Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Mercados Hoje: Brexit – Sem espaço para manobra

Introdução:

Internacional
• Bolsas internacionais ensaiam dia de realização;
• Dados de inflação da economia chinesa reforçam adoção de estímulos pelo BC;
• O Parlamento recusou proposta de Boris Johnson de antecipar eleições para 15/10;
• Sai o relatório Jolts de abertura de postos de trabalho nos EUA em julho (11h).

Brasil
• Bolsa local seguirá a mercê da dinâmica dos mercado no exterior, ainda que favorecida pela valorização pontual de papéis relacionados às commodities;
• Doria quer baratear frete através descontos no pedágio;
• Guedes demonstra otimismo frente a reformas orçamentárias;
• Saem primeira prévia de setembro do IGP-M (8h) e os dados regionais da produção industrial de julho (9h);
• A uma semana do Copom, Roberto Campos Neto discursa em Londres (8h30).


CENÁRIO EXTERNO: BREXIT – SEM ESPAÇO PARA MANOBRA

Mercados… Mercados asiáticos operaram mistos nesta 3ªF. Bolsas de Shanghai (+0,8%) e Hong Kong encerraram próximas à estabilidade, enquanto em Tóquio o Nikkei registrou leve valorização (+0,3%). Na Europa, índices de mercado iniciaram o dia com um movimento de realização. O índice pan-europeu, STOXX 600, recua 0,4% até o momento. Em NY, futuros registram baixas moderadas, e o dólar (DXY) segue se valorizando contra seus principais pares. Em relação às commodities, ativos mantêm a tendência de alta após anúncio de estímulos da China. O petróleo (Brent crude) sobe 0,7%, voltando a ser negociado próximo dos US$ 63,00/barril.

Dados reforçam estímulos… A inflação ao consumidor (CPI) de agosto na China veio acima do esperado, em 2,8%, suportado principalmente pela categoria de Alimentos – alta que tem como principal motivo o crescimento do preço dos Suínos em meio a Gripe Suína que afeta a Ásia. Na contramão, a inflação ao produtor (PPI) no mesmo período teve deflação de 0,8%, corroborando com o cenário de crescimento mais fraco do país. O PPI veio em seguida da divulgação de dados da balança comercial mais fracos, e reforça a adoção de novas medidas econômico pelo BC chinês, depois de ter reduzido taxa dos depósitos compulsórios.

Sem espaço para manobra… Como já era esperado, o Parlamento britânico recusou nova proposta de Boris Johnson, que visava antecipar eleições gerais para 15/10. Apesar de mais uma derrota política, o premiê reforçou de que o divórcio com o Reino Unido ocorrerá no dia 31/10, mesmo com a aprovação da legislação que impede que o Brexit sem acordo aconteça – nova lei que foi aprovada pelo Parlamento e sancionada pela rainha Elizabeth II nesta 2ªF. Segundo Johnson, ainda há a possibilidade de renegociar os termos do Brexit com a UE a tempo. Caso não haja sucesso nesta nova empreitada, o primeiro ministro será obrigado a pedir um adiamento à Comissão europeia. De qualquer maneira, há pouco espaço para manobra, e as chances de um Brexit desordenado são cada vez menores.

Na agenda… Nos EUA, às 11h, será divulgado o relatório Jolts de abertura de postos de trabalho nos EUA em julho. No mesmo horário, o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, fala diante do Senado americano. Na Europa, o foco se volta para fala do presidente do BC inglês, Mark Carney, às 9h.


BRASIL: GUEDES OTIMISTA

Doria quer pedágio reduzido para caminhões no período da noite… O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), pretende descontar a cobrança em certas rotas, durante período das 22h às 6h. O objetivo é reduzir congestionamento e o número de acidentes, além de baratear o custo do frete. O secretario de Logística e Transportes, João Octaviano, deve dar início às negociações com concessionarias em breve para viabilizar o projeto.

Reação das concessionárias… A Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias acredita que desconto só será viável caso o preço do pedágio para outros veículos seja aumentado como contrapartida. A medida deve ser bem recebida pelos caminhoneiros, que negociam com o governo federal, desde o início do mandato do presidente, para estabelecer um piso para seus serviços através de uma tabela de frete.

Motivação política… A medida também tem um viés político. Tudo indica que Doria concorrera contra a reeleição de Bolsonaro em 2022. Em vista disso, o governador busca oportunidades para solucionar problemas que o presidente foi incapaz de resolver de forma definitiva, como no caso do frete dos caminhoneiros.

Orçamento flexível… O ministro da economia, Paulo Guedes, revelou durante entrevista, que pretende “desindexar, desvincular e desobrigar” os gastos do estado brasileiro. Uma possível solução para combater a rigidez orçamentaria seria a reforma administrativa, que visa acabar com a garantia de emprego dos servidores públicos. Grande parte dos orçamentos (municipais, estaduais e federal) é consumida pela folha de pagamento. Revogar o direito a segurança de emprego dos servidores públicos será uma tarefa árdua, devido à capacidade de mobilização do grupo, que tem alto grau de influência sobre o Congresso.

Otimismo do ministro… A fala do ministro demonstra um nível de otimismo animador frente as reformas estruturais que o governo pretende implementar nos próximos três anos do governo Bolsonaro. Tais medidas fazem parte de um quadro de ajustes fiscais que tem por objetivo reverter o déficit primário, conter a dinâmica explosiva do endividamento público e viabilizar uma queda mais forte da taxa de juros para dar uma maior potência para o investimento privado.

E os mercados hoje? Lá fora, bolsas ensaiam dia de realização, seguindo semana de valorização dos principais índices de mercado ao redor do mundo. No Brasil, o Ibovespa seguirá a mercê da dinâmica dos mercados no exterior, mas deve seguir favorecido pela valorização pontual de papéis relacionados às commodities. Por isso, esperamos um dia de viés neutro para o mercado acionário local.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +0,24%, aos 103.181 pontos;
Real/Dólar: -0,86%, cotado a R$ 4,09;
Dólar Index: -0,11%, cotado a 98.281;
DI Jan/21: -3 pontos base, 5.34%;
S&P 500: -0,01% aos 2978 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Jornais:

Folha de São Paulo
– Pauta de costumes de Bolsonaro perde espaço no Congresso
– Deputados lançarão frente contra censura após veto de Crivella a gibi com beijo gay
– Políticos e usuários questionam pedágio na maior concessão de estradas do país
– Governo Doria quer reduzir tarifa de pedágio para caminhões à noite

O Estado de São Paulo
– Câmara quer tirar de juiz de 1ª instância poder de mandar prender políticos
– Lava Jato mira ex-ministro Lobão e prende seu filho por suspeita de desvios em obra de hidrelétrica do PA
– QuintoAndar levanta US$ 250 mi e vira novo unicórnio brasileiro
– PSL escala Flávio Bolsonaro para desarticular CPI da Lava Toga

Valor Econômico
– Bancada ruralista tenta emplacar venda de terra a estrangeiros
– Nova fase da Lava-Jato mira corrupção na Transpetro e em Belo Monte
– Volks avalia lançar carro elétrico no Brasil e na AL
– Momento é de esperar para ver, diz CEO da Allianz

O Globo
– Previdência: alterações do relator no Senado podem atrasar reforma
– Em nova fase da Lava-Jato, PF prende Márcio Lobão, filho do ex-ministro Edison Lobão, que também é alvo
– Delegado cotado para comandar PF volta se reunir com ministro de Bolsonaro no Planalto
– Transformação que ‘Brasil quer’ não será rápida ‘por vias democráticas’, diz Carlos Bolsonaro

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
219 visualizações

relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami