Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Flash Macro – Ata do COPOM 17/12/19

A ata da reunião de dezembro do COPOM passou a mensagem que a economia brasileira ganhou tração em relação ao observado até o 1º semestre do ano, mas reiterou que a economia segue em processo de recuperação gradual, apresentando um alto nível de ociosidade. No que tange à inflação, diversas medidas subjacentes mantiveram-se em níveis confortáveis, inclusive os componentes mais sensíveis à política monetária, reforçando a necessidade de uma política monetária estimulativa, ou seja, com taxas de juro abaixo da estrutural. Não obstante, os formuladores de política monetária sinalizaram que uma maior cautela será necessária para a condução de política monetária daqui para frente. Em primeiro lugar, porque há necessidade de avaliar a sensibilidade de variáveis macroeconômicas à política monetária, uma vez que não há comparativos na história do país para o atual grau de estímulo. Além disso, alguns membros também destacaram que as mudanças no mercado de crédito e na intermediação financeira podem impulsionar os efeitos da política monetária. Para as próximas reuniões, o documento trouxe a mesma mensagem do comunicado pós-reunião: “que seus próximos passos continuarão dependendo da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções de inflação.

*Nossa Visão:* A grande novidade trazida no documento foi que o Comitê voltou a citar o fato de que o momento é que vivemos um movimento inédito na política monetária do país, reforçando a cautela necessária para a condução da mesma daqui para frente. Além disso, a menção dos impactos que as mudanças no mercado de crédito poderão ter sobre os efeitos da política monetária também sinalizam que o BC deverá planejar futuros estímulos com mais parcimônia. Em função disso, acreditamos que o Copom deverá manter a Selic estável em 4,5% entrando em 2020, pausando o ciclo de cortes iniciado em julho deste ano.

60 visualizações

relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami