Mercados Hoje: Previdência is back (pelo menos no discurso)

tags Intermediário

Introdução: Mercados asiáticos tiveram noite turbulenta puxada pelo noticiário ruim de China; Na Europa dia começa também azedo com o DAX recuando -0,63%; Na seara emergente mais um dia de pressão sobre as moedas; Banco Central europeu surpreendeu pela atitude expansionista e colocou mais lenha na fogueira da aversão ao risco global. No Brasil, governo volta a se engajar fortemente na comunicação pela previdência; Votação da previdência na câmara pode não acontecer no primeiro semestre caso a CCJ não seja instalada na próxima semana.


CENÁRIO EXTERNO: TURBULÊNCIA ASIÁTICA

Mercados Globais… Noite turbulenta nos mercados asiáticos, a bolsa de Shangai caiu mais de 4,40% após noticiário doméstico negativo, Hong Kong acompanhou a irmã continental e perdeu -1,91%, Nikkei também sentiu (-2,01%). As bolsas europeias recuam nesta sexta, confirmando o sentimento global de aversão ao risco, com o DAX recuando -0,63% e Londres (FTSE) perdendo -0,91%. Na seara emergente a Lira Turca se valoriza marginalmente, enquanto o Rand sul africano se desvaloriza 0,16%, após ter tombado mais de 4% ontem.

Pombas fora da casinha… Os diretores do Banco Central Europeu reviram para baixo suas projeções de crescimento econômico em 2019 e 2020. Segundo eles, fatores pontuais impactaram negativamente a atividade econômica. Além disso, o BCE também citou a persistente incerteza relacionada com fatores geopolíticos. Por consequência foram reduzidas as projeções de inflação até 2021, que ficaram mais distantes da meta de inflação.

Dovish… Dado o quadro desafiador, o BCE decidiu por anunciar mais estímulos à economia, quando em 2018 ele sinalizava que encerraria os estímulos em 2019. A primeira diz respeito à sinalização sobre as taxas de juros administradas pelo BCE, que permanecerão estáveis, pelo menos até o fim do ano. O mercado já esperava esse movimento, porém, não agora, apenas no segundo semestre. Outra medida foi anúncio da volta dos leilões de recursos para os bancos emprestarem às empresas.

Desacelerou (de novo)… As exportações da China apresentaram queda acentuada em fevereiro, provavelmente refletindo uma demanda mais fraca e distorções provocadas pelo feriado do Ano Novo Lunar, conforme dados divulgados pela Administração Geral de Alfândega do país.

Destrinchando os dados… As exportações chinesas recuaram 4,6% YoY no primeiro bimestre. Além da desaceleração econômica de importantes economias, como a zona do euro, as vendas externas chinesas podem ter sido prejudicadas pela antecipação das compras de empresas americanas no ano passado. O temor de um forte aumento das tarifas de importação sobre os produtos chineses pelo governo americano, estimulou os importadores americanos a anteciparem suas compras junto às empresas chinesas.

Sob controle… No mercado de trabalho americano, um dos principais indicadores a ser acompanhando é o custo unitário do trabalho. A aceleração do ritmo de expansão da produtividade da mão de obra ao longo deste ano tem feito com que o custo unitário do trabalho (CUT) cresça a taxa decrescentes, um bom sinal, uma vez que não deverá pressionar a inflação no curto prazo.

Agenda… O grande destaque hoje é o anúncio dos dados do mercado de trabalho americano, o payroll. O mercado espera uma boa geração de vagas (180 mil) e um arrefecimento no crescimento dos salários.


BRASIL: PREVIDÊNCIA IS BACK (PELO MENOS NO DISCURSO)

Com a palavra o Presidente… Jair Bolsonaro voltou a falar de previdência de forma ampla e em todos os canais. Ontem garantiu em fala aos militares, que os mesmos terão que fazer sacrifícios e terão que acatar mudanças em seus regimes previdenciários.

O mercado tem cobrado… A cobrança para que Bolsonaro assuma o papel de protagonista da reforma aumentou depois que ele publicou na sua conta do Twitter um vídeo com imagens pornográficas gravadas durante o carnaval. Na quarta-feira esse foi um dos principais drivers para a queda nos mercados locais.

Corrida pela CCJ… Se a comissão não for instalada na semana que vem, existe grande chance que a reforma da previdência seja votada apenas no segundo semestre. O que pode causar mais pressão e frustração nos mercados locais.

Com a palavra o líder do governo… O deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), estima que a criação da CCJ deve se arrastar por “mais duas ou três semanas”, o que retardará o início dos trabalhos para depois do dia 20 de março, quando o governo prometeu enviar a proposta dos militares.

Turbulências externas… A pressão sobre o real vista no dia de ontem é praticamente toda lá de fora. Fazendo um exercício econométrico, onde excluímos os fatores domésticos da economia brasileira, chegamos a conclusão que o real deveria valer próximo de R$4,00. Na quarta-feira o valor era próximo de R$3,91. Mostrando que a pressão sobre a nossa moeda é advinda lá de fora…

Agenda… O grande destaque é a divulgação dos dados de inflação, do IGP-M de fevereiro que deve vir próximo de 1,2%.

E os mercados hoje? Com a contínua aversão ao risco global, vemos o dia com mais apreensão nos mercados locais, principalmente para o câmbio e bolsa que devem sofrer mais pressão negativa. Refletindo essa visão, o prêmio de risco brasileiro avança 0,73% aos 166 pontos.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +0,13%, aos 94.340 pontos;
Real/Dólar: +0,98%, cotado a R$ 3,8765;
Dólar Index: +0,82%, 97.667;
DI Jan/21: +0,00 pontos base, 7,190%;
S&P 500: -0,81% aos 2.748 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
–  Atual ou ex cometem 71% dos feminicídios e tentativas
– Fala dúbia de Bolsonaro desagrada a militares
– Acusadora mente descaradamente, diz ministro
– Argentina terá dia de manifestações e greve de feministas

O Estado de São Paulo
– Democracia depende de militares, diz Bolsonaro
– Cenário global e Previdência levam dólar a R$ 3,88
– Destino de verba recuperada vira alvo de disputa
– Peritos atestam que Adelio tem doença mental

Valor Econômico
– BCE retoma a política de estímulo à economia
– Meta de R$ 1 tri é inegociável, diz secretário
– A árdua missão de Cristina nos EUA
– Russos querem mudar edital da Norte-Sul

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

Luca de Toledo Gloeden Soares
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Candido Victor Candido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

176 visualizações

relacionados

Bitnami