Mercados Hoje: Decolagem autorizada

tags Intermediário

Introdução: Bolsas asiáticas têm sessões positivas; Na Europa, pregões mistos pela manhã; Nos EUA, o futuro do S&P se mantem em terreno negativo; O dólar recua frente aos seus principais pares; Dia tem início positivo para commodities – o preço do barril de petróleo (brent) ronda os US$ 62. No Brasil, o destaque é a divulgação dos dados de inflação para 2018.


CENÁRIO EXTERNO: TUDO PELO MURO

Mercados… Bolsas asiáticas têm sessões positivas. O índice de Shanghai teve alta de 0,97%. No Japão, o Nikkei subiu 0,74%. Na Europa, pregões mistos pela manhã. O STOXX 600 opera em alta de 0,14% enquanto o Dax, em Frankfurt, tem queda de 0,13%. Nos EUA, o futuro do S&P se mantém em terreno negativo pela manhã. O dólar, medido pelo DXY, recua 0,20%.

Qualquer ajuda é bem vinda… Faltando 5 dias para a votação do Brexit no Parlamento Britânico, o Primeiro Ministro Japonês, Shinzo Abe, ofereceu apoio total à Theresa May, se tornando o primeiro líder mundial à visitar o Reino Unido com intuito de reforçar a importância de um acordo. Abe declarou que é de interesse do “mundo inteiro” evitar que o divórcio entre Reino Unido e UE venha a acontecer sem um acordo firmado. Ontem, May telefonou para líderes das principais uniões sindicalistas do Reino Unido pela primeira vez em mais de 2 anos, com o intuito de pedir apoio – mas até o momento não obteve êxito na questão. Por ora, a expectativa é que o acordo não passe na votação por uma diferença de 100 votos (segundo a Pantheon Macroeconomics).

Política Flexível… Em discurso na tarde desta quinta feira, o presidente do Fed, Jerome Powell, reafirmou que a inflação comportada permite que o Banco Central americano seja paciente e demore mais para realizar um próximo aumento da taxa de juros. Mais uma vez, Powell reforçou que não há um caminho pré-estabelecido em relação à política monetária e garantiu que o Fed deve manter uma abordagem flexível em 2019. Por fim, o presidente do Fed explicou que sua maior preocupação é o arrefecimento econômico em escala global – o que também contribuiu para que membros do Comitê vissem o momento como menos propício para um novo aumento.

Tudo pelo muro… Donald Trump cancelou sua ida ao fórum de Davos, culpando a intransigência dos democratas sobre a construção do muro. Em discussão sobre o impasse, o Presidente americano insistiu que tem “vários mecanismos” à sua disposição para angariar fundos para esta empreitada e reforçou que tem total autoridade para declarar emergência nacional – medida que permitiria a liberação das verbas necessárias para a construção do muro na fronteira com o México sem a aprovação do Congresso. Ainda, há relatos da mídia que o governo avalia financiar a obra com verbas reservadas para desastres naturais.

Agenda… O destaque da agenda internacional é a divulgação do CPI americano, que mede os preços aos consumidores. A expectativa é de uma leitura comportada para dezembro, o que reforçaria a paciência sinalizada pelo Fed em relação à política de taxa de juros.


BRASIL: DECOLAGEM AUTORIZADA

Decolagem autorizada… No início da noite de ontem, Bolsonaro voltou atrás e usou o Twitter para postar que a União não se opõe à fusão com a Boeing, já que ficou claro que “a soberania e os interesses da Nação estão preservados” foi a observação feita pelo presidente.O aval saiu depois de uma grande reunião realizada nesta 5ªF, no Planalto, que contou com a presença de representantes dos ministérios da Defesa, Ciência e Tecnologia, Relações Exteriores, Economia e Forças Armadas.

A torre de controle governamental… O governo tem o poder de barrar a decolagem do acordo, pois o mesmo detém a chamada golden share, onde o governo pode barrar decisões estratégicas da empresa, mesmo não sendo mais o acionista controlador.

Blocão de esquerda contra Maia… O PSB articula um blocão de centro-esquerda e espera uma posição do PDT e PCdoB para tomar viabilizar uma candidatura própria à presidência da Casa, para desequilibrar o jogo favorável a Maia.

Boa safra em 2019… A produção brasileira de grãos da safra 2019 foi estimada pelo IBGE em 233,4 milhões de toneladas, ante 231,1 milhões de toneladas no prognóstico anterior, divulgado mês passado. Houve, portanto, um incremento de 1,0% ante a previsão anterior. Considerando esta projeção e os números do LSPA (Levantamento Sistemático da Produção Agrícola) de dezembro, que calcularam a safra 2018 em 226,5 milhões de toneladas, haverá um aumento de 3,1% da produção na próxima temporada, configurando a segunda maior safra da série histórica. Boa notícia para a inflação de alimentos em 2019.

Por outros números… A CONAB também divulgou seu quarto acompanhamento da safra brasileira de grãos 2018/19, na qual estimou a produção em 237,3 milhões de toneladas, o que representa um crescimento de 4,2% em relação à safra anterior. De acordo com o órgão, a produção de soja e de milho – que juntos totalizam 88% da produção brasileira de grãos – deverá, respectivamente, cair 0,4% e crescer 12,9%.

Inflação no atacado começa o ano em alta… Com elevação de 0,03% na primeira prévia do ano, o IGP-M mostrou aceleração em comparação com igual período de dezembro (-1,16%) e superou nossa projeção e a mediana das expectativas de mercado, ambas em -0,10%. O avanço do indicador nessa medição decorreu da atenuação da queda do IPA-M e reversão para o terreno positivo do IPC-M. Entre os determinantes desse movimento estão a alta de minério de ferro, alimentos in natura, menor retração de combustíveis, e no varejo, a dissipação da queda de energia elétrica.

Agenda… Será divulgado hoje às 09:00 o IPCA de dezembro, e portanto a inflação fechada para o ano de 2018. A mediana do mercado é de 0,11% de avanço na margem.

E os mercados hoje? O dia lá fora indica um terreno mais positivo para os ativos, as commodities avançam (petróleo principalmente) e o dólar perde força frente aos seus pares, notícias muito positivas para o Brasil e emergentes. Portanto, acreditamos que o dia de hoje será positivo para os ativos de risco no Brasil.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +0,21%, aos 93.805 pontos;
Real/Dólar: +0,83%, cotado a R$3,7114;
Dólar Index: -0,20%, 95,351;
DI Jan/21: +1 pontos base, 7,460%;
S&P 500: +0,45% aos 2.596 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Presidente anuncia que não vai vetar fusão da Embraer
– Bolsonaro é um fascista, diz ditador da Venezuela
– Novo governo tem em média um recuo a cada dia
– Doria discute Rio-Santos com governo federal

O Estado de São Paulo
– Bolsonaro dá aval à negociação entre Embraer e Boeing
– Presidente da Apex desafia chanceler e é demitido
– Saúde propõe remédio perto do vencimento para hepatite C
– Governo prepara indulto ‘humanitário’ para presos

Valor Econômico
– Governo troca conselho para reduzit dívida com Petrobras
– Capitalização será inspirada em modelo de Tesouro Direto
– Valorização do salário mínimo perde força
– Novo chanceler muda tudo no Itamaraty

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Cândido Victor Cândido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

190 visualizações

relacionados

Bitnami