jan/21: -01 pontos base, 5.570%;
S&P 500: -0,65% aos 2984 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Jornais:

Folha de São Paulo
– Mensagens apontam que Moro interferiu em negociação de delações
– Caixa prepara modelo de crédito imobiliário que reduz juros a faixa de 6% a.a.
– Auxiliares de Bolsonaro escrutinaram entrevistas e propostas da lista tríplice
– Estado sem controle do Judiciário é ‘fascista e policialesco’, diz Toffoli

O Estado de São Paulo
– Aliados avaliam mudar composição de comissão que vai sabatinar Eduardo Bolsonaro
– Liberação do FGTS pode dar fôlego à economia e elevar PIB para até 1,1%
– Maia defende proposta de Appy, mas diz que reforma tributária do governo será tratada com respeito
– Decisão de Toffoli já interfere em processos na Justiça

Valor Econômico
– Governo estuda saques periódicos no FGTS
– ‘Nova CPMF’ pode ter alíquota de 0,60%
– OAS prevê concluir recuperação logo e nega risco de falência
– Belo Monte passa a ser maior hidrelétrica brasileira

O Globo
– Decisão de Toffoli de suspender investigações com dados do Coaf divide ministros do STF
– Bolsonaro vai analisar duas alternativas para liberar o saque do FGTS
– Operadoras de saúde querem voltar a vender planos individuais, mas com serviço reduzido
– Candidatos a procurador-geral da República acirram corrida por apoio político

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
267 visualizações

relacionados

Bitnami