Mercados Hoje: (Ainda) Imbatível

tags Intermediário

Introdução: É dia de feriado nos EUA – algo que diminui, e muito, os volumes dos mercados. O setor de serviços na China acelerou, ao contrário do esperado. Petróleo oscila na casa dos US$78/barril. As bolsas na Europa opera mistas, com algum viés positivo. No Brasil, pesquisa DataPoder360 mostra Bolsonaro (PSL) na liderança, e imbatível, hoje, num eventual 2º turno. O “não voto” está em expressivos 42%. Meirelles (MDB) terá que bancar a sua candidatura. Alckmin (PSDB) reúne-se hoje à noite com o “centrão”, em busca de alianças. No front macro, produção industrial recuou 10,3% m/m em maio. No noticiário micro, Eletrobras e Embraer.


CENÁRIO EXTERNO: FERIADO NOS EUA.

O “básico” sobre os mercados… Em dia de menor liquidez, as bolsas da Europa operam mistas; após quedas na Ásia e nos EUA (ontem). Aliás, por conta do feriado americano, os mercados europeus registram volumes 50-60% abaixo da média de 30 dias. As commodities operam mistas. O petróleo (brent) oscila na casa dos US$78/barril. O dólar tem leve alta frente a seus principais pares.

China: serviços aceleram… O índice PMI sobre o setor de serviços subiu de 52,9 em maio para 53,9 em junho, surpreendendo os analistas, que esperavam desaceleração para 52,5. Vale lembrar: acima de 50 pontos, o índice sinaliza “expansão” para os próximos meses. Desta forma, o índice PMI composto – que também engloba a indústria – passou de 52,3 para 53,0.

Sobre a Copa do Mundo… Sem jogos hoje, apenas atualizaremos as probabilidades de vencer a Copa. Segundo o blog FiveThirtyEight, do estatístico Nate Silver, o Brasil lidera, com 30%; seguido por França (15%), Inglaterra (15); Croácia (12%), Bélgica (11%) e Uruguai (6%). Sobre a Copa, escrevemos um artigo no blog da Guide: que variáveis explicam o desempenho dos países no futebol?

Na agenda de hoje… Nos EUA, é feriado do Dia da Independência. Os mercados, portanto, permanecem fechados por lá. Nem bolsas nem mercado de juros.


BRASIL: BOLSONARO AINDA LIDERA.

Pesquisa DataPoder360… Sem Lula, Bolsonaro (PSL) mantém liderança, com 18-21%, a 3 meses da eleição. No final de maio, tinha entre 21-25%. Ou seja: caiu, mas dentro da margem de erro (de 2 p.p., para +/-). Ciro (PDT) continua em 2º lugar, e subiu de 11-12% para 12-13%. Haddad (PT) caiu de 6-8% para 5-6%; e 34% é o apoio declarado a ele, considerando os eleitores de Lula. Alckmin (PSDB) subiu de 6,-7% para 7-8%. Mais do que isso: num 2º turno, Bolsonaro mostra-se, hoje, imbatível. Registre-se: a pesquisa foi feita por telefone, entre os dias 25-29 de junho; com 5,5 mil pessoas, em todas as regiões do país.

Cenário político é de incertezas… O “não voto” – brancos/nulos e indecisos ou que não respondem – oscilam entre 40-42%, segundo a pesquisa DataPoder360. Esta tem sido a tendência recente, e não nos surpreenderia se este contingente de votos não diminuísse até as eleições. Vale lembrar: na recente votação para governador em Tocantins (junho/18), o “não voto” atingiu o expressivo patamar de 51,84%.

Meirelles: o “sonho” custa caro… Após reunião da executiva do MDB (ontem), foi determinada a distribuição de recursos do fundo partidário entre os candidatos da sigla. Meirelles, ainda pré-candidato à Presidência, no entanto, não contará com estes recursos. Precisará bancar a sua campanha. Registre-se: o MDB tem direito a R$234 mi.

Candidatos sabatinados… Hoje, em evento da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília, 6 pré-candidatos à Presidência serão sabatinados. Esta será a ordem: Geraldo Alckmin (PSDB) às 9h; Marina (Rede) às 10h; Bolsonaro (PSL) às 11h; Meirelles (MDB) às 13h; Ciro (PDT) às 14h; e Alvaro Dias (Podemos) às 15h.

Contas externas (de junho)… A balança comercial de junho foi superavitária em US$5,8 bi. Ficou abaixo do esperado pelo mercado (+US$6,6 bi). No 1º semestre, a balança foi de US$30,05 bi. Para 2018, segundo o Boletim Focus, o saldo será de US$58 bi. Mas vale salientar: a possível nacionalização de bens da Petrobras de sua subsidiária na Holanda pode levar a um aumento das importações de US$20 bi neste ano – algo que teria um impacto direto na balança comercial de 2018. A conferir…

Venda de veículos (de junho)… Segundo dados da Fenabrave, as vendas totais de veículos caíram 1,5% frente a maio, após queda de 7,4% (dados com ajuste sazonal). Entre as categorias de veículos, apenas “comerciais leves” (+1,0% m/m) apresentaram resultado positivo. Desta forma, ainda não vemos uma recuperação, após tombo de maio. No curtíssimo prazo, será difícil…

Reajuste tarifário da Eletropaulo: aprovado… A Aneel aprovou ontem o reajuste tarifário da concessionária Eletropaulo Metropolitana. O reajuste para os consumidores residenciais foi de 15,08%. O impacto direto no IPCA desse reajuste é de 13 pontos base. Considerando que o reajuste ficou acima do esperado, tende a ter um impacto altista de 4 pontos base em nossa projeção, que serão observados em julho e agosto. Vale dizer: em 12 meses, os preços administrados sobem 9,9%. Para 2018, o BC projeta uma alta de 7,4%, contra 4,9%da projeção anterior.

Agenda de hoje… No front macro, a produção industrial de maio: -10,3% m/m, após +0,8%; ligeiramente acima do esperado pelo mercado (-13,2%). Além disso, sairá o PMI de serviços (10h); e índice de commodities (IC-Br) e fluxo cambial semanal (12h30). O BC mantém oferta diárias de 14 mil contratos de swap cambial. No front político: Alckmin (PSDB) terá jantar com o “centrão” (representantes de DEM, PP, PRB e Solidariedade). A pauta é óbvia: alianças nas eleições. Ontem, Datena (DEM) declarou apoio ao tucano.

Noticiário micro: Eletrobras e Embraer… Sem votos suficientes, o governo fez uma manobra regimental para aprovar ontem requerimento de urgência que permitirá votar hoje, no plenário da Câmara, o projeto de lei que autoriza a venda de 6 distribuidoras de energia deficitárias da Eletrobras. E, segundo o Valor, Embraer e Boing devem divulgar em breve um comunicado com detalhes sobre a criação da nova companhia.

E os mercados hoje? O exterior mostra-se ligeiramente mais positivo, sem a referência dos EUA. Destaque para a pesquisa DataPoder360, que mostrou ligeira queda de Bolsonaro. O viés para a bolsa é de alta, e baixista em dólar e DIs. Ainda assim, sem muita convicção, em dia que será de volumes fracos.

Ignacio Crespo – Economista

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +1,14%, aos 73.667 pontos;
Real/Dólar: -0,36%, cotado a 3,897;
Dólar Index: -0,30%, 94,591;
DI Jan/21: +07 pontos base; 9,32%;
S&P 500: -0,49% aos 2.713 Mil pontos.

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg. *valores referentes à sessão do dia 31/05.


EMPRESAS:

Embraer: Comunicado vai detalhar união de Boeing e Embraer
Impacto: Positivo.

Luis Gustavo Pereira – Estrategista


Jornais:

Folha de São Paulo
– Eike Batista é condenado a 30 anos de detenção
– Governo poderá remanejar mais de 1 milhão de servidores federais
– Moro diz lamentar interpretação do STF sobre Dirceu
– Meninos presos em caverna farão aulas de mergulho

O Estado de São Paulo
– Ações judiciais complicam recuperação da Petrobras
– Projeto veta suspensão de lei por ministro do Supremo
– Ex-bilionário Eike Batista é condenado a 30 anos de prisão
– Trump tenta acabar com cota racial em universidades

O Globo
– Petrobras suspende venda de ativos
– Resgate gera impasse na Tailândia
– Após 18 anos, sarampo volta a preocupar o Rio
– Corretor que atirou na “ex” se suicida

Valor Econômico
– Debênture de infraestrutura alcança recorde de R$ 10,5 bi
– Negociação de precatórios ganha impulso
– Projeto reduz autonomia de ministro do STF
– Urna não trará líder que mude o país

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Ignácio Crespo Rey
[email protected]

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Ignacio Crespo Ignacio Crespo

Economista

Mestre em Economia pela Fundação Getúlio Vargas (FGV/EPGE), e graduado em Ciências Econômicas pelo INSPER. Foi professor assistente do Mestrado Profissional em Economia do INSPER, ministrando aulas sobre Macroeconomia e Política Monetária. De 2013 até agosto de 2018 atuou como economista-chefe da Guide Investimentos. Desde então, atua como consultor externo da Guide.

231 visualizações

relacionados

Bitnami