Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Introdução: Os mercados asiáticos tiveram sessões mistas em dia de baixa liquidez devido ao feriado do Independence Day nos EUA; Na Zona do Euro, os principais índices de mercado apresentam pouca oscilação até o momento; Em NY, onde bolsas não abrem para negociações, futuros operam próximos à estabilidade, e o dólar (DXY) perde força contra seus principais pares; Donald Trump volta a acusar China e Europa de manipulação cambial. Aqui, política configura principal direcional para o mercado, e investidores aguardam mais uma sessão na comissão especial da Câmara – expectativa é pela votação do relatório da Previdência.


CENÁRIO EXTERNO: DIA AMENO EM FUNÇÃO DO FERIADO

Mercados… Os mercados asiáticos tiveram sessões mistas, em dia de baixa liquidez devido ao feriado do Independence Day nos EUA. O Nikkei (Tóquio) avançou 0,3%, enquanto as bolsas de Shanghai e de Hong Kong recuaram 0,3% e 0,2%, respectivamente. Na Zona do Euro, os principais índices de mercado apresentam pouca oscilação até o momento, e o DAX (Frankfurt) avança 0,1%. Nos EUA, onde as bolsas não abriram para negociações, futuros operam próximos à estabilidade, e o dólar (DXY) perde força contra seus principais pares. Na frente das commodities, o ambiente segue favorável para grande parte dos ativos. O petróleo (Brent crude), na contramão, recua 0,2, negociado aos US$ 63,80/barril.

Manipulação cambial… O presidente americano, Donald Trump, voltou a acusar a China e Europa de manipulação cambial através de suas redes sociais. Segundo Trump, a China e a União Europeia estariam bombeando liquidez no sistema financeiro, de forma a competir de forma injusta com os EUA, e que o governo americano estaria sendo “bobo” caso não respondesse à altura. Esta declaração já é a segunda sinalização de Donald Trump em relação à possibilidade de uma guerra cambial – onde países utilizam ferramentas para desvalorizar suas moedas de forma a impulsionar exportações -, mais cedo no ano, além de acusar a China de manter o Renminbi a patamares baixos, ele havia criticado a forma com que Draghi estaria conduzindo a política monetária do bloco.

Na agenda… Não existem indicadores relevantes a serem divulgados no dia de hoje.


BRASIL: PRONTOS PARA O VOTO

5 adiamentos… Ontem, as 20h, a comissão especial da reforma da Previdência finalmente deu início a sessão marcada para quarta-feira. A reunião se estendeu até 1:30h da madrugada e garantiu a derrota de 5 requerimentos que pretendiam adiar o voto na comissão. Agora, o caminho esta aberto para que o projeto seja votado em nova sessão marcada para as 9h.

Hoje ou semana que vem… Caso o projeto não seja votado hoje, a apreciação pelo colegiado só deve ser realizada na semana que vem, aumentando o risco que o projeto não seja votado no plenário da Câmara antes do recesso parlamentar (18/07).

Aguardando a votação…. Vários deputados passaram o dia na sala de reunião na expectativa de votar o parecer do relator. O presidente do colegiado, Marcelo Ramos (PR-AM), dispensou os parlamentares durante a tarde enquanto o projeto recebia novos ajustes. Os principais entraves eram questões relacionadas aos estados e aos profissionais de segurança.

Nada de estados ou municípios… A complementação de voto, apresentada na terça-feira, previa a possibilidade de novas tributações estaduais e municipais para reduzir o deficit previdenciário nos entes inferiores. O trecho foi removido. Agora, o novo parecer só trata do governo federal, sem qualquer referência aos estados e municípios.

Traidor… Após cantos de “Acabou o amor, Bolsonaro traidor” feitos por policias civis e federais no salão verde da Câmara, Bolsonaro interviu pessoalmente para tentar incluir as demandas dos agentes de segurança no novo parecer do relator.

Recusa… O presidente entrou em contato com Samuel Morreira (PSDB-SP) e Rodrigo Maia (DEM-RJ) para pleitear pela remoção da obrigatoriedade de idade mínima, de 55 anos para ambos os géneros. No final do dia, Bolsonaro ofereceu redução de 2 anos para homens e 3 para as mulheres, que foi rejeitada pelos policiais.

Prontos para o voto… O empenho dos deputados favoráveis à votação da reforma, que se reuniram durante a madrugada para abrir caminho para o voto na sessão que se iniciará hoje, as 9h, é um ótimo sinal. O colegiado aparenta estar pronto para votar o parecer do relator. Alterações de última hora devem ser votadas separadamente do corpo do projeto, através de destaques, que serão apreciados após o corpo principal do parecer, evitando outro atraso. A tendência é que o projeto seja aprovado hoje.

Na agenda… Em dia de agenda morna, a Anfavea divulga as vendas de veículos em junho (10h). Mais tarde, o ministro Guedes (14h45) e o presidente do BC, Roberto Campos Neto (16h30), participam de evento em São Paulo.

E os mercados hoje?   Em dia de baixa liquidez para os mercados, bolsas operam sem grandes destaques no exterior, e o noticiário político deve prevalecer como principal direcional para o mercado local. Com isso, investidores locais devem acompanhar mais uma reunião na comissão especial da Câmara, com a expectativa de que seja votada a versão ajustada do relatório da Previdência. Com isso, esperamos um dia de viés neutro/positivo para ativos de risco domésticos.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: 1,43%, aos 102.044 pontos;
Real/Dólar: -0,83%, cotado a R$ 3,83;
Dólar Index: +0,06%, cotado a 96.780;
DI Jan/21: -2 pontos base, 5.82%;
S&P 500: +0,77% aos 2995 pontos

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Jornais:

Folha de São Paulo
– Delator de Lula nega pressão de procuradores da Lava Jato e diz que nunca sofreu coação
– Votação da reforma em comissão fica para esta 5ª
– Empresários bolsonaristas lançam projeto paralelo de reforma tributária
– Acordo Mercosul-EU deve ser comemorado com moderação

O Estado de São Paulo
– Comissão Especial da Câmara deve votar relatório da Previdência nesta quinta
– Nos últimos 12 meses, empresas trocam BNDES por mercado
– ‘O problema é que ninguém quer perder nada’, diz Bolsonaro sobre policiais
– Klein deve parar compra de ações da Via Varejo

Valor Econômico
– Divergência sobre policiais atrasa votação da reforma da Previdência
– Alíquota menor para bancos não ajuda a diminuir o spread
– Sem Avianca, Guarulhos diz que já perdeu R$ 40 milhões
– Frio valoriza o café, mas não anima comércio

O Globo
– Relator cede a pressões, e comissão deve votar parecer da reforma da Previdência hoje
– Bolsonaro celebra independência dos EUA e posa de ‘astronauta’
– Insatisfação de PSL e Bolsonaro é combustível para desgaste de Onyx na Casa Civil
– Míriam Leitão: Bolsonaro foi lobista de policiais ao agir para desidratar a reforma

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
113 visualizações

relacionados

Bitnami