Mercados Hoje: Doce como chocolate Suíço

tags Intermediário

Introdução: Bolsas asiáticas iniciaram a semana em terreno positivo – mesmo após divulgação de dados mais fracos do crescimento da economia chinesa. Na Europa, os principais índices de mercado abrem em queda, com exceção do FTSE britânico. Nos Estados Unidos, mercados permanecerão fechados por conta de feriado nacional. Commodities operam sem direções claras. No Brasil, dia deve ser de baixa liquidez por conta do feriado americano.


CENÁRIO EXTERNO: CONFIRMADO (BAIXAS) EXPECTATIVAS

Mercados… Bolsas asiáticas iniciam a semana em terreno positivo. O índice de Shanghai registrou alta de 0,3% e o Hang Seng, em Hong Kong, o índice subiu 0,5% – mesmo após divulgação de dados mais fracos do crescimento da economia chinesa. Na Europa, os principais índices de mercado operam em queda, com exceção do FTSE britânico. O STOXX 600 recua 0,2% e o DAX, em Frankfurt, cai 0,4%. Nos Estados Unidos, mercados permanecerão fechados por conta do feriado nacional que homenageia Martin Luther King.

Confirmando expectativas… Os dados da atividade econômica chinesa registraram os números mais fracos para o crescimento do PIB desde 1990, confirmando as expectativas do mercado. A leitura anualizada para o quarto trimestre foi de 6,4% – o menor patamar desde a crise econômica global – enquanto o crescimento acumulado do ano de 2018 ficou em 6,6%, abaixo dos 6,8% de 2017. Já é o terceiro trimestre consecutivo na China em que o ritmo de crescimento econômico desacelera.

Estimulando… Autoridades chinesas já apresentaram planos de incentivo para 2019. A esperança é que tais medidas revertam o cenário de queda do consumo, resultante do impacto negativo que a guerra comercial vem tendo sobre a confiança do consumidor chinês.

Na agenda… Agenda fraca no exterior, reflexo de feriado nacional nos Estados Unidos.


BRASIL: DOCE COMO UM CHOCOLATE SUÍÇO

Doce como um chocolate suíço… Bolsonaro decolou ontem para a Davos, levando consigo Paulo Guedes e Sérgio Moro, o trio tem como objetivo “adoçar’ a boca dos investidores globais, com seu discurso liberal, anticorrupção e democrático.

Na volta um “pit-stop”… Assim que retornar de Davos, Bolsonaro irá se internar no dia 28 no hospital Albert Einstein para realizar a cirurgia que irá reconectar seu intestino e assim, retirar a bolsa de colostomia.

Após a cirurgia do Presidente, a proposta de cirurgia fiscal… O presidente Jair Bolsonaro deve encaminhar, a partir da segunda quinzena de fevereiro ao plenário da Câmara dos Deputados, a proposta de reforma de Previdência Social.

Aproveitando os alicerces… O governo vai aproveitar as bases da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287, já aprovada em comissão especial da Câmara, para ganhar pelo menos seis meses na tramitação. Na quinta-feira, linhas gerais da proposta foram apresentadas ao presidente que aproveitará a viagem a Davos para avaliar o assunto e propor eventuais ajustes, se forem necessários.

Mourão confirma… O vice-presidente, Hamilton Mourão, que ontem assumiu a Presidência e ficará no cargo até o retorno de Bolsonaro, confirmou que o presidente recebeu as informações sofre reforma da Previdência na quinta-feira em reunião restrita. “Não tive acesso [às informações apresentadas]. O presidente Bolsonaro recebeu as informações, até porque ele é o decisor”, disse Mourão, em entrevista ao Valor.

O pouco que se conhece é: A proposta de reforma da equipe Guedes deve ser uma mescla entre a PEC 287 e as sugestões feitas por um grupo de economistas, liderado pelo ex-presidente do Banco Central (BC), Armínio Fraga, e o economista Paulo Tafner. Uma das novidades será a criação de um regime de capitalização. No que diz respeito à idade mínima de aposentadoria, a ideia inicial era utilizar o que está previsto na PEC 287 que seria 65 anos para homens e 62 mulheres. Mas o assunto embolou depois que o presidente Bolsonaro disse, sem dar detalhes, seria de 62 anos para homens e 57 para mulheres.

Financiamento menos volátil… O secretário especial da Receita, Marcos Cintra, disse ao Valor que a proposta de desoneração da folha de pagamentos significará a troca de uma fonte mais frágil e volátil de financiamento da Previdência por uma mais sólida e estável, com menor flutuação cíclica.

O sistema tem que se adaptar a nova economia… Ele lembrou que as mudanças no mercado de trabalho, com aumento da informalidade e de mecanismos de economia colaborativa (como Uber), demandam a busca por fontes mais sólidas de financiamento do sistema previdenciário brasileiro.

Expectativas… O relatório focus divulgado a pouco trouxe poucas mudanças acerca das medianas das expectativas do mercado financeiro. O IPCA para 2019 recuou 1bp, de 4,02% para 4,01%. Para 2020 o número permanece constante em 4% a mais de 81 semanas. A projeção do PIB para 2019 caiu para 2,53% (ante 2,57%) e para 2020 avançou pela primeira vez em quase 1 ano (46 semanas) de 2,50% para 2,60%. O último número é uma excelente notícia e mostra que aos poucos o maior otimismo com a economia brasileira vai sendo incorporado nas projeções do mercado financeiro.

Agenda… Não existem indicadores macroeconômicos relevantes a serem divulgados hoje.

E os mercados hoje? O risco país continua caindo -0,84% aos 172 pontos, o que indica que o investidor estrangeiro está de bom humor com o país. O dia lá fora será mais calmo, uma vez que não haverá mercado nos Estados Unidos (feriado do Dia de Martin Luther king). Dado esse cenário, acreditamos que o dia por aqui será neutro/positivo.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +0,78%, aos 96.096 pontos;
Real/Dólar: +0,20%, cotado a R$ 3,7541;
Dólar Index: +0,28%, 96,336;
DI Jan/21: -0,40 pontos base, 7,340%;
S&P 500: +1,32% aos 2.670 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Em 3 anos, Flávio Bolsonaro comprou R$ 4,2 mi em imóveis
– Na TV, senador eleito se diz vítima de perseguição
– Ministério quer punir fiscais de multa cancelada
– Ceará tem mais um fim de semana de ataques e fogo

O Estado de São Paulo
– Último grande Refis perdoou R$ 47 bi em dívidas de empresas
– Coaf aponta irregularidade em contas de 28 políticos
– Brasil leva a Davos projeto de ‘refundação’ da OMC
– China registra menor alta do PIB em 28 anos

Valor Econômico
– Déficit conjunto de seis Estados atinge R$ 74 bi
– Mercado já vê o Ibovespa a 100 mil pontos
– Em Davos, ‘quebrar o retrovisor’
– Receita chama contribuintes que aderiram à repatriação

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Cândido Victor Cândido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

393 visualizações

relacionados

Bitnami