Mercados Hoje: Parlamentares assumem a pauta

tags Intermediário

Introdução: Os mercados asiáticos operaram sem direção única nesta 2ªF. Declarações da China e dos EUA sinalizando uma paralisação maior das negociações comerciais reforçaram a cautela ao redor do globo. Na Zona do Euro, os principais índices de mercado negociam em terreno negativo. Em NY, o futuro do S&P opera no vermelho, sinalizando uma abertura fraca para ativos de risco americanos, enquanto o dólar se mantém próximo a estabilidade. Na frente das commodities, ativos se movimentam com viés negativo. O petróleo (Brent) avança 0,5%, negociado acima dos US$ 72,60/barril. Para emergentes, o dia é mais favorável, com divisas de México, Turquia e África do Sul se valorizando contra o dólar. Aqui, a cena política segue a frente no noticiário, o que contribui com a piora do cenário externo para uma maior aversão ao risco nos mercados locais.


CENÁRIO EXTERNO: SEM PREVISÃO DE RETOMADA

Mercados… Os mercados asiáticos operaram sem direção única nesta 2ªF. O Nikkei, em Tóquio, avançou 0,2%, enquanto o índice de Shanghai recuou 0,4%. Declarações da China e dos EUA sinalizando uma paralisação maior das negociações comerciais reforçaram a cautela ao redor do globo. Na Zona do Euro, os principais índices de mercado negociam em terreno negativo. As bolsas de Londres e de Frankfurt recuam 1,0% e 1,5%, respectivamente. Em NY, o futuro do S&P opera no vermelho, sinalizando uma abertura fraca para ativos de risco americanos, enquanto o dólar se mantém próximo a estabilidade. Na frente das commodities, ativos se movimentam com viés negativo. O petróleo (Brent) avança 0,5%, negociado acima dos US$ 72,60/barril. Para emergentes, o dia é mais favorável, com divisas de México, Turquia e África do Sul se valorizando contra o dólar.

Sem previsão de retomada… Na semana que precede o feriado do Memorial Day nos EUA, presidente estadunidense, Donald Trump, declarou estar “muito feliz” com o andamento da guerra comercial com a China, e que a economia chinesa não irá superar a americana enquanto estiver governando. Segundo Trump, os Estados Unidos estariam ganhando “bilhões de dólares” no processo e “obviamente a China não está tão bem como os EUA”. Com isso, o presidente americano sinaliza que não há pressa da parte dos americanos em retomar negociações, fato que pesa sobre os ânimos do mercado, principalmente após declarações da China na 6ª de que não há previsão para um próximo encontro entre negociadores das duas partes.

Na agenda… Em semana de agenda cheia, o mercado mensurará o desempenho da economia global através das divulgações da leitura preliminar de maio do PMI industrial da zona do euro, PIB/1TRI da Alemanha e PMI de serviços e composto nos EUA.


BRASIL: PARLAMENTARES ASSUMEM A PAUTA

Descontentamento claro… Após uma semana repleta de tropeços e derrotas tidas pelo o jovem governo do presidente Jair Bolsonaro, o Legislativo expressou a sua frustração, sexta-feira (19) passada, através do presidente da Comissão Especial, Marcelo Ramos (PR-AM). A inabilidade do Executivo em evitar e gerir crises incitou o parlamentar a reafirmar o compromisso da Câmara com a aprovação da reforma, independente das crises sofridas pelo governo. As declarações assertivas inspiraram rumores sobre a apresentação de uma nova proposta de autoria do Legislativo, sem as contribuições do presidente, para “blindar” a PEC das crises que afligem o governo.

Parlamentares assumem a pauta… Entretanto, no domingo (19), o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), esclareceu que não haverá uma nova proposta, após conversa com o presidente da comissão. O período de apresentação de emendas, que poderia se expirar no fim desta semana, deve ser estendido sem alterar o cronograma da Comissão Especial. Marcelo Ramos pretende garantir a apresentação de uma emenda substantiva que reúne várias das ponderações feitas pelos integrantes da comissão. Apesar disso, o presidente da comissão garantiu que a intenção é apresentar uma proposta que chegue a “ordem da potencia fiscal de 1 trilhão de reais”, antes de junho.

Nossa visão… O que inicilamente parecia ser uma séria desbanda pelo Congresso, foi um simples asceno destacando o compromisso do colegiado com a reforma. Em relação à tramitação, cronograma e montante esperado, sem grandes mudanças.

Focus… A pesquisa de mercado FOCUS trouxe mais uma revisão baixista para o PIB de 2019, que foi para 1,24% de 1,45% na semana passada. Além deste corte nas projeções para atividade, a expectativa para o IPCA em 2019 subiu para 4,07% (ante 4,04% na semana passada) e o mercado passou a precificar uma Selic a 7,25% para o fim de 2020 (ante 7,50% na semana passada).

Na agenda… Não existem indicadores relevantes a serem divulgados hoje.

E os mercados hoje? A piora no cenário externo, combinada ao embate claro entre os poderes Executivo e Legislativo no Brasil configura um cenário desfavorável nos mercados domésticos. O prêmio de risco país – medido pelo CDS de 5 anos – avança 0,5%, operando acima dos 185 pontos base. Com isso, esperamos um dia de viés negativo para ativos de risco brasileiros.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: : -0,04%, aos 89.992 pontos;
Real/Dólar: +1,32%, cotado a R$ 4,098;
Dólar Index: +0,14%, 97.995;
DI Jan/21: +13 pontos base, 7,050%;
S&P 500: -0,58% aos 2.859 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Em meio à crise, Bolsonaro testará força no Congresso
– Total de presos quadruplica em SP sob governos tucanos
– Sem explicar, governo represa nomeação de reitores
– Empresas deixam de lado piora do PIB em balanços

O Estado de São Paulo
– Com governo desarticulado, Centrão tenta impor agenda
– Para Bolsonaro, não há ‘teoria da conspiração’
– Conta digital pode ser até 50% mais barata
– Desemprego faz brasileiro se reinventar

Valor Econômico
– Balanços das companhias revelam resistência à crise
– Vendas da linha branca crescem 11,7%
– Odebrecht vive o seu momento mais difícil
– Bolsonaro busca apoio contra o Congresso

O Globo
– Governo negocia mudanças no texto para aprovar reforma
– No Rio, juízes ‘sem rosto’ deverão atuar contra o crime
– Bolsonaro oferece ‘atalho’ para projetos de deputados
– Opositores de Maduro fogem para embaixadas

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

Luca de Toledo Gloeden Soares
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Candido Victor Candido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

203 visualizações

relacionados

Bitnami