Mercados Hoje: Sem pressa, mas sem perder tempo

tags Intermediário

Introdução: Seguindo mais uma derrota de Theresa May no Parlamento britânico, os mercados asiáticos tiveram sessões negativas nesta 4ª feira (13). Na Europa, os principais índices de mercado europeus abriram no verde. Em NY, o futuro do S&P opera em terreno neutro e o dólar (DXY) recua contra seus principais pares. No plano das commodities, ativos se movimentam sem direções claras. O preço do petróleo (brent) avança 0,5%; e se mantém próximo aos US$ 67/barril. Para emergentes, o dia tem início mais negativo, com as divisas de Turquia, Argentina, e África do Sul se desvalorizando em relação ao dólar.


CENÁRIO EXTERNO: NOVAS VOTAÇÕES TUMULTUAM PARLAMENTO

Mercados… Os mercados asiáticos encerraram essa última sessão em tom negativo. As bolsas de Tóquio e Shanghai recuaram 1,0% e 1,1%, respectivamente. Em contraste, os principais índices de mercado europeus abriram no verde. O STOXX 600 avança 0,3% e o DAX, em Frankfurt, sobe 0,1% até o momento. Em NY, o futuro do S&P opera em terreno neutro e o dólar (DXY) recua contra seus principais pares.

Mais uma derrota… O acordo do Brexit de Theresa May foi rejeitado mais uma vez no Parlamento. O resultado foi 391 votos contra vs 242 a favor, intensificando a crise política vivida no Reino Unido e aumentando a possibilidade de um adiamento ou até uma reversão da decisão pela saída da UE.

Novas votações tumultuam Parlamento… Como prometido pelo Premiê britânico, uma votação por uma saída desordenada (sem acordo) ocorre hoje e, na 5ª feira. Em suma, o Parlamento deve decidir se o Brexit ocorrerá no dia 29 de março – a data estipulada inicialmente – ou se o divórcio com a UE será postergado. A expectativa é de que o Parlamento vote para evitar uma saída sem acordo nesta sessão, e à favor de uma extensão do prazo, que segundo com o promotor geral, Geoffrey Cox, será “inevitável” após a nova derrota de Theresa May.

Na agenda… HA divulgação do índice de inflação ao produtor e as encomendas de bens duráveis nos EUA são o destaque da agenda nesta 4ª feira.


BRASIL: SEM PRESSA, MAS SEM PERDER TEMPO

CCJ terá presidência definida… A instalação da CCJ está marcada para hoje, às 19h, e deve confirmar a presidência de Felipe Fransichini (PSL).

Relatoria só na semana que vem… A definição da relatoria da proposta da Previdência na Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ) da Câmara deverá ocorrer só na próxima semana. Felipe Francischini (PSL-PR), indicado para presidir o colegiado, quer conversar com todos os partidos que vão compor a CCJ, após a eleição. A ideia é avaliar entre os interessados quem tem o perfil mais adequado para assumir a função. A 1ª sessão da CCJ, no entanto, deverá ser realizada já nesta 5ª feira (14).

Previdência não andará sem militares… Os líderes partidários concordaram em cumprir um acordo para que a reforma da previdência seja votada na CCJ apenas quando o texto da proposta de aposentadoria para os militares chegar ao Congresso. A previsão é que, no dia 20, o Congresso receba a proposta. A partir dessa data, a CCJ deverá votar a reforma. Por ora, Francischini alega que parte dos deputados não aceita sequer discutir a Previdência até o envio do projeto de mudança para militares.

O atraso ainda não incomoda… Apesar de que a votação da reforma deverá ser votada só no final de março, ao destravar as resistências com a negociação de cargos ao segundo e terceiro escalão e com a liberação de emendas parlamentares, o governo Bolsonaro obteve sua primeira batalha pela aprovação da PEC.

CPI com data marcada… O requerimento para investigar as causas da tragédia de Brumadinho foi lido no plenário do Senado. A CPI será instalada amanhã, às 14h.

Alívio nas contas… Em entrevista ao Drive, o diretor-geral da aneel afirmou que o reajuste na cotação do dólar no valor da energia de Itaipu e ajustes no sistema de bandeiras tarifárias aliviarão as contas de luz. Ainda, Pepitone recomendou a reavaliação da necessidade de dar continuidade aos subsídios às fontes de energia renováveis.

Fundo da Lava Jato não deve ir para frente… Com base na repercussão negativa que o caso teve no noticiário, tudo indica que o projeto do Ministério Público, que visa montar um fundo de ate R$ 2,5 bilhões com o dinheiro repatriado do exterior, será difícil de acontecer.

Na agenda… Hoje será divulgada a produção industrial de janeiro, às 9h, com expectativa de queda de 0,27%.

E os mercados hoje? Apesar do desempenho mais fraco no mercado asiático, os investidores ainda sinalizam uma baixa aversão ao risco na abertura de bolsas europeias e americana. Aqui, o dia deve seguir com uma tendência positiva para o mercado de ações. O risco país brasileiro segue recuando e opera próximo aos 157 pontos.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: -0,20%, aos 97.828 pontos;
Real/Dólar: -0,78%, cotado a R$ 3,8108;
Dólar Index: -0,29%, 96.935;
DI Jan/21: -0,04 pontos base, 7,020%;
S&P 500: +0,30% aos 2.791 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
–  Polícia prende dois suspeitos do assassinato de Marielle
– Em meio à crise, Ricardo Vélez exonera número 2 da Educação
– Lava Jato suspende criação de fundo; PGR pede sua anulação
– Reforma autoriza estatal a demitir aposentados

O Estado de São Paulo
– Polícia prende 2 por morte de Marielle e busca mandante
– Guerra política derruba o número 2 do MEC
– Presidente da Caixa diz que é atacado por fazer cortes
– Lava Jato desiste de fundação de R$ 2,5 bi

Valor Econômico
– Guedes inicia contatos para ‘vender’ reforma à oposição
– ‘Contratos de gestão’ para o Sistema S
– Samsung do Brasil fatura R$ 23 bilhões
– Presos suspeitos de matar Marielle

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

Luca de Toledo Gloeden Soares
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Cândido Victor Cândido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

106 visualizações

relacionados

Bitnami