Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Mercados Hoje: 70 anos de República popular da China

Introdução:

Internacional
• Mercados globais iniciam semana sem direções claras;
• O governo americano acalmou ânimos após desmentir, mesmo que parcialmente, a imposição de restrições de investimento à China;
• Impeachment segue como principal gerador de ruído ao lado da tensão comercial nos EUA;
• PMI industrial de setembro supera expectativas na China.
• Dados fracos de atividade industrial na Europa voltam a pressionar euro, que atinge menor cotação desde 2017 contra o dólar.

Brasil
• O mercado acionário local segue condicionado aos movimentos no exterior e ao noticiário político doméstico – hoje com foco na votação da PEC 06;
• Previdência já tem horário marcado no Senado;
• Líder do governo alerta sobre a possibilidade de desidratações;
• Lula usa progressão para semiaberto para criar incerteza em torno da sua condenação;
• A produção industrial de agosto (9h) deve voltar a mostrar crescimento, após de três meses de queda.


CENÁRIO EXTERNO: 70 ANOS DE REPÚBLICA POPULAR DA CHINA

Mercados… Bolsas asiáticas encerraram sem direções claras. As comemorações de 70 anos da República popular da China fecham os mercados do país por uma semana. Na Zona do Euro, índices de mercado andam de lado, com o índice europeu, STOXX 600, registrando leve queda até o momento. Em NY, índices futuros operam em alta, assim como o dólar (DXY), que segue avançando contra seus principais pares – destaque para uma valorização mais acentuada contra o euro. No tocante às commodities, ativos se movimentam sem direção única. O petróleo (Brent crude) avança 1,1%, ainda negociado abaixo dos US$ 60,00/barril.

Euro enfraquecido… Os mercados globais iniciaram o dia de lado, com investidores avaliando mais uma série de dados de atividade fracos na Zona do Euro. As leituras finais de setembro do Índice de Gerentes de Compra (PMI, na sigla em inglês) da indústria apontaram para contração da atividade do setor na Espanha, França, Itália e Alemanha. A Alemanha, maior economia do bloco, segue como principal ponto de preocupação, reforçando apostas na adoção de medidas estimulativas tanto do BCE como, eventualmente, do governo alemão, que já sinalizou estar disposto a administrar uma dívida maior caso o quadro siga se deteriorando. Em função disso, o euro atinge o menor patamar desde maio de 2017 contra o dólar, chegando a ser negociado a US$ 1,08, e a tendência é que continue se desvalorizando caso este cenário se estenda.

República Septuagenária… As comemorações do 70º aniversário da República Popular da China tiveram início nesta 3ªF, marcadas pelo maior desfile militar da história do país e por enormes passeatas da população. Passaram pelas comemorações mais de 15 mil tropas, 160 aeronaves e 580 novos tipos de armamentos, com objetivo de mostrar a força militar do país e o progresso do governo em modernizar o Exército de Liberação Popular da China.

Participação especial… O presidente Xi Jingping também participou das festividades, saudando o progresso feito em 7 décadas de governo comunista e prometendo continuar da busca da concretização do “Chinese dream” de prominência global em discurso que durou cerca de 8 minutos. A mensagem final passada pelo presidente chinês foi que “nenhuma força externa poderá impedir o povo e a nação chinesa de seguirem marchando adiante”, buscando a união da população em tempos tão conturbados como são os de hoje.

Nem tão unidos assim… Mais para o Sul, em Hong Kong, o tom das “comemorações” foi um diferente. Lá, o dia foi marcado pelo embate da população com a polícia nas manifestações, que se intensificaram, e resultou no que já está sendo taxada como a pior e mais generalizada onda de violência vista pelo país desde a entrega da região para o domínio chinês em 1997.

Possível vítima mostra que conflito está longe do fim… O relato de que um civil foi atingido no peito por um disparo da polícia ao avançar com uma barra de ferro fez com que centenas de policiais invadissem as manifestações, usando a força bruta para desbandar os manifestantes. Ainda não há informação sobre a condição atual do homem atingido, mas o evento marca uma escalada de intensidade nos protestos, que devem seguir ocupando a agenda do governo chinês, que já tem uma guerra comercial para travar no exterior.

Na agenda… Após divulgação de dados fracos na Europa, o pulso da indústria americana ainda pode ser medido pelo PMI (10h45) e o ISM (11h) do setor industrial.


BRASIL: PREVIDÊNCIA TEM HORÁRIO MARCADO

1º turno de votos da Previdência no Senado… A votação já tem data e horário marcado, hoje às 16h. Desde que haja quórum alto o suficiente, a PEC 06 deve ser votada. A expectativa é que o projeto seja aprovado com ao menos 60 votos, 11 a mais do que os 49 necessários para a sua aprovação. Antes que o projeto possa ser votado em plenário, o mesmo precisa ser aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Desidratações… O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), alertou sobre a possibilidade de duas desidratações, que podem ocorrer através de destaques, durante a votação na CCJ. Os destaques, que são partes do projeto votadas separadamente do restante do corpo da proposta, tratam do abono salarial e da aposentadoria especial, duas alterações à reforma que ainda geram controvérsias. Anteriormente, estes destaques foram aprovados com a mais estreitas das margens, 1 voto.

Novo marco legal das teles não é o suficiente para salvar a Oi… É a opinião do presidente da Agencia Nacional de Telecomunicações, Leonardo de Morais. O presidente afirmou que a empresa sofre com outros problemas que ainda afastam os investidores e não foram solucionados pela aprovação do PLC 79. Leonardo explicou que a empresa sofre com subinvestimento há muito tempo, além dos problemas de falta de caixa e a recuperação judicial.

“Não aceito barganhar a minha liberdade”… Em carta escrita do próprio punho, o ex-presidente afirmou que não troca a sua dignidade pela liberdade. A carta não traz novidades. O presidente continua defendendo de forma impenitente que a Lava Jato o deve pedido de desculpas.

Cortina de fumaça… Nenhuma barganha está sendo feita. O detento cumpriu 1/6 da sua pena e agora tem direito a progredir para o regime semiaberto, como qualquer outro condenado que realizou os requisitos necessários para a progressão. O ex-presidente pretende usar a evolução prevista por lei para insinuar que o judiciário está fraquejando e o concede a “liberdade” como se estivesse admitindo algum mal feito ou a sua inocência, mas nada disso está ocorrendo. O mais provável é que, após se utilizar da transição para criar a ilusão que existe incerteza sobre a sua culpabilidade, o presidente aceite ser transferido para a sua prisão domiciliar.

Na agenda… Como destaque da agenda doméstica no dia de hoje, a produção industrial de agosto (PIM) deverá mostrar crescimento, após de três meses de queda, às 9h.

E os mercados hoje? Lá fora, bolsas iniciam o dia com desempenhos mistos. No Brasil, as atenções se voltam ao Senado, onde se espera que a reforma da Previdência seja aprovada na CCJ e em 1º turno no plenário. Com isso, esperamos um dia com viés neutro para o mercado acionário local, que seguirá condicionado aos movimentos no exterior e ao noticiário político doméstico – hoje com foco na votação da PEC 06.

Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: -0,32%, aos 104.475 pontos;
Real/Dólar: -0,30%, cotado a R$ 4,15;
Dólar Index: +0,27%, cotado a 99.377;
DI Jan/21: +0 pontos base, 4.96%;
S&P 500: +0,50% aos 2.976 pontos.

*Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.


Jornais:

Folha de São Paulo
– Força-tarefa muda conduta ao pedir semiaberto para Lula
– ‘É muita porrada’, diz Janot sobre reação a seu livro
– Proposta da Anvisa para plantio de maconha tem resistência dentro da própria agência
– Bolsa Família volta a ter fila de espera e corre risco de encolher

O Estado de São Paulo
– Indústria brasileira tem queda de 15% em 5 anos; no mundo, cresce 10%
– Gilmar suspende investigação que mira Flávio no caso Queiroz
– ‘Rivais agora surgem a qualquer momento’, diz presidente do Bradesco
– PF abre 4ª fase da Carne Fraca e mira propinas de R$ 19 milhões para fiscais agropecuários

Valor Econômico
– Frigoríficos vivem euforia na bolsa
– Executivos da Odebrecht questionam pagamento de créditos na recuperação
– Alcolumbre prevê até 63 votos a favor da Previdência
– OMC reduz avanço do comercio global para 1,2% em 2019

O Globo
– Entenda em quatro pontos o que está em jogo após a recusa de Lula ao regime semiaberto
– Gilmar atende a pedido de Flávio Bolsonaro e suspende as ações do caso Queiroz no MP e no TJ do Rio
– MP Federal chama ‘gigante’ que auditava contas da Petrobras para dar explicações
– Bolsonaro sobre decisão de Lula: ‘Quer ficar, fica. É direito dele ficar preso’

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

 

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
148 visualizações

relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami