Mercados Hoje: Conhecendo o escritório

tags Intermediário

Introdução: Bolsas asiáticas operaram sem viés definido; Mercado espera divulgação da balança comercial da China; Mercados Europeus operam com altas e Futuro do S&P também indica dia positivo nos Estados Unidos, reflexo do resultado das eleições americanas; Macron toma frente na resistência europeia à novas sanções americanas sobre o Irã; Dólar perde forças e commodities operam com viés altista. No Brasil, Bolsonaro se encontrará com Temer e irá pedir uma previdência light em 2018; Autonomia do Banco Central pode ser aprovada ainda em 2018; Bolsonaro deixa entendido que irá convidar Ilan para ficar no cargo; IPCA de outubro vem abaixo do esperado e dá um fôlego na inflação; Ata do Copom já reflete a descompressão de risco dos ativos após as eleições.


CENÁRIO EXTERNO: TRUMP IS THE LOSER .

Mercados Globais… As bolsas asiáticas tiveram sessões mistas, com o índice Hang Seng de Hong Kong subindo 0,10% e o Nikkei recuando -0,28%. Já na Europa e nos Estado Unidos os principais índices operam com altas, refletindo a derrota do partido de Donald Trump nas eleições pelo controle da Câmara. Na Zona do Euro, o Stoxx 600 sobe 1,14%. Nos EUA, o futuro do S&P500 já apresenta movimento positivo de 0,96%, enquanto o dólar perde força e já tem desvalorização de -0,63% frente aos seus principais pares.

Poder Limitado… O resultado das eleições americanas confirmou o esperado pelas pesquisas, que previram a vitória do Partido Republicano, de Donald Trump, no Senado e a tomada do controle da Câmara pelo Partido dos Democratas. Este cenário configurou uma derrota para o Governo de Trump, que deve encontrar resistência para dar continuidade à sua agenda. O anúncio deste resultado dá fôlego às moedas emergentes frente ao dólar, enquanto os yields das treasuries americanas.

Chamando a responsabilidade… A França, do Presidente Emanuel Macron, declarou que irá tomar frente na Europa contra as novas sanções impostas pelos americanos sobre o Irã. O esforços, de acordo com o Ministro da Fazenda Francês Bruno Le Maire, são de “reafirmar a independência” da União Europeia e apresentar resistência aos EUA, que segue agindo como “a policia do comércio mundial”.

Agenda… O destaque na agenda internacional no dia de hoje é a China, que divulgará a balança comercial de outubro, que tem altas fortes esperadas tanto para as importações quanto para exportações.


BRASIL: CONHECENDO O NOVO ESCRITÓRIO

Conhecendo o novo escritório… Hoje o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) irá se encontrar em Brasília com o atual presidente, Michel Temer. O encontro será no palácio do Planalto, local onde o presidente despacha.

Conhecendo a agenda… O encontro além de simbolizar o início da fase de transição, será discutida a agenda econômica que o governo Temer deseja que seja continuada pelo governo Bolsonaro.

Dá pra deixar mais leve? Em encontro hoje com Michel Temer, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, buscará acordo para deixar as novas regras da Previdência mais palatáveis e aprová-las no Congresso ainda neste ano. Se não for possível, o novo governo deve encaminhar texto mais abrangente em 2019.

Se não vai pelo lado fiscal, vai pelo monetário… A equipe econômica do presidente eleito Jair Bolsonaro quer antecipar a votação de uma das medidas mais importantes para a economia no longo prazo: a autonomia do Banco Central, já que será bastante complicada a votação da reforma da previdência ainda em 2018. De acordo com fontes ouvidas pelo GLOBO, os técnicos do presidente eleito já articulam com o Congresso a aprovação da proposta ainda este ano.

Um afago… A ideia é usar a independência como argumento para que Ilan Goldfajn fique a frente da instituição. Quem deu um afago público em Ilan foi Bolsonaro que disse: “O Paulo Guedes gosta dele”.

Só depende do Rodrigo… O projeto já está pronto e precisaria apenas ser pautado pelo Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM). Maia vai verificar na próxima reunião de líderes se há espaço para a proposta ser colocada em votação. Uma reunião de líderes foi convocada para às 11 horas desta quarta-feira, dia 7, no gabinete da presidência da Câmara.

Bolso effect… Foi divulgada ontem a ata do Copom de outubro, que refere-se à redução da assimetria do balanço de riscos, que ainda continua a pender para uma inflação mais alta. Segundo os diretores do BC, fatores internos foram o principal fator para esse movimento da assimetria dos riscos, ou seja, a eleição de Bolsonaro aumentou as chances de avanço das reformas.

Inflação (IPCA) de outubro vem abaixo do esperado… A inflação de outubro avançou 0,45% na margem, abaixo da mediana da expectativa do mercado que era de 0,56%. A grande surpresa positiva foi o item de alimentação no domicilio onde era esperado um crescimento acima de 1% e que cresceu apenas 0,59%. Mais uma vez o item de maior pressão foi transportes que avançou 0,92%. Com o resultado de outubro a inflação em 12 meses acelerou para 4,56% no acumulado em 12 meses e no acumulado de janeiro a outubro deste ano o número ficou em 3.81%.

E os mercados hoje? Com a desvalorização do dólar frente aos seus principais pares, o que beneficia mercados emergentes, principalmente aqueles que exportam commodities, com o Brasil. Além do bom humor dos mercados lá fora. O dia deverá ser positivo para os ativos de risco domésticos, o prêmio de risco brasileiro recua 0,50% aos 195 pontos.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: -1,04%, aos 88.669 pontos;
Real/Dólar: +0,97%, cotado a R$3,764;
Dólar Index: +0,04%, 96,317;
DI Jan/21: +03 pontos base, 8,110%;
S&P 500: +0,63% aos 2.756 pontos.

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg. *valores referentes à sessão do dia 27/09.


EMPRESAS:

Taesa: Números do 3º tri.
Impacto: Marginalmente Positivo.

Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Bolsonaro é sensato e moderado, afirma Moro como ministro
– Ministério do Trabalho pode ser extinto no novo governo
– Eleições nos EUA são marcadas por disputas acirradas
– Marcelo Coelho: É bom se preparar para a liberação do porte de armas

O Estado de São Paulo
– Moro quer uma Lava-Jato no combate ao crime organizado
– Tesouro diz que 16 Estados correm risco de insolvência
– Petrobras registra lucro de R$ 6,6 bi no terceiro trimestre
– Conselho quer até 20% do ensino médio a distância

O Globo
– Moro propõe “lava-Jato” contra o crime organizado
– Bolsonaro: Constituição será um “norte”
– Guedes defende “prensa” para aprovar reforma
– “Com toda a certeza, vai ter alguma mulher”

Valor Econômico
– Previdência pode ter plano de capitalização só em 2020
– Moro rejeita tratar MST e MTST como terroristas
– JBS vai vender carne na China pela internet
– Com apoio italiano, CSN prevê conclusão de ferrovia em 2027

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Cândido Victor Cândido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

129 visualizações

relacionados

Bitnami