Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Mercados Hoje: Centrão no centro da confusão

tags Intermediário

Introdução: Os mercados asiáticos fecharam sessões com ganhos nesta 3ªF Os investidores esperam ansiosamente pelo PIB chinês para o 1ºTRI/19, após uma série de indicadores econômicos que sinalizarem que a atividade chinesa estão reagindo aos estímulos do governo. Na Zona do Euro, os principais índices de mercado abrem negociações com viés positivo (DAX +0,72%). Ontem, a Comissária Europeia do Comércio sinalizou abertura do bloco para o início das conversas com os Estados Unidos. Em NY, o futuro do S&P opera no verde e o dólar (DXY) recua levemente contra seus principais pares, com o mercado atento às mais novas divulgações de balanço da temporada de resultados do 1ºTRI/19 nos Estados Unidos. No Brasil, o governo amarga mais uma derrota na CCJ sem ter a menor organização de sua base de apoio; Votação da previdência na CCJ acontecerá apenas na semana que vem.


CENÁRIO EXTERNO: ABERTO PARA NEGOCIAÇÕES

Mercados… Os mercados asiáticos fecharam sessões com ganhos nesta 3ªF. As bolsas de Tóquio e de Shanghai avançaram 0,2% e 2,4%, respectivamente. Na Zona do Euro, os principais índices de mercado abrem negociações com viés positivo: o Stoxx 600 sobe 0,3% até o momento, e o DAX avança +0,72%. Em NY, o futuro do S&P opera no verde e o dólar (DXY) recua contra seus principais pares, com o mercado atento às mais novas divulgações de balanço da temporada de resultados do 1ºTRI/19 nos Estados Unidos. Na frente das commodities, ativos se movimentam majoritariamente com viés negativo. O petróleo (brent) vai na contramão e avança 0,1% pela manhã, negociado a US$ 71,20/barril. Por fim, emergentes têm início de dia negativo, com divisas de Turquia, México e África do Sul recuando contra o dólar.

Aberto para negociações… Ontem, a Comissária Europeia do Comércio, Cecilia Malsmström, afirmou nesta 2ªF que a UE está pronta para iniciar conversações sobre o acordo comercial com os Estados Unidos. Seguindo a aprovação dos países membros – com a exceção da França, que votou contra, e da Bélgica, que se absteve – a Comissão Europeia irá iniciar negociações para extinguir as tarifas sobre produtos industrializados e para facilitar o trâmite para que empresas de ambos os lados consigam comprovar que seus produtos estão dentro dos padrões de cada região. A Comissária disse acreditar que um acordo pode ser costurado e firmado até o fim do ano.

Confiança em alta… A divulgação do índice de sentimento econômico (ZEW), da Alemanha, sinalizou um avanço na perspectiva de crescimento pelo 6º mês consecutivo, chegando ao patamar mais alto em mais de 1 ano. Segundo a pesquisa, 28,6% dos respondentes afirmaram que suas expectativas melhoraram, contra 25,5% que acreditam que as condições tem se deteriorado. A melhora na margem é baseada na esperança de que a economia global tenha um desempenho melhor do que o esperado no início do ano.

Na agenda… O destaque da agenda econômica desta 3ªF será a divulgação do PIB chinês para o 1ºTRI/19, às 23h. A expectativa e por um crescimento de 6,3% a/a (valor anualizado). No mesmo horário, saem produção industrial e vendas no varejo para o mês de março, portanto China no radar.


BRASIL: CENTRÃO NO CENTRO

Tá tudo dominado… O centrão mostrou o seu poder na CCJ ontem, quando conseguiu articular a votação para a mudança da ordem das matérias a serem apreciadas pela comissão. No final a CCJ aprovou a proposta do orçamento impositivo e deixou para depois da páscoa a apreciação da reforma da previdência.

Nem direita, nem esquerda… O centrão é a força política dominante no congresso e também o grupo mais desgostoso com a tal “nova” política de Jair Bolsonaro. Porém, o descontentamento já está sendo cobrado com as atitudes ante governo do centrão.

Mais uma luz de alerta… Não é a primeira vez que o centrão está colocando Bolsonaro no corner. E ainda existe muita munição para ser usada contra o governo na CCJ. Se o centrão quiser, poderá criar um verdadeiro caos se apoiar a mudança da PEC da previdência ainda na CCJ. Se pontos como o BPC e a aposentadoria rural caírem na comissão. eles não poderão mais serem discutidos na comissão especial (próxima fase na câmara) e dificultaria em muito a discussão da reforma.

Articulação? Qual? O governo está sem a menor capacidade de articulação política. Deputado Waldir, Major Victor Hugo e Onyx Lorenzoni parecem não ter a menor utilidade no momento. Alguma mudança precisa acontecer rapidamente para que a reforma trâmite com o mínimo de serenidade.

O avalista político… O governo pelo menos ainda conta com Rodrigo Maia (DEM) no apoio pela reforma e até mesmo como um certo contra peso dentro da câmara. O problema seria Maia jogar a toalha de vez.

O avalista econômico… Paulo Guedes é o avalista econômico, sem ele o governo perderá todo o apoio do mercado. Dadas as pressões recentes o mercado começa a se perguntar até quando o ministro irá aguentar…

Agenda… Não existem indicadores relevantes a serem divulgados no dia de hoje.

E os mercados hoje? Apesar da tônica positiva lá fora, o noticiário político continua produzindo ruídos relevantes nos mercados locais. Vemos o dia de hoje, mais uma vez, como neutro/negativo.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +0,22%, aos 93.082 pontos;
Real/Dólar: -0,26%, cotado a R$ 3,871;
Dólar Index: -0,03%, 96.942;
DI Jan/21: -0,05 pontos base, 7,090%;
S&P 500: -0,06% aos 2.905 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Governo suspende aumento real em reajuste do mínimo
– Justiça bloqueia bens de Alckmin em caso da Odebrecht
– Em derrota de governistas, CCJ atrasa votação da Previdência
– Reportagem sobre Dias Toffoli sofre censura no STF

O Estado de São Paulo
– Projeções mostram PIB negativo no 1º trimestre
– Fogo destrói Notre-Dame, joia da civilização
– Governo prevê salário mínimo sem aumento real para 2020
– STF manda tirar do ar texto sobre Toffoli

Valor Econômico
– Mudança em MP favorece privatização da Sabesp
– Governo prevê déficit até 2022
– Pacote tenta apaziguar caminhoneiros
– Às vésperas de feriadão, frota da Avianca fica cada vez

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

Luca de Toledo Gloeden Soares
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Candido Victor Candido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

221 visualizações

relacionados

Bitnami