Mercados Hoje: Guerra segue registrando baixas

tags Intermediário

Introdução: Bolsas asiáticas têm sessões negativas, refletindo forte queda dos números de importações e exportações da China; No Japão, bolsas não abriram por conta de feriado; Na Europa, os mercados mantém tendência baixista dos pregões asiáticos e operam em queda; Nos Estados Unidos, o futuro do S&P cai 1,02% pela manhã, sinalizando que NY deve iniciar o dia no vermelho; Na frente das commodities, ativos operam predominantemente em queda; O petróleo (brent), ainda sensível à expectativa de arrefecimento econômico global, recua 1,47% e opera por volta dos US$ 60,58/barril. No Brasil, noticiário político é foco – disputa pela Presidência da Câmara é principal destaque.


CENÁRIO EXTERNO: GUERRA SEGUE REGISTRANDO BAIXAS

Mercados… Bolsas asiáticas têm sessões negativas, refletindo forte queda dos números de importações e exportações da China. O índice de Shanghai recuou 0,71% e o Hang Seng, em Hong Kong, caiu 1,38%. No Japão, bolsas não abriram por conta de feriado. Na Europa, os mercados mantém tendência baixista dos pregões asiáticos e operam em queda. O STOXX 600 recua 0,86% até o momento. Nos Estados Unidos, o futuro do S&P cai 1,02% pela manhã, sinalizando que NY deve iniciar o dia no vermelho.

Risco de bloqueio… A Primeira Ministra Britânica, Theresa May, disse que caso o acordo do Brexit não passe em votação no Parlamento – que esta agendada para amanhã (15) – a saída do Reino Unido da UE tem grandes chances de não acontecer. De acordo com May, atualmente o risco que o Brexit seja evitado pelo Parlamento é maior do que o de uma eventual saída sem acordo. Ainda, a Primeira Ministra declarou que acredita que caso o Brexit seja bloqueado, a confiança da população no processo democrático britânico sofrerá “prejuízos catastróficos”. Por ora, a expectativa é de derrota na votação de amanhã.

Baixas de guerra… A China reportou uma forte redução nos números de exportações e importações no mês de dezembro. Estes resultados refletem o arrefecimento da economia doméstica e os impactos da guerra comercial com os Estados Unidos. Em comparação com os números de novembro, as exportações caíram 4,4% e as importações, 7,6%. Vale ressaltar: o superávit comercial com os EUA chegou a US$ 323 bilhões, o maior registro desde 2006. O mercado deve reagir de forma negativa à essas leituras, uma vez que elas corroboram com as de outros indicadores da economia chinesa, como as vendas de automóveis e PPI, que já vinham indicando uma desaceleração acentuada na margem.

Na agenda da semana… Nesta semana o índice de preços aos produtores dos estados unidos sai na 3ª feira. Na 4ª feira, teremos o livro bege do Fed acompanhado dos dados de vendas no varejo e do índice de confiança do construtor nos Estados Unidos. Por fim, teremos os dados de construção de novas residências na 5ª feira e o índice de confiança do consumidor da Universidade de Michigan na 6ª feira.


BRASIL: MOVENDO AS PEÇAS NO TABULEIRO

Entrando na terceira semana… Hoje se inicia a terceira semana do novo governo, e já nela uma das principais promessas de campanha poderá ser endereçada: a flexibilização de regras para os cidadãos sem antecedentes criminais terem armas em casa.

Mexendo no INSS… Outro destaque que possivelmente virá nesta semana será a medida provisória contra fraudes no INSS. A expectativa é que a MP produza ganhos de R$ 17 bilhões a R$ 20 bilhões. Outra previsão é que o texto faça alterações no auxílio-reclusão, benefício criticado por Bolsonaro durante a campanha.

Movendo as peças no tabuleiro… Continuam as movimentações acerca das eleições no congresso, Maia é de longe o favorito. Ao longo do fim de semana conseguiu o apoio do PDT, o primeiro partido da oposição ao governo a se unir a Maia.

Movendo as peças do outro lado do congresso… ANo Senado, Renan Calheiros segue como o líder para levar o comando da casa. Ele não tem a simpatia do Planalto, que procura uma alternativa. O governo se sentiria muito mais confortável em apoiar Entre outros, os bolsonaristas falam em Simone Tebet (MDB-MS) e Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Resolvido (pelo menos por enquanto) no STF… O presidente do STF, ministro Dias Toffoli, revogou um despacho do ministro Marco Aurélio Mello que, na prática, compromete a venda de ativos pela petroleira. Desta forma, volta a entrar em vigor o Decreto 9.355 de 2018. Este decreto permite à empresa estatal a venda de ativos sem a necessidade de se fazer licitação. A deliberação de Toffoli vale até o dia 27 de fevereiro, quando o plenário do Supremo vai analisar uma ação do Partido dos Trabalhadores que contesta a validade do decreto. O julgamento de Toffoli favorece a Petrobras, que tem planos de se concentrar em algumas atividades prioritárias e se desfazer de outros ativos que não relevantes a estas atividades. Além disso, permitirá a continuidade da política de redução do endividamento da empresa.

IPCA encerra 2018 distante da meta de inflação… Com a inflação de 0,15% registrada em dezembro o indicador encerrou o ano com uma alta acumulada de 3,75%, 0,75p.p abaixo do centro da meta que era de 4,5%. Tal resultado é muito importante, uma vez que deixa uma inércia inflacionária bastante positiva de 2018 para 2019.

Expectativas melhorando… Olhando dos dados de hoje do relatório FOCUS, a mediana da expectativa do crescimento do PIB para 2019 reverteu e voltou a subir, de 2,53% para 2,57%, o primeiro aumento em algumas semanas. A inflação para 2019 avançou 1bps, de 4,01 para 4,02. Câmbio e juros permaneceram constantes em R$3,80 e 7% respectivamente.

Agenda semanal… O IBGE divulga na 3ª o resultado do comércio em novembro de 2018 e, na 4ª, os números do setor de serviços para o mesmo mês. O Banco Central divulga na 5ª o IBC-Br de novembro, considerado pelo mercado como uma prévia do PIB.

E os mercados hoje? O CDS brasileiro opera próximo da neutralidade, aos 184 pontos. Porém, o dia de maior aversão ao risco lá fora, deve pressionar de forma negativa os ativos por aqui, portanto, acreditamos em uma segunda feira neutra/negativa para os mercados por aqui.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: -0,16%, aos 93.658 pontos;
Real/Dólar: +0,07%, cotado a R$3,7140;
Dólar Index: -0,01%, 95,664;
DI Jan/21: -02 pontos base, 7,440%;
S&P 500: -0,01% aos 2.596 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Battisti é preso na Bolívia e enviado direto para a Itália
– Maioridade penal, para 84%, deve ser aos 16 anos
– Presidente da Assembleia Nacional é detido na Venezuela
– Criminosos atacam ponte e juizado com explosivos no CE

O Estado de São Paulo
– Battisti vai da Bolívia para prisão perpétua na Itália
– Europeus devem limitar compra de aço brasileiro
– Odebrecht usou PMs para levar R$ 120 mi
– Investidor do Tesouro triplica com taxa zero

Valor Econômico
– RF perde R$ 1,2 bi em sua experiência na Argentina
– Governo quer R$ 1 trilhão com reforma
– Europa limita entrada de aço brasileiro
– Sinal verde para privatizações

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Cândido Victor Cândido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

178 visualizações

relacionados

Bitnami