Mercados Hoje: O dia depois de amanhã

tags Intermediário

Introdução: Mercados lá fora tiveram mais uma seção negativa; Ásia fechou em queda; Europa também vai operando no vermelho; Nos Estados Unidos o destaque fica com a divulgação dos dados de emprego que devem fazer bastante preço nos mercados de renda fixa; No Brasil Bolsonaro voltou a crescer na pesquisa Datafolha; IPCA de setembro veio acima da expectativa e a inflação acumulada em 12 meses volta a ficar acima do centro da meta de inflação.


CENÁRIO EXTERNO: DE OLHO NO SALÁRIO. 

Mercados Globais: Bolsas asiáticas tiveram mais uma dia negativo, o índice Nikkei fechou em queda de -0,80%. Os mercados acionários europeus também operam em queda, o DAX cai -0,8%. O futuro do S&P opera próximo da estabilidade. As moedas emergentes operam de forma mista, com a lira turca depreciando -0,4% e o peso mexicano subindo 0,3%. Na renda fixa a treasurie de 10 anos está próxima de 3,20%. As commodities operam predominantemente em alta, com destaque para o petróleo (WTI) que sobe 0,26%.

Os números do emprego americano… O departamento de trabalho americano acabou de divulgar os números de emprego. Foram criadas em setembro 134 mil novas vagas, abaixo da expectativa que era de 185 mil. O dado de crescimento de salário, o principal indicador que pode fazer preço nos mercados de renda fixa, veio em linha, um crescimento de 2,8% na comparação interanual. O dado positivo foi a revisão dos dados de agosto que de 200 mil vagas foi para 270 após revisão.


BRASIL: O DIA DEPOIS DE AMANHà

O dia depois de amanhã… Amanhã é o dia oficial de procurar o titulo de eleitor e domingo é dia de ir votar, em uma das eleições mais polarizadas que o país já teve. Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) são os dois favoritos a irem para um eventual segundo turno. Ainda hoje iremos enviar o nosso relatório especial com as nossas projeções de bolsa e câmbio que contemplam Haddad e Bolsonaro como possíveis presidentes do país.

Vamos aos números… Em pesquisa realizada entre os dias 3 e 4 de outubro, que envolveu 10.930 entrevistados, o Datafolha registrou novo avanço do candidato do PSL, Jair Bolsonaro. Ele atingiu 35% dos votos e numa semana avançou sete pontos percentuais, enquanto os seus principais adversários ficaram estagnados.

Olhando de lupa… Segundo o Datafolha, Bolsonaro voltou a crescer junto ao eleitorado masculino (+4 pontos percentuais para 45% dos votos válidos). No eleitorado feminino, Bolsonaro obteve 33%. O apoio da evangélicos também contribuiu para esta alta. Neste corte do eleitorado, o Deputado detém 48% dos votos válidos.

São os votos válidos que importam… Se considerarmos apenas os votos válidos totais, Bolsonaro registrou 39% e Haddad ficou com 25%.

O voto útil pode ser bem útil para garantir uma vitória em primeiro turno… Apenas 10% dos eleitores de Bolsonaro afirmaram que podem mudar o seu voto, o número de 90% de convicção impressiona. Já entre os eleitores de Marina, esse percentual está em torno de 60%, enquanto que entre os eleitores de Alckmin e Ciro Gomes é de aproximadamente 40%. Como ainda faltam dois dias para as eleições, existe a possibilidade de uma onda favorável a Bolsonaro que poderia garantir-lhe a vitória em primeiro turno. Se não vencer no primeiro turno, Bolsonaro entrará muito embalado no segundo turno.

IPCA de Setembro… Saindo do campo político, o grande destaque da agenda dessa sexta fica com o IPCA de Setembro que avançou 0,48% na margem e ficando em 4,53% no acumulado em 12 meses. Essa é a primeira vez desde de março de 2017 que a inflação fica acima do centro da meta (4,5%) no acumulado em 12 meses. O grande destaque negativo ficou com o grupo de transportes, impulsionado pelo aumento dos combustíveis, que subiu 1,69% na margem.

IPCA de Setembro… Saindo do campo político, o grande destaque da agenda dessa sexta fica com o IPCA de Setembro que avançou 0,48% na margem e ficando em 4,53% no acumulado em 12 meses. Essa é a primeira vez desde de março de 2017 que a inflação fica acima do centro da meta (4,5%) no acumulado em 12 meses. O grande destaque negativo ficou com o grupo de transportes, impulsionado pelo aumento dos combustíveis, que subiu 1,69% na margem.

E os mercados hoje? O prêmio de risco brasileiro (medido pelo CDS de 5 anos) voltou a recuar -1,69% aos 243 pontos e vai se confirmado no patamar abaixo dos 250 pontos. O dia deve ser positivo por aqui, repercutindo o rápido crescimento de Jair Bolsonaro praticamente na véspera das eleições.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: -0,38%, aos 82.953 pontos;
Real/Dólar: -0,70%, cotado a R$3,875;
Dólar Index: -0,01%, 95,751;
DI Jan/21: -03 pontos base, 9,310%;
S&P 500: -0,82% aos 2.902 pontos. 

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg. *valores referentes à sessão do dia 27/09.


EMPRESAS:

CVC: Reservas confirmadas avançaram 10,8% no 2T18
Impacto: Marginalmente Positivo.

Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
 Em alta, Bolsonaro tem 39% dos válidos, contra 25% de Haddad
– França reduz a diferença para Doria e Skaf em SP
– Líderes nas pesquisas são alvo de ataques no último debate
– Aprovação à democracia chega a 69% e é a maior da história

O Estado de São Paulo
Em debate final, Bolsonaro e Haddad viram alvo de ataques
– General cuida de plano de candidato para infraestrutura
– Candidato do PSL amplia vantagem
– Reajuste de servidores vai custar R$ 15 bi

O Globo
Bolsonaro vai a 39% dos votos válidos; Haddad tem 25%
– ‘Desinteresse foi revertido’, diz diretora do Ibope 
– Empresas são alvo de 121 denúncias de coação eleitoral
– Ex-secretário acusa Paes de receber propina

Valor Econômico
País vai à batalha dos extremos
– Bolsonaro amplia a liderança 
– São Paulo tem empate entre PSDB e MDB
– Candidato do PSL continua a dominar as redes

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Cândido Victor Cândido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

196 visualizações

relacionados

Bitnami