Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Mercados Hoje: Previdência: Nova liderança no Congresso

tags Intermediário

Introdução: Bolsas asiáticas têm sessões mistas. Na Europa, os principais índices de mercado abrem as negociações em queda. O FTSE londrino recua 0,8% até o momento, com investidores de olho na mais nova sessão de perguntas do Brexit no Parlamento. Em NY, o futuro do S&P opera em terreno negativo, sinalizando cautela dos investidores, atualmente à espera de mais detalhes sobre as negociações entre Washington e Pequim. O dólar, medido pelo DXY, mantem tendência baixista da na semana, e apresenta leve desvalorização contra seus principais pares. Na frente das commodities, o dia tem início positivo. O petróleo (brent) sobe 1,5%, aos US$ 66/barril, sinalizando que o mercado segue convicto que os membros da OPEP não sucumbirão à pressão de Donald Trump por preços baixos e darão sequência aos cortes na produção. No Brasil, a reforma da Previdência segue dominando o noticiário e junto com a divulgação de balanços, dita os ânimos do mercado.


CENÁRIO EXTERNO: MAIS UMA SESSÃO DE MORDE E ASSOPRA

Mercados… Bolsas asiáticas têm sessões mistas. A bolsa de Tóquio registrou um avanço de 0,5% enquanto, em Hong Kong, o Hang Seng recuou 0,1%. Na Europa, os principais índices de mercado abrem as negociações em queda. Em NY, o futuro do S&P opera em terreno negativo. O dólar, medido pelo DXY, mantem tendência baixista da na semana, e apresenta leve desvalorização contra seus principais pares.

Mais uma sessão de “morde e assopra”… O presidente americano, Donald Trump, está em Hanoi (Vietnã), para o 2º encontro com o líder da Coréia do Norte, Kim Jong-um. A expectativa é que a reunião entre os líderes sirva para dar um impulso ao processo de desnuclearização do regime. Trump espera que o ditador norte-coreano dê mais garantias sobre o programa de desnuclearização do país asiático. Kim, por sua vez, quer que os EUA relaxem sanções impostas à ditadura comunista. Vamos acompanhar…

Se reafirmando em todas as frentes… O presidente do Fed, Jerome Powell, vai a Câmara para entrega de testemunho semestral do Fed às 11h45, onde deve repetir o que disse ontem no Senado. Sem trazer grandes novidades, Powell reforçou que vê o quadro atual da economia americana como “saudável”, mas que os membros do comitê permanecem cautelosos diante de um quadro de desaceleração econômica global e da ausência de pressões inflacionárias que exijam alguma reação do BC americano. Em relação aos próximos passos da política monetária, Powell garantiu que as decisões serão tomadas com base nos dados econômicos divulgados, que vem sendo acompanhados de perto pelos membros do FOMC.

Na agenda… Entre os indicadores à serem divulgados nos EUA, estão previstos: a balança comercial de dezembro (10h30), vendas pendentes de imóveis em janeiro, encomendas à indústria em dezembro (12h) e estoques de petróleo do DoE (13h30). Na China, às 22h saem os dados dos PMIs de serviços e composto, acompanhados pela sondagem industrial PMI de fevereiro. Por fim, na Zona do Euro, a primeira-ministra, Theresa May, participa da sessão de perguntas no Parlamento, a partir das 9h, com fortes pressões para a realização de um novo plebiscito para manter o Reino Unido na UE. A indicação de May, de que o Parlamento poderá votar um adiamento do Brexit animou o mercado na tarde de ontem.


BRASIL: NOVA LIDERANÇA NO CONGRESSO

Previdência: nova liderança na Congresso… Ontem, no início da noite de Bolsonaro com líderes aliados, Joice Hasselmann (PSL) foi confirmada para o cargo de líder do governo no Congresso. Segundo a deputada, sua missão será “reunir um time de articuladores para aprovar a reforma da previdência”.

Levando as reclamações ao chefe… Segundo o líder do DEM, Elmar Nascimento, os lideres aliados do governo apresentaram os principais pontos de resistência das bancadas na reunião de ontem. Dentre estes pontos estão as mudanças no BPC e as mudanças na aposentadoria rural e para os professores, além dos pedidos pelo envio do PL que muda as leis de aposentadoria para militares à Câmara junto com a PEC da reforma.

No Calendário da Previdência… Hoje, o ministro da economia, Paulo Guedes, almoça com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, para dar sequência às conversas sobre a reforma.

Sabatinado e aprovado… Sem encontrar resistência, o economista Roberto Campos Neto foi aprovado por unanimidade pelos membros da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, que ainda fizeram questão de ressaltar o trabalho de seu avô, o ex-ministro e também economista, Roberto Campos. No que tange à política monetária, Campos Neto deu poucas pistas sobre o que será feito sobre sua gestão, especialmente em um ambiente em que as projeções de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano vêm sendo reduzidas e a inflação segue surpreendendo para baixo. O que podemos tirar deste primeiro contato é que a falta de qualquer indicação de que ele fará algo diferente do que vinha sendo feita pela última gestão sinaliza que provavelmente o planejamento tome um rumo similar pelo menos para as próximas reuniões.

Na agenda… Às 9h, o IBGE divulgará a PNAD Contínua no trimestre encerrado em janeiro, que pode mostrar alta da taxa de desemprego sobre o trimestre encerrado em dezembro (11,60%). A mediana das estimativas é de 11,90%. Já no início da tarde, o Tesouro informa as contas do Governo Central em janeiro (14h30), que devem trazer superávit de R$ 35 bilhões na mediana das estimativas, contra o déficit de R$ 31,7 bilhões em dezembro.

E os mercado hoje? Lá fora, investidores se mantêm cautelosos, à espera de mais detalhes sobre as negociações entre China e Estados Unidos. Aqui, a falta de perspectiva de avanço da reforma à CCJ até depois do carnaval deve manter o mercado morno até o final da semana. Com isso, esperamos mais um dia de viés neutro, com o noticiário corporativo ditando os movimentos dos ativos de risco domésticos.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +0,37%, aos 97.602 pontos;
Real/Dólar: +0,05%, cotado a R$ 3,7491;
Dólar Index: -0,43%, 96.003;
DI Jan/21: +0,05 pontos base, 7,130%;
S&P 500: -0,08% aos 2.793 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Reforma da Previdência tira regra de reajuste via inflação
– Sem respaldo, MEC recua em pedido de hino em escolas
– Luiz Fux nega foro especial a ministro em caso de laranjas
– Após derrota, Bolsonaro revoga mudanças na Lei de Acess

O Estado de São Paulo
– PF vai apurar vazamento de investigações da Receita
– Maia sinaliza que reforma deve sofrer mudanças
– Bolsonaro chama ditador paraguaio de ‘estadista’
– Maduro libera a saída de 197 brasileiros

Valor Econômico
-Campos indica continuidade na área monetária
– Sem retomada, juro pode cair, prevê Bradesco
– Dez contestações à reforma
– Acionistas aprovam fusão da Embraer com a Boeing

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

Luca de Toledo Gloeden Soares
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Candido Victor Candido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

174 visualizações

relacionados

Bitnami