Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Mercados Hoje: Bolsonaro o “cauteloso”

Introdução: Bolsas asiáticas operaram com uma dinâmica melhor, porém sem uma única direção, mostrando que ainda existe aversão ao risco relevante na região dada a guerra comercial; Na Europa, o dia começa bem mais positivo com as principais bolsas operam em alta (DAX +0,75%); Futuros do S&P indicam um dia positivo nos EUA; Ativos globais operam com a tônica de uma recuperação técnica após acentuada queda de ontem. No Brasil, Bolsonaro modera tom e pede (implicitamente) por cautela nas manifestações de domingo, em uma tentativa de controlar o jogo de morde assopra entre executivo e congresso; destaque do dia será a divulgação dos dados da prévia do IPCA de maio.


CENÁRIO EXTERNO: BYE BYE MAY

Mercados Globais… As bolsas asiáticas operaram um pouco melhor do que nos últimos dias, em uma dinâmica de recuperação técnica. Shanghai avançou +0,02%, Hong Kong +0,32%. Enquanto Tóquio fechou com queda de -0,16%. Na Europa, a tendência de recuperação contínua com mais força, com o DAX avançando +0,75%, Londres +0,62% e o Stoxx 50 avançando mais de 1%. Refletindo o movimento das principais bolsas globais, o dólar (DXY) perde -0,13% frente aos seus principais pares, enquanto os futuros das ações americanas indicam um dia positivo a frente (+0,63% o futuro do S&P). O petróleo também se recupera tecnicamente, e avança quase 1% (ambos os tipos), porém o WTI ainda opera abaixo dos US$58,48 o barril. Vale lembrar que ontem a commodity operou com forte queda: o Brent recuou -4,55% e o WTI, -5,71%.

Farewell my friend… Theresa May renunciou, o que pode ajudar a colocar um fim no imbróglio do Brexit. Em breve discurso diante da residência oficial dos premiês em Londres, May explicou que seguirá como primeira-ministra durante a escolha do próximo líder do Partido Conservador, que será consequentemente o próximo premiê.

A libra respira… Com o anúncio, a moeda britânica se valoriza, com a esperança de que a largada de osso de May pode representar uma renovação na questão do Brexit (para o bom ou para o pior…). A pouco, a libra avançava a US$ 1,2685, após chegar a tocar US$ 1,2710 na máxima do dia, de US$ 1,2656 no fim da tarde de ontem.

Chapa continua quente… Refletindo o estado generalizado de mau humor, o índice VIX, importante termômetro acerca do estresse do mercado, subiu mais de 20%, enquanto as principais bolsas americanas perderam mais de 1%.

Agenda… O único indicador relevante a ser divulgado hoje, é o dado de número de poços de petróleo ativos nos Estados Unidos.


BRASIL: BOLSONARO O “CAUTELOSO”

Tocando o tambor contra o centrão… Em resposta às manifestações contra cortes orçamentários, foram convocadas demonstrações bolsonaristas para este domingo (26). Ao ver o presidente acuado diante uma crise de articulação e amplos protestos, a base eleitoral do chefe do Executivo decidiu ir às ruas. Desde então, uma batalha sobre a narrativa que definirá os manifestantes acontece em Brasília.

Era para colocar pressão… A proposta inicial visava a indisposição do Congresso, principalmente dos partidos que integram o Centr??o. Em resposta, os parlamentares criticaram os protestos “anti democráticas” e “extremistas”. Enquanto o PSL afirmava que a manifestação visava o empoderamento da reforma da Previdência e a MP dos ministérios, que ainda seria aprovada na Câmara (no final a mesma foi aprovada).

Racha… O debate em torno dos protestos causou controvérsia na direita e dentro do próprio PSL. A deputada mais bem votada da história da Assembleia de São Paulo, Janaína Paschoal, considerou publicamente o abandono da sigla. O governador de São Paulo, João Dória (PSDB), também se posicionou contra as demonstrações. Durante o decorrer da semana, o clima tenso afastou o presidente, que inicialmente pretendia frequentar o evento.

Bolsonaro o “cauteloso”… Em nossa visão, Bolsonaro optou pela cautela, agiu como chefe de estado e não como candidato político. As vitórias no Congresso atenuaram o senso de urgência que impulsionava os protestos, mas também acalmou ânimos e reduziu o combustível do extremismo.

Aumento bem vindo… Segundo a Secretaria da Receita Federal, a arrecadação federal total atingiu R$ 139 bilhões em abril. O dado veio acima da mediana das expectativas de mercado em R$ 138,45 bilhões,. Assim, houve crescimento de 1,3%A/A no mês. No acumulado do ano, a arrecadação avançou 1,1% em relação a igual período de 2018.

Por tributo… Dentre os tributos, destaque positivo para a arrecadação de imposto de renda (+3,8% A/A) e CSLL (+3,6% A/A), que registraram também aumento na margem. Por outro lado, receitas advindas com IPI (-1,5% A/A) e Previdência (-1,6% A/A) recuaram em abril.

A importância… Acompanhar tais dados é importante, uma vez que essas receitas administradas pela SRF, são aquelas que mais acompanham o nível da atividade econômica. Portanto, são um importante referencial para se ver o quanto o nível da economia afeta o quadro fiscal do país.

Agenda… O grande destaque do dia ficará com a divulgação da inflação parcial de Maio, por parte do IPCA-15. O dado deve aliviar a pressão contra abril (0,72%), desacelerando para 0,41%, de acordo com a mediana das expectativas do mercado. O piso das apostas é de 0,31% e o teto, de 0,51%. Mesmo se confirmando a mediana, o dado acumulado em 12 meses deverá permanecer acima da meta de inflação de 4,25%.

E os mercados hoje? Com a melhora do quadro externo, é possível dizer que o dia será mais positivo por aqui. Porém, o mercado pode operar com cautela, refletindo um pouco de receio do que poderá sair (ou ser dito por alguém do governo) durante as manifestações de domingo. O prêmio de risco brasileiro, medido pelo CDS de 5 anos, opera em leve queda, ao redor dos 179 pontos.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: : -0,48%, aos 93.910 pontos;
Real/Dólar: +0,01%, cotado a R$4,040;
Dólar Index: -0,19%, 97,856;
DI Jan/21: -06 pontos base, 6,790%;
S&P 500: -1,19% aos 2.822 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Homofobia é crime como racismo, diz maioria do Supremo
– MP vai para o Senado, mas governo e PSL batem cabeça
– EUA passam a apoiar entrada do Brasil na OCDE
– Presidente critica pedido para fechar Congresso e STF

O Estado de São Paulo
– Governo quer ser dono de imóveis do Minha Casa
– A ameaça que paira sobre uma cidade
– Maioria no STF equipara homofobia a racismo
– Bolsonaro diz que atos não são para atacar Congresso

Valor Econômico
– Dona do Casino pede proteção contra credor e preocupa GPA
– Custos caem e empresa tenta resgatar título
– A taxação de imóveis pode dar R$ 300 bi
– Disputa pela Netshoes faz ação subir 43%

O Globo
– Regra especial beneficia hoje 56% dos servidores estaduais
– Bolsonaro critica ataques ao Congresso e ao STF
– Sem acordo MP do Saneamento deve caducar
– Justiça liberta militares que fuzilaram 2 no Rio

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

Luca de Toledo Gloeden Soares
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Candido Victor Candido

Economista

Mestrando em economia pela Universidade de Brasília - UnB. Já trabalhou no mercado financeiro na área de pesquisa e operações. Foi pesquisador do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas. É formado em economia pela Universidade Federal de Viçosa.

249 visualizações

relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami