Mercados Hoje: Pergunta lá no TSE

tags Intermediário

Introdução: Ibope e Datafolha suspendem a divulgação de suas pesquisas por medo da questão Lula, uma vez que esses institutos registraram a pesquisa com Lula e agora ele não é mais candidato, pelo menos pela lei… No front externo, emergentes continuam dando o tom negativo. Agora com novos integrantes na banda, Indonésia e África do Sul começam a sentir uma maior pressão. Nos Estados Unidos, a indústria continua forte, com o índice ISM Markit acelerando em quase todos os quesitos. No front micro, Fibria mantém a assembleia geral extraordinária, CVC adquiriu mais duas operadores de turismo na Argentina, em linha com sua estratégia de expansão, e Multiplus que, após a não renovação com a LATAM, pode acabar saindo da bolsa.


CENÁRIO EXTERNO: EMERGENTES CONTINUAM PRESSIONADOS E INDÚSTRIA AMERICANA ROBUSTA.

Começando pelo agora… As bolsas operam em moderada queda generalizada na Europa, após terminarem em queda no Japão e China. Nos EUA, índice S&P futuro opera também em leve queda esta manhã. O dólar opera quase no zero a zero, -0,03%, frente aos seus principais pares, e misto frente aos emergentes. Os juros das Treasuries recuam (10 anos ~ 2,89%). As commodities operam de forma mista. O destaque fica com o petróleo que oscila próximo de US$78,23 (brent) e US$69,94 (wti).

Indústria americana segue forte… Índice dos gerentes de compras da indústria, o ISM, atingiu a marca de 61,3 em agosto e superou a mediana das expectativas (bbg: 57,6). Olhando o dado de forma desagregada, destaque para o forte ritmo da produção que acelerou para 63,5 contra 58,5 no mês anterior. A perspectiva para a produção industrial também é favorável, uma vez que o indicador de novos pedidos, que funciona como uma espécie de antecedente, subiu para 65,1 pontos frente 60,2 em julho.

Trump, o tarifador em série… Amanhã termina o prazo da consulta pública que Donald Trump colocou para ver se vai ampliar as tarifas chinesas, o que pode gerar um impacto adicional de US$200 bilhões sobre os chineses.

Emergentes seguem combalidos… Na África do Sul, a recessão começa a ganhar força. Ontem foi divulgado o PIB do segundo trimestre, confirmando que a economia está de fato encolhendo. Na comparação com o trimestre anterior, o PIB caiu -0,7%. O dado de revisão do primeiro tri indica um encolhimento ainda maior no primeiro semestre, enquanto o novo dado mostra que o recuo de -2,2% avançou para -2,6%.

Vinhos argentinos não harmonizam bem com Kebabs… Turquia e Argentina continuam sendo o epicentro da crise dos emergentes. Ambos os países operam déficits em conta correntes enormes e, por isso dependem e muito de recursos externos para rodar suas economias. Mesmo os ambiciosos planos de Macri, que detalhamos no Mercados Hoje de ontem (04/09), parecem ter sido suficientes para acalmar os mercados. E o medo de contágio já pode ser sentido em outros mercados emergentes. O índice MSCI EM registrou queda de 1,6% ontem. A bolsa de Jakarta, na Indonésia, caiu mais de 3,8%. No front, continuamos tendo um cenário ruim para emergentes.

Na agenda de hoje… Nos EUA, nenhum indicador relevante. Bem como no Brasil e Europa.


BRASIL: PERGUNTA LÁ NO TSE.

TSE e o enigma de Lula… O IBOPE deveria ter divulgado na noite de ontem, 04/09, a sua primeira pesquisa pós início de horário eleitoral e impedimento, de facto , da candidatura de Lula. Mas não o fez por motivos jurídicos e ontem o Instituto de pesquisa questionou o TSE sobre o fato de ter iniciado a pesquisa com Lula e depois ter retirado o cenário com petista. Fato é que a pesquisa foi registrada com Lula como candidato, coisa que ele deixou de ser ao longo da feitura da pesquisa. O Datafolha, pelos mesmos motivos do IBOPE, também suspendeu a divulgação da pesquisa que sairia hoje. Ambos os institutos divulgarão suas pesquisas, já ajustadas, no próximo dia 10.

PT e o enigma de Lula, todas as cartas no peito… O PT continua rachado sobre a continuação de Lula como candidato, mesmo após a impugnação por parte do TSE. A Defesa eleitoral do petista protocolou recurso no TSE e também no STF. Fato é que, enquanto Lula não for trocado oficialmente por Haddad, a campanha continuará no limbo jurídico e eleitoral, uma vez que o TSE está derrubando uma a uma as peças de campanha que trazem Lula dizendo que Haddad é Lula. Palanques estaduais seguem prejudicados pela indefinição de um candidato nacional.

O enigma dos votos de Lula… Fato é que esse enigma é mais claro. Marina e Ciro parecem absorver a maior parte dos votos que iriam para Lula. E, quanto mais o PT demorar para decidir, melhor será para o “Cirina” e pior para Alckmin e Bolsonaro. Ambos possuem como pedras fundamentais de suas campanhas o discurso ante PT.

E os mercados hoje? A percepção de risco país, medida pelo CDS de 5 anos, opera em pequena queda (ao redor de 307 pontos base). Com a suspensão das pesquisas e agenda doméstica sem nenhum grande evento, o mercado deverá continuar operando de forma cautelosa. Por enquanto não existe nenhum gatilho que possa levar a uma reversão dos movimentos recentes do mercado local.

 

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: -1,94%, aos 74.712 pontos;
Real/Dólar: +0,03%, cotado a R$ 4,160;
Dólar Index: +0,31%, 95,439;
DI Jan/21: +12 pontos base, 10,110%;
S&P 500: -0,17% aos 2.897 pontos.

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg. *valores referentes à sessão do dia 31/05.


EMPRESAS:

CVC: Cia compra controle de operadoras argentinas Biblos e Ola Transatlantica
Impacto: Marginalmente Positivo.

Fibria: CVM não acata pedido de interrupção da convocação da AGE da Fibria
Impacto: Marginalmente Positivo.

Multiplus: Cia deve sair da bolsa
Impacto: Marginalmente Negativo.

Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Instabilidade avança sobre emergentes, e dólar se valoriza mais
– Trabalho de pesquisadores foi destruído por incêndio
– Terceirização irrestrita causa dúvidas entre empregadores
– Alckmin culpa metodologia por queda da educação de SP

O Estado de São Paulo
– Apesar das críticas de candidatos, benefício fiscal subirá R$ 23 bi
– Prisão de PMs constrange campanha de Bolsonaro
– Ciro Gomes: “Entre coxinhas e mortadelas, sou mortadela”
– Governo e UFRJ trocam acusações sobre verba de museu

O Globo
– Custo UFRJ: 87% para pessoal
– Governo aumenta subsídio e conta de luz fica mais cara
– Condenado em 2ª instância, Garotinho pode se tornar inelegível
– Países pressionam Venezuela a aceitar ajuda humanitária

Valor Econômico
– Empresas vendem ativos no exterior e trazem US$ 13,6 bi
– Judiciário estoura teto por reajuste
– Disputa entre sócios ameaça a Eldorado
– Reação nas mídias impõe perda à Nike

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Cândido Victor Cândido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

121 visualizações

relacionados

Bitnami