Mercados Hoje: é melhor “Jair” repousando e Looking for inflation baby

tags Intermediário

Introdução: Turquia volta a pressionar emergentes com falas do Presidente Erdogan sobre a subida da taxa de juros que o Banco Central da Turquia subiu de 17,25% para 24%. A moeda turca aprecia e deve ajudar o ambiente para emergentes. Soma-se a isso, uma possível trégua entre Estados Unidos e China. Ainda na terra de Trump, temos a divulgação da inflação, que deve mostrar uma aceleração nos núcleos de inflação, reafirmando a trajetória de juros do FED. No Brasil, Bolsonaro é operado de emergência e levanta dúvidas sobre a sua real capacidade de fazer campanha. E hoje é dia de toga nova no STF: Dias Toffoli assume a presidência da nossa suprema corte. No front econômico o destaque fica com a divulgação de vendas no varejo pelo IBGE.


CENÁRIO EXTERNO: INLATION BABY! E JURO É COISA DE RENTISTA.

Começando pelos mercados emergentes… O presidente da Turquia, Erdogan, disse, na véspera de uma decisão da taxa básica de juros turca por parte do BC, que “Não podemos permitir o uso de uma ferramenta de exploração com os juros”. Se estivesse no Brasil, Erdogan se passaria facilmente por algum candidato de esquerda. A fala não impediu o BC Turco de subir os juros em mais de 6p.p, de 17% para 24%. O choque de juros parece estar tendo efeito: no momento a moeda turca aprecia 3%. Alívio!

Na America, looking for inflation baby… O destaque da agenda internacional ficará com os dados de inflação americana que serão divulgados hoje pela manhã. O indicador mais importante para olhar será o núcleo de inflação. A expectativa é de que o núcleo avance 0,2% na margem, que significa um avanço de 2,4% no anualizado, isto é, acima da meta do FED de 2%. O FED deve fazer mais subidas de juros, uma na próxima reunião do dia 26 e outra na reunião de novembro.

You got a friend in me! Amigo estou aqui! China e Estados Unidos estão sentando para negociar uma trégua nas rodas de sanções. Steven Mnuchin, Secretário do Tesouro Americano, deverá se encontrar em breve com Liu He, seu par chinês. O Ministério das Relações Exteriores e o Ministério do Comércio da China disseram, na quinta-feira, que Pequim acolheu a abordagem, mas ainda estava coordenando detalhes com o lado norte-americano. As comunicações estão estáveis desde quando os negociadores chineses viajaram para Washington no mês passado, disse o Ministério das Relações Exteriores de Pequim. Alívio again!

Inflation, l’inflation, inflação… Na zona do euro também o destaque na agenda fica com a inflação. O dado agregado do continente deve mostrar um avanço na margem de 0,1%, o que vai colocar a inflação em 12 meses em 2%, porém o núcleo de inflação continua baixo, próximo de 1,3%, o que deixa margem para a continuação dos estímulos financeiros na zona do euro.


BRASIL: É MELHOR ‘JAIR’ RESPOUSANDO E MÃE OLHA MINHA TOGA NOVA.

Bolsonaro é operado de urgência na noite de ontem… O presidenciável pelo PSL passou por uma cirurgia de emergência na última noite (4ª feira) após exames mostrarem uma obstrução em seu intestino delgado.

É melhor ‘jair’ repousando… As primeiras notícias pós cirurgia são de sucesso: o ex-capitão se recupera bem. Fato é que Bolsonaro ainda vai precisar de mais uma cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia e normalização do trato intestinal, um procedimento também complexo. Logo, muito repouso e cuidado serão necessários e a campanha vai ficando em segunda instância. O próprio presidente da sigla de Bolsonaro, o PSL, já informou que a previsão de alta do hospital está sendo revista. Bolsonaro fazendo campanha no segundo turno está se tornando uma incógnita. Seguimos torcendo pela melhor do Deputado…

Sem o capitão como fica a tropa? Mesmo antes da cirurgia de ontem, Bolsonaro já não estava conseguindo fazer vídeos de campanha e se comunicar de forma eficiente com seu eleitorado. A campanha e as pesquisas de intenção de voto seguem a margem de tudo isso. O próprio núcleo da campanha bate cabeça. O PSL proibiu Mourão (vice do PRTB) de substituir Bolsonaro nos debates, ou seja, toda a atenção de mídia da campanha é para Bolsonaro no hospital e não no palanque.

Sem o político, vai o economista… É mais provável que Paulo Guedes, o guru from Chicago, deva assumir um maior protagonismo na campanha. Guedes não é filiado a nenhum dos partidos da chapa, logo deve ter trânsito melhor, além de ser o simbolismo máximo do banho de loja liberal que Bolsonaro decidiu tomar para essas eleições.

Como ficam as intenções de voto? Difícil dizer. A pelo menos três Mercados Hoje, discutimos o fato de que existe um impulso de votos advindos da facada e que deveriam começar a se dissipar em breve, mas com os novos acontecimentos e atenção da mídia (que deve se intensificar). É provável que o capitão até consiga manter por mais tempo esse momentum de comoção que lhe gere alguns votos. Obviamente ninguém ganha com a saúde frágil dos outros, mas a rejeição do Deputado sim…

Hoje é dia de estrear a toga nova! Hoje tem posse no STF. O polêmico (pelo menos sua biografia é) Ministro Dias Toffoli, assumirá a nossa suprema corte. Ele já foi advogado do PT (justiça seja feita, já votou contra o partido em várias oportunidades), Advogado Geral da União no governo Lula e ministro do STF desde 2009. Toffoli é contra a prisão em segunda instância e deve colocar o assunto em pauta em algum momento de sua gestão. Vossa excelência é o ministro mais novo da casa, com apenas 50 anos, um garoto na escala de idades do STF. Hoje é dia de ser presidente do STF, hoje é dia de toga nova, pelo menos para Toffoli….

Agenda calma… O destaque do dia fica com os dados de Vendas no Varejo, referentes ao mês de julho, que serão divulgados as 09:00 pelo IBGE. A expectativa é que o dado avance 0,3% na margem, após se retrair -0,3% no mês anterior e avance 1,1% quando comparado com o mesmo período de 2017.

E os mercados hoje? O dia hoje deve ser de pressão sobre os ativos domésticos. O mercado deverá começar a se questionar sob a possibilidade física de Jair Bolsonaro prosseguir na disputa. O deputado é o único candidato de direita, com ideias reformistas, que vence ou empata com todos os candidatos de esquerda no segundo turno, além de ter 26% das intenções de voto na última pesquisa Ibope. Pelo menos lá fora os emergentes respiram com Turquia e uma possível trégua entre Estados Unidos e China.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +0,63%, aos 75.125 pontos;
Real/Dólar: +0,17%, cotado a R$ 4,160;
Dólar Index: -0,47%, 94,799;
DI Jan/21: -08 pontos base, 9,770%;
S&P 500: +0,04% aos 2.889 pontos.

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg. *valores referentes à sessão do dia 31/05.


EMPRESAS:

Rumo: Cia. vai duplicar Malha Norte, com mais 700 km
Impacto: Marginalmente Positivo.

Via Varejo: Cia. vai explorar serviço financeiro digital
Impacto: Marginalmente Positivo.

Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Bolsonaro piora e passa por cirurgia de emergência
– Promotores de casos contra políticos serão investigados
– Nós não queremos fazer apostas, diz Roberto Setúbal
– EUA têm 12,8 mil migrantes crianças em abrigos no país

O Estado de São Paulo
– Bolsonaro passa por nova cirurgia de emergência
– Adversários pregam voto útil em busca do 2º turno
– Risco Brasil dobra com incerteza do quadro eleitoral
– “País deve seguir tendência de cortar impostos”

O Globo
– Embolados em 2º lugar, candidatos reveem estratégias
– Para Ciro Gomes, “o país não aguenta outra Dilma”
– Servidor do Rio é instado a usar cargo para pedir voto
– Bolsonaro é submetido a nova cirurgia para corrigir obstrução

Valor Econômico
– Alunos tomam só 50% do crédito oferecido no Fies
– Incerteza eleitoral faz juro dobrar
– Economistas apuram PIB em tempo real
– Ciro faz críticas a concorrentes

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Cândido Victor Cândido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

121 visualizações

relacionados

Bitnami