Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Mercados Hoje: Pendências na previdência

tags Intermediário

Introdução: Mercados asiáticos iniciaram a semana em queda; Na Zona do Euro, os principais índices de mercado também operam com viés negativo; Em NY, futuros operam no vermelho, sinalizando uma abertura fraca para ativos de risco americanos, e o dólar (DXY) se valoriza contra seus principais pares; Investidores aguardam sabatina semestral de Powell no Congresso americano; Na frente das commodities, ativos se movimentam majoritariamente em terreno positivo; O preço do petróleo (Brent crude) opera próxima à estabilidade, negociado aos US$ 64,10/barril. No Brasil, investidores seguem otimistas no aguardo do início da tramitação da reforma da Previdência no plenário da Câmara.


CENÁRIO EXTERNO: POWELL VAI AO CONGRESSO

Mercados… Mercados asiáticos iniciaram a semana em queda. As bolsas de Tóquio e de Shanghai encerraram a sessão com baixas de 1,0% e 2,6%, respectivamente. Na Zona do Euro, os principais índices de mercado também operam com viés negativo. O DAX (Frankfurt) recua 0,3% até o momento. Em NY, futuros operam no vermelho, sinalizando uma abertura fraca para ativos de risco americanos, e o dólar (DXY) se valoriza contra seus principais pares. Na frente das commodities, ativos se movimentam majoritariamente em terreno positivo. O preço do petróleo (Brent crude) opera próxima à estabilidade, negociado aos US$ 64,10/barril.

Dados conflitantes… O resultado robusto trazido pelo relatório de emprego americano na última 6ªF mostrou que a economia estadunidense tem força, e que um estímulo adicional do Fed não seria extremamente necessário no momento. Em contrapartida, a inversão das curvas de 3 meses e 10 anos – considerado por muitos modelos como antecessora de recessões nos EUA – indica que algum ajuste deve ser feito pelo BC americano.

Powell vai ao Congresso… Em meio a sinais conflitantes trazidos por indicadores de atividade, além das inúmeras ameaças de Donald Trump, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, terá a oportunidade de ajustar expectativas em sua visita semestral ao Congresso americano (10-11 de julho). Nesta ocasião, o mercado buscará novas pistas sobre o tão esperado início de um novo ciclo de afrouxamento monetário. Na 4ªF, o Fed ainda divulga a ata da reunião do FOMC realizada nos dias 18 e 19 de junho, que deve trazer alguma indicação do timing e das condições econômicas esperadas para que o BC americano comece a agir.

Na agenda… Nos EUA, os principais destaques da agenda de indicadores serão o índice de preços ao consumidor (CPI) de junho, na 5ªF, e o PPI vem no dia seguinte. Na Zona do Euro, o mercado acompanhará a divulgação da produção industrial de maio, na 6ªF. Ainda, na China, a agenda reserva o CPI de junho, amanhã à noite, e balança comercial, na virada de 5ªF para 6ªF.


BRASIL: PENDÊNCIAS NA PREVIDÊNCIA

Pendencias na Previdência… Após 11 onze audiências publicas, a participação de 60 convidados e as centenas de horas realizando debates o projeto de reforma da previdência finalmente recebeu aval da comissão especial. Agora, a PEC 06/2019 segue para o plenário da Câmara. Apesar de todo o trabalho realizado na comissão, ainda existem algumas questões a serem definidas antes que a proposta seja votada novamente pelos deputados.

Contagem… Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, passou o sábado se reunindo com lideranças e contando votos, este trabalho deve continuar durante a semana. Os vários representantes do governo, reesposáveis pela coordenação dos trabalhos com o legislativo, devem fazer a sua própria contagem. Ambos os grupos buscam evitar qualquer surpresa desagradável no plenário O projeto só será votado quando o governo e Rodrigo Maia estiverem certos que existe apoio suficiente na casa para superar o patamar mínimo de 308 votos.

Interstício… Existem também prazos regimentais que ditam a sequência e cronograma dos eventos em torno da PEC. O projeto não pode ser votado hoje (08), por exemplo, logo que existe a necessidade de interstício (intervalo) de duas sessões entre a publicação do parecer pela comissão e a votação do projeto no plenário.

2 rodadas… O regimento interno impõe prazo (5 sessões) entre as duas rodadas de votos que serão realizadas na Câmara. Esta imposição só pode ser contornada através da aprovação de um requerimento de quebra de interstício.

Cautela… Esse requerimento de quebra só deve ser apresentado caso a primeira rodada de votos de, ao governo e a Rodrigo Maia, uma margem muito confortável, excedendo o número mínimo por ao menos 20 ou 30 votos. Caso a primeira rodada tenha resultado apertado, a segunda rodada seria adiada, enquanto mais consenso é gerado em torno da proposta.

Policiais… Ainda existem algumas classes trabalhistas, como os policiais e as professoras, que devem gerar resistência à proposta em busca de alterações de última hora. O apreço do presidente pelos profissionais da segurança pública e sua vontade de agradá-los, talvez represente a maior ameaça à economia prevista no projeto. Concessões feitas aos policiais podem levar outras classes a ameaçarem a reforma em busca de alterações mais amenas ás suas aposentadorias.

Cenário Otimista… A realização de uma rodada de votos, ainda esta semana, que resulta na aprovação da proposta com o apoio de 320 ou mais deputados, representaria uma vitória para o governo e para Rodrigo Maia.

Na agenda… Como principais destaques na agenda de indicadores da semana, o IBGE divulga a PMC (5ªF) e a PMS (6ªF). Na frente da inflação, o IPCA de junho sai na 4ªF, acompanhado das primeiras prévias do IPC-S (hoje, às 8h), IGP-M (4ªF) e IPC-Fipe (5ªF).

E os mercados hoje?  No exterior, mercados operam com uma maior cautela, a espera de novas sinalizações do Fed pelo início de um novo ciclo de flexibilização da política monetária nos EUA. Aqui, segue o otimismo de investidores em relação à reforma da Previdência, que aguardam ansiosamente o início da tramitação da PEC no plenário da Câmara. Com isso, esperamos um dia de viés neutro/positivo para ativos de risco domésticos. 

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +0,44%, aos 104.089 pontos;
Real/Dólar: +0,55%, cotado a R$ 3,821;
Dólar Index: +0,54%, cotado a 97.286;
DI Jan/21: -05 pontos base, 5,670;
S&P 500: -0,18% aos 2.990 pontos

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Jornais:

Folha de São Paulo
– Bolsonaro tem apoio de 1/3 da população, diz Datafolha
– Brasil derrota Peru por 3 a 1 e ganha sua 9ª Copa América
– Eike Batista: Governo tirou minha empresa do leilão do pré-sal
– Brasileiro teme mais inflação do que desemprego

O Estado de São Paulo
– Delação da Odebrecht ‘ignora’ favorecidos por R$ 14 milhões
– Brasil conquista Copa América pela nona vez
– Governo tenta barrar lobby de policiais
– Plano começa a oferecer consulta virtual

Valor Econômico
– Governo prepara pacote do ‘day after’ da reforma
– Deus ajuda a quem cedo madruga
– Inflação trienal é a menor desde anos 30
– Benefício a juízes na mira do MPF e AGU

O Globo
– Maioria dos estados gasta mais com PM aposentado do que na ativa
– Invicto, Brasil vence Peru e ergue 9ª Copa América
– Vigilância com reconhecimento facial é reforçada em Copacabana
– Adeus a João será em seu último palco no Rio

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
181 visualizações

relacionados

Bitnami