Mercados Hoje: Ambulatório Previdenciário

tags Intermediário

Introdução: Bolsas asiáticas têm mais um dia de sessões positivas. O anúncio de progresso em torno da disputa orçamentária no plano político americano é bem recebido pelo mercado. No pano de fundo, investidores voltam a acompanhar negociações entre Estados Unidos e China com maior otimismo – a expectativa é que o prazo para o fim da trégua orçamentária seja estendido pelo presidente americano. Repercutindo o noticiário positivo, bolsas europeias operam em alta: O STOXX 600 avança 0,60% e o DAX, em Frankfurt sobe 1,06% pela manhã. Nos Estados Unidos, o futuro do S&P opera em terreno positivo. O dólar, medido pelo DXY, fica próximo da estabilidade.


CENÁRIO EXTERNO: SEM “DESLIGAR” POR ENQUANTO

Mercados… Bolsas asiáticas têm mais um dia de sessões positivas. Bolsas europeias começam o dia com ganhos: O STOXX 600 avança 0,60% e o DAX, em Frankfurt sobe 1,06% pela manhã. Nos Estados Unidos, o futuro do S&P opera em terreno positivo, esboçando dia de ganhos para Wall Street.

Dando o braço a torcer…  Membros do Congresso americano de ambos os partidos chegaram a um acordo para evitar mais uma paralisação parcial do governo federal. O novo acordo renova as esperanças de que um plano orçamentário possa ser aprovado em Congresso antes do prazo estipulado para a retomada do shutdown (15/02) caso o presidente, Donald Trump, aprove a medida. O valor aprovado para a segurança na fronteira, de US$ 1,4 bilhão, é bem inferior ao montante demandado inicialmente por Trump, de US$ 5,7 bilhões, mas membros do Congresso de ambos os lados estavam determinados em evitar um novo shutdown. Vale relembrar: A última paralisação – a mais longa já registrada – perdurou por 35 dias e afetou de forma direta mais de 800.000 funcionário públicos.

Ouro dos tolos… Ontem, em uma série de ameaças ao Banco Central italiano, o vice-pemiê e ministro do interior, Mateo Salvini, levantou a possibilidade de o governo tomar posse das reservas de ouro do país, de forma a financiar os planos de gasto elevados do governo. Em entrevista, Salvini declarou que ainda não havia estudado a opção detalhadamente, mas disse que acredita que “pode ser uma ideia interessante”. Mais: a declaração seguiu um pedido do vice-premiê pela remoção da liderança do BC italiano, uma vez que ela não foi capaz de conter a crise bancária atualmente em curso no país – ato que acionou o ministro da economia italiano, Giovanni Tria, que logo em seguida defendeu a independência do Banco Central.

Na agenda… Nos Estados Unidos, saem hoje os dados do NFIB, que medem a confiança do pequeno empresário. Mais tarde, o presidente do Fed, Jay Powell, fará um pronunciamento às 15h45. Na Europa, às 11h, Mark Carney, do BC britânico discursa e Theresa May vai ao Parlamento para falar de Brexit ainda sem horário definido.


BRASIL: O AMBULATÓRIO PREVIDENCIÁRIO

Recebe alta… O presidente Jair Bolsonaro recebeu aval para ter alta amanhã. Em termos de previdência isso é uma ótima notícia, uma vez que a equipe econômica espera o presidente voltar para Brasília, para que os detalhes da reforma sejam ajustados.

Recebe o projeto… O dia ainda está sendo decidido, mas o mais provável é que o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, devem apresentar o projeto para o presidente.

Recebe o projeto (2)…  Os técnicos do ministério da economia irão apresentar hoje o seu completo de reforma da previdência para Paulo Guedes. A equipe do secretário de Previdência, Rogério Marinho, passou o último fim de semana debruçada sobre o texto. Os responsáveis pela base jurídica da proposta, também.

Quem ajudar vai ganhar remédio… Para conseguir o apoio dos governadores à reforma da Previdência, o governo estuda incluir no texto da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que será apresentada ao Congresso artigos que podem dar um alívio de caixa para os cofres estaduais. Uma das medidas é a antecipação de receitas futuras.

O veneno remédio… A solução acima é mais do mesmo, e não resolve o problema fiscal dos estados. A questão se resume a estrutura dos gastos, que é perversa, focada em folha de pagamento e funcionários inativos. Logo, receitas antecipadas apenas postergam o problema, e podem até mesmo mascarar o problema, transformando o remédio em um veneno. Os Estados precisam de uma cirurgia completa, assim como o governo central, fazendo uma boa e abrangente reforma da previdência.

Antídoto embutido… A estratégia do governo para ter sucesso na condução da reforma da Previdência é enviar uma proposta que já contenham respostas para as quatro principais críticas que, na avaliação dos atuais formuladores, inviabilizaram politicamente a proposta apresentada pela equipe do ex-presidente Michel Temer.

Doses homeopáticas… A equipe econômica decidiu fazer um controle preventivo dos gastos na boca do caixa e restringiu a liberação de recursos a 1/18 do previsto na Lei Orçamentária ao mês em reunião da Junta de Execução Orçamentária (JEO).. O ritmo normal de liberação é de 1/12 ao mês, o chamado duodécimo, mas o governo optou por adotar um cronograma mais restrito diante do risco que cerca algumas receitas esperadas para 2019.

Agenda… O grande destaque do dia será a divulgação da ata do Copom (que será comentada no flash macro). Acreditamos que o Banco Central manterá o tom de parcimônia e calma aos mercados, indicando que a Selic não deverá cair mais ao longo de 2019.

E os Mercados Hoje? Com a tônica positiva lá fora, vemos um dia mais positivo para os ativos de risco aqui no Brasil, principalmente após a realização de lucros ontem. O prêmio de risco brasileiro opera em estabilidade ao redor dos 174 pontos.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: -0,98%, aos 94.412 pontos;
Real/Dólar: +0,63%, cotado a R$ 3,755;
Dólar Index: +0,42%, 97.057;
DI Jan/21: -0,02 pontos base, 7,230%;
S&P 500: +0,07% aos 2.709 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Victor Candido – Economista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Pedágio pode crescer 25% em sete rodovias federais
– Queda de helicóptero mata Ricardo Boechat, 66
– Investigação sobre Queiroz desacelerou durante eleições
– Pai de chanceler evitou extradição de carrasco nazista

O Estado de São Paulo
– Governo prepara pacote de obras para a Amazônia
– Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero
– TCU: União não precisa pagar a Estados por Lei Kandir
– STF se antecipa ao Congresso e julga pauta de ‘costumes’

Valor Econômico
– Governo adapta a reforma para se antecipar a críticas
– Alta da receita nos Estados vai para os salários
– Dia investiga possível fraude contábil no país
– Esteves volta a dar as cartas no BTG

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Candido
[email protected]

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Luis Gustavo Pereira Luis Gustavo Pereira

Estrategista

Graduado em Administração de Empresas pela ESPM, com pós-graduação em Economia e Setor Financeiro pela USP e MBA em Finanças pelo INSPER. Tem mais de 8 anos de experiência no mercado financeiro. Atualmente, é o estrategista da Guide Investimentos.

142 visualizações

relacionados

Bitnami