Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Mercados Hoje: Megaleilão em foco

Introdução:

Internacional
• Bolsas internacionais operam sem direções claras;
• Falta de definição em torno de se, quando e onde a 1ª fase do acordo comercial será assinada promove cautela adicional e impede avanço dos mercados;
• Dados econômicos apontam para uma maior estabilidade da economia europeia.

Brasil
• Mercado local acompanha megaleilão do pré-sal, às 10h;
• Evento deve gerar entre R$ 70 e R$ 106,5 bilhões;
• Plano mais Brasil inclui 3 PECs que transformarão o estado Brasileiro;
• Quase 800 municípios poderão deixar de existir;
• Uma quarta PEC será apresentada hoje: a reforma administrativa;
• PEC paralela pode ser votada na CCJ e no plenário do Senado;
• Ultrapar, IRB e Carrefour estão entre as empresas que divulgam seus resultados hoje.


CENÁRIO EXTERNO: INDEFINIÇÃO PROMOVE CAUTELA

Mercados… Bolsas asiáticas encerraram de forma mista nesta 4ªF. Na zona do euro, índices de mercado operam sem direção única, com o índice pan-europeu, STOXX 600, andando de lado desde o início das negociações. Nos EUA, índices também iniciam o dia no zero a zero, mesmo movimento do dólar (DXY) até o momento. Na frente das commodities, ativos se movimentam sem tendência clara. O preço do petróleo (Brent crude) recua 0,3%, devolvendo parte dos ganhos da semana, mas ainda se mantendo próximo dos US$ 63,00/barril.

Indefinição promove cautela… Mercados acionários globais operam estáveis, com investidores na espera por desenvolvimentos no que tange ao progresso que vem sendo feito nas negociações comerciais sino-americanas. Ontem, o relato de que a remoção das tarifas impostas sobre US$ 111 bilhões de produtos chineses em setembro estaria sendo avaliando pelos EUA foi bem recebida, mas a falta de definição em torno do tema promove cautela, e investidores parecem precisar de novos fatos para levar bolsas para além dos patamares atuais. Por ora, bolsas andam de lado, no aguardo principalmente do anúncio da nova data e local em que esta 1ª fase do entendimento será oficializada.

Quem quer rir… Caso o entendimento se concretize, ele deverá tirar um grande peso sobre a economia global, não só por remover sanções que oneram as duas maiores economias do mundo, mas também por elevar a confiança de empresários, que tem segurado investimentos em meio a manutenção do cenário de incerteza que se arrastou por 2019. Por outro lado, caso os EUA considerem a remoção das tarifas um preço muito alto para assinar a 1ª fase do acordo comercial com a China, o pedido pode acabar se tornando um novo ponto de resistência para o avanço das negociações, fato que traria de volta um receio maior em torno da desaceleração econômica mundial e consequentemente, a volatilidade aos mercados.

Na agenda… Após a leitura final do PMI/Composto de outubro na zona do euro e as encomendas à indústria de setembro na Alemanha apontarem para uma maior estabilização da economia europeia – mesmo que ainda em patamares bastante reduzidos -, investidores se voltarão às divulgações dos dados de produtividade do trabalho (10h30) e dos estoques brutos de petróleo (12h30) nos EUA.


BRASIL: MEGALEILÃO EM FOCO

Megaleilão… Hoje, será realizado o leilão do excedente da cessão onerosa, às 10h no hotel Grand Hyatt (Rio de Janeiro, RJ). Será o maior leilão de óleo do mundo. A expectativa é que o governo arrecade entre R$ 70 bilhões e R$ 106,5 bilhões, dependendo do nível de interesse das 12 empresas estrangeiras que participarão. Os campos Búzios e Atapu, que já são explorados pela Petrobras, certamente receberão lances, mas o nível de interesse em torno dos campos Itapu e Sépia ainda é uma incógnita.

Plano mais Brasil… Ontem, 3 PECs foram apresentadas:

Pacto federativo- cria o Conselho Fiscal da República e desindexa, desobriga e desvincula o orçamento da União.

Estado de emergência fiscal – dará mais espaço de manobra aos municípios e estados endividados para conterem os seus gastos.

Extinção de 281 fundos públicos- representa uma receita adicional de R$ 220 bilhões para a União.

O plano deve transferir R$ 400 bilhões aos municípios e estados nos próximos 15 anos. O cronograma de aprovação é bastante ambicioso, prevendo o fim do trâmite das 3 PECs até abril do ano que vem. A intenção é realizar a aprovação definitiva no Congresso antes que as eleições municipais venham a dominar o mundo político.

Cidade fantasma… A medida também prevê a anexação de munícipios com menos de 5,000 habitantes e com receita inferior a 10% do total do munícipio mais próximo. A inciativa deve extinguir quase 800 cidades pequenas juntando-as aos seus vizinhos maiores. O intuito do programa é reduzir gastos com funcionários públicos, principalmente os políticos e seus penduricalhos.

Hoje tem mais… Uma quarta PEC deve ser revelada hoje, a reforma administrativa. Esta deve criar um estágio probatório de 3 anos e postergar a segurança de emprego para 10 anos após a contratação.

PEC paralela… O projeto que prevê a inclusão dos estados e municípios na reforma da Previdência federal deve ser votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado hoje. Caso haja um entendimento amplo entre os senadores, o projeto também poderá ser votado no plenário, em primeiro turno. Após a aprovação em dois turnos pelo Senado, a proposta será enviada para a sua apreciação pela Câmara dos Deputados.

Na agenda… Às 14h30, o BCB divulga o IC-Br de outubro e o fluxo cambial semanal. No âmbito corporativo, a temporada de balanços segue a todo o vapor: ABC divulga seus números antes da abertura enquanto os resultados de Ultrapar, Comgás, Inter, Carrefour, IRB, Movida, NotreDame, Totvs e Wiz saem depois do fechamento.

E os mercados hoje? A falta de novos desenvolvimentos concretos envolvendo China e EUA promove cautela no exterior, e os principais índices de mercado globais andam de lado. No Brasil, o foco é o megaleilão do pré-sal, cujo resultado deve ditar a direção dos movimentos do dólar e, mesmo que em menor escala, do Ibovespa ao longo do dia. Com isso, esperamos um dia de viés positivo para ativos de risco locais, que ainda terão a divulgação da 4ª PEC do pacote Mais Brasil jogando a favor nesta 4ªF.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: -0,35%, aos 108.402 pontos;
Real/Dólar: -0,61%, cotado a R$ 3,99;
DI Jan/21: +2 pontos base, 4.51%;
S&P 500: -0,11% aos 3.074 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Jornais:

Folha de São Paulo
• Pacote de Bolsonaro e Guedes propõe reforma radical do Estado brasileiro
• Defensoria pública supera advogados em casos revistos por STJ e STF
• ‘Nunca conte com a clara antes de a galinha botar o ovo’, diz Lula sobre possível liberdade
• Tenho que passar o pires e me humilhar, diz presidente do TJ

O Estado de São Paulo
• ‘Se eu encontrar por aí o Olavo de Carvalho, nem vou reconhecer’, diz general Heleno
• Mercado teme pressão na Petrobrás e acende sinal de alerta para megaleilão de petróleo e gás desta quarta
• Em derrota para Bolsonaro, Câmara aprova projeto de armas desidratado
• ‘Plano é um conjunto de solução de aberrações’, diz economista

Valor Econômico
• Integração fiscal e uso da dívida como âncora são base do pacote
• Megaleilão testa confiança do investidor na Petrobras
• MP encerra exclusividade da Casa da Moeda
• Cheque especial deverá ter novas regras

O Globo
• Maior reforma do Estado em 3 décadas, pacote de Guedes pode ter dificuldade no Congresso
• Crivella libera pedágio da Linha Amarela outra vez após sancionar lei de encampação
• Búzios, com potencial para ser o sétimo maior campo em mar do mundo, é a estrela do megaleilão
• Governo faz hoje maior leilão de petróleo do mundo, que pode dobrar royalties para R$ 100 bi. Entenda o que está em jogo

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
171 visualizações

relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami