Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Flash Macro | Volume de Serviços (PMS) – Jan/20

Resultado: +0,6% m/m; +1,8% a/a
Previsão (Guide): +0,5% m/m; +1,7% a/a

 O volume de serviços no Brasil cresceu 0,6% na margem em janeiro, encerrando a sequência de quedas que se estende desde novembro do ano passado. O resultado veio ligeiramente acima das nossas expectativas, e configurou um aumento de 1,8% em relação a janeiro de 2019. Dentre as 5 atividades investigadas na pesquisa mensal de serviços (PMS), 4 registraram avanços no mês, com destaque para o setor de transportes, que avançou 4,0% na esteira da melhora da atividade industrial no período (+0,9%).

 

Nossa visão: O volume de serviços em janeiro veio ligeiramente acima das nossas projeções, indicando que o setor que mais contribui para o crescimento do nosso PIB (68%) já mostrava alguma melhora entrando em 2020. A despeito disso, dado que o resultado de janeiro ainda não incorpora os efeitos nefastos que as medidas de contenção do coronavírus trazem para o setor, esta leitura já se torna praticamente obsoleta como medida da situação atual da economia brasileira. A PMS fecha as pesquisas setoriais para o mês e, com base nos desempenhos positivos do setor de serviços e da indústria, esperamos que o Índice de Atividade do Banco Central (IBC-Br), uma espécie de termômetro para o PIB mensal que sai na 6ªf (27), apresente um crescimento de 0,3% em janeiro (+0,8% a/a). Em todo caso, o dado também deve ser analisado como uma medida da situação da economia pré-coronavírus, pois, assim como a PMS, também já se torna obsoleto em ilustrar o desempenho atual da economia brasileira.

39 visualizações

Relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami